Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 30.11.2017 30.11.2017

Veja algumas poesias que viraram músicas famosas

Se o papel da poesia é sugerir emoções por meio de significados, sons e ritmos, é de se esperar que muitas músicas tenham sido criadas a partir dessas obras culturais. Manuel Bandeira é um belo exemplo de poeta com musicalidade e, por isso, algumas de suas obras serviram de inspiração para compositores.

Como bem afirmou Affonso Romano de Sant’Anna a poesia está em todas coisas e nós sabemos que na indústria fonográfica não poderia ser diferente. Por este motivo, vamos mostrar as mais belas poesias que viraram músicas famosas. Confira!

4 poesias que viraram músicas famosas no Brasil

Cássia Eller, Secos & Molhados, Chico Buarque e Vinícius de Moraes, todos eles se inspiraram em grandes poesias quando compuseram músicas de sucesso!

Minha Namorada

Composição de Vinícius de Moraes e Carlos Lyra, Minha Namorada é uma das músicas mais famosas da dupla e uma das primeiras escritas por essa eles. A canção foi lançada em 1965 e é, na verdade, uma poesia escrita para a quinta esposa de Vinícius, Nelita.

Anos mais tarde, a canção ganhou a melodia do violinista e se tornou célebre não apenas na voz de Vinícius, mas também de Miúcha.

Vinicius Portenõ - La Fusa - 2 CDs

Vinicius Portenõ - La Fusa - 2 CDs (Cód: 7956265)

R$49,90 R$49,90 em até 1x de R$ 49,90 sem juros Quero este produto

Não Digas Nada!

É provável que você já tenha ouvido “Não: não digas nada; Supor o que dirá; A tua boca velada; É ouvi-lo já (..)”, da banda Secos & Molhados, mas João Ricardo na verdade tirou a letra do poema de Não Digas Nada!, de Fernando Pessoa.

Aliás, o português é um dos poetas com mais poesias que viraram músicas famosas. A verdade é que com tantos pseudônimos e poemas repletos de letras de amor, musicar o que já era belo parece natural.

Secos& Molhados

Secos& Molhados (Cód: 9721745)

R$15,50 R$15,50 em até 1x de R$ 15,50 sem juros Quero este produto

Romanceiro da Inconfidência

A brasileira Cecília Meireles coleciona admiradores em todo o mundo, e um deles com certeza Chico Buarque. Afinal, foi ele quem melodiou as estrofes de Romanceiro da Inconfidência na canção Tema dos Inconfidentes.

(…) Por aqui passava um homem
(E como o povo se ria)
Liberdade ainda que tarde
Nos prometia (…)

Romanceiro da Inconfidência - Edição Comemorativa 60 Anos

Romanceiro da Inconfidência - Edição Comemorativa 60 Anos (Cód: 6337338)

R$69,00 R$69,00 em até 2x de R$ 34,50 sem juros Quero este produto

Água Viva

Clarice Lispector também teve sua obra como inspiração. O trecho “Corro perigo como toda pessoa que vive” é um exemplo de prosas poéticas que viraram músicas famosas. Neste caso, na voz de Cássia Eller.

Que O Deus Venha é de composição de Cazuza e Frejat e conta a história da salvação realizada pelo amor e pelo prazer de estar vivo.

“(…) Corro perigo
Como toda pessoa que vive
E a única coisa que me espera
É exatamente o inesperado(…)”

Água Viva

Água Viva (Cód: 423364)

R$21,00 R$16,90 em até 1x de R$ 16,90 sem juros Quero este produto
Recomendamos para você

Os produtos Saraiva mais comentados