Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 16.08.2011 16.08.2011

Vida de crítico

Por Marcelo Forlani, do site Omelete
 
Com uma certa frequência recebo um email, twitt ou qualquer outro tipo de mensagem de alguém falando que quer ser crítico de cinema e deseja saber como começar.
 
Bom, a resposta é simples (mas não por isso fácil): assista ao máximo de filmes que você puder e leia o máximo de livros, revistas e sites, porque ter repertório é imprescindível.
 
Depois, domine a língua, seja ela escrita ou falada. Afinal, para expressar a sua opinião, você vai ter que saber escrever e/ou falar muito bem (caso queira ser um crítico que aparece na televisão ou é ouvido nos rádios).
 
Pense na abordagem. Alguns filmes merecem ter seu aspecto psicológico mais aprofundados. Outros, o histórico. Um terceiro grupo chama a atenção pelas atuações de seus astros, e assim por diante. É preciso entender o que diferencia um projeto dos demais e aprender a destacar os seus méritos.
 
O passo seguinte é puro ensinamento de Sr. Miyagi: treinar, treinar e treinar. Se os japoneses passam a vida inteira praticando a escrita de um ideograma, por que você acha que vai conseguir chegar na hora H e escrever o melhor texto de sua vida? É preciso praticar bastante e ir aprendendo com os erros e acertos.
 
E é justamente nesta última frase que fica a última dica: "erros e acertos". É possível que em algumas críticas você não consiga passar para o seu texto tudo o que captou enquanto estava no cinema. Por isso é importante usar essa experiência frustrada para melhorar na próxima vez.
 
Mãos à obra e boa sorte 🙂
 
Recomendamos para você