Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 16.09.2011 16.09.2011

X-Men em dose dupla

Por Danielle Motta
Na foto ao lado o filme X-Man – Primeira Classe, os fãs vão conhecer o passado dos heróis mutantes e entender como a história começou
Como os X-Men se reuniram? E por que Charles Xavier anda em cadeira de rodas? Essas perguntas estavam sem resposta para quem acompanhou as histórias nos quadrinhos e nos quatro primeiros filmes da série X-Men. Mas a partir do dia 28 de setembro, com o lançamento de X-Men: Primeira Classe nas versões em DVD e Blu-ray, os fãs que perderam a estreia nos cinemas poderão esclarecer todas as dúvidas sobre a origem desse grupo de mutantes sem sair de casa.
Dirigida por Matthew Vaughn, a produção cinematográfica mostra o início da saga passada ainda na década de 1960, época em que os personagens descobrem seus superpoderes e aprendem a lidar com eles. É também nesse momento que começam a formar as alianças e a concretizar as rivalidades. A principal delas é entre Charles e Erik, que, antes de se tornarem os arqui-inimigos Professor X e Magneto, eram velhos e bons amigos. Além dos nomes já conhecidos do público pelos filmes anteriores, outros heróis clássicos nas HQs aparecem pela primeira vez nas telas. 
Na mesma data, chega para o PlayStation 3, Xbox 360, Wii e Nintendo DS o game X-Men: Destiny. Desenvolvido em parceria pela Marvel e pela Activision, os jogadores vão fazer parte da ação para controlar o destino de um dos três novos personagens mutantes. Para escolher entre salvar a humanidade e deixar que ela seja destruída, será possível personalizar o caminho, os poderes e eleger qual causa defender: a do bem ou a do mal. Durante as fases, as habilidades dos personagens evoluem e permitem ao gamer selecionar como cada um deles pode combinar poderes dos diferentes X-Men. “Tanto X-Men: Primeira Classe quanto o jogo X-Men: Destiny trazem muitas novidades para quem achava que as histórias sobre os mutantes estariam esgotadas. Enquanto o filme apresenta fatos não contados da vida deles, o game inova com possibilidades de jogabilidade que colocam o jogador como o grande comandante dos rumos que devem tomar os personagens e a trama. Isso garante uma partida bem diferente da outra”, destaca Marcos Barros, de 28 anos e fã de carteirinha de X-Men desde os 9.
 
 
Recomendamos para você