Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 17.10.2013 17.10.2013

Vamos para a Mostra?

Por Edu Fernandes
 
Um dos eventos mais aguardados pelos cinéfilos é a Mostra de Cinema de São Paulo. O festival, que acontece de 18 a 31 de outubro, leva às telas paulistanas quase 400 filmes, mas assistir à programação é apenas uma das atividades possíveis.
AVALIAR A CONCORRÊNCIA
Em 2012, a mostra exibiu O Som ao Redor, candidato brasileiro ao Oscar de filme estrangeiro. Na 37ª edição, fazem parte do evento 17 obras que concorreram com a produção pernambucana pela estatueta dourada.
São elas: O Caderno Grande (Hungria), Child’s Pose (Romênia), Círculos (Sérvia), De Volta a 1942 (China), Duas Vidas (Alemanha), O Foguete (Austrália), O Garoto que Come Alpiste (Grécia), O Grande Mestre (Hong Kong), Grigris (Chade), Ilo Ilo (Singapura), Jovem Infrator (Coreia do Sul), Meu Cachorro Assassino (Eslováquia), Na Flor da Idade (Geórgia), Omar (Palestina), Paradjanov (Uctânia), Wajma (Afeganistão) e Wakolda (Argentina).
CONHECER PESSOAS
As filas são uma constante na Mostra. Apesar de serem encaradas como um estorvo necessário, é melhor vê-las como oportunidades. Enquanto esperam pela sessão, os espectadores conversam e indicam filmes uns aos outros. É assim que novas descobertas cinematográficas são feitas.
Nessas situações, novas amizades se formam e muito mais. Renata de Almeida, diretora do festival, já declarou que diversas vezes recebeu o agradecimento de cinéfilos que conheceram seus cônjuges nas filas do evento.

Cena do filme Inside Llewyn Davis – Balada de Um Homem Comum
GRANDES DIRETORES
A Mostra premia jovens diretores. Apesar de estimular novos realizadores, há espaço para a obra de cineastas consagrados.
Além das retrospectivas de Stanley Kubrick (O Iluminado), Eduardo Coutinho (As Canções) e Lav Diaz (Nu sob o Luar); o cinéfilo poderá conferir novas obras de outros grandes diretores. Entre eles está Inside Llewyn Davis – Balada de Um Homem Comum, dos irmãos Coen.
REENCONTRAR PESSOAS
Quem não é marinheiro de primeira viagem já fez inúmeros amigos durante a Mostra. Como muitos frequentadores viajam a São Paulo para o evento, é durante essas duas semanas que amizades são reafirmadas.
Seja entre as sessões ou no almoço que antecede a maratona diária, conversas sobre cinema (e outros tópicos) acontecem. Depois do fim da programação, as discussões seguem para a mesa do bar. Ou você acha que o cansaço é apenas pelo acúmulo de sessões?

Cena do filme De Menor
PRODUÇÕES DE OUTROS FESTIVAIS
A programação reúne filmes premiados em outros eventos. Entre os títulos nacionais desta edição, estão os campeões Tatuagem (Gramado), De Menor (Rio) e Exilados do Vulcão (Brasília).
Nas produções estrangeiras, temos os premiados Pais e Filhos (Cannes), Pelo Malo (San Sebastian) e Cortinas Fechadas (Berlim), entre outros.
TIETAGEM
Realizadores e atores brasileiros e estrangeiros frequentam a Mostra, seja para apresentar seus trabalhos ou para curtir uma sessão de cinema. É possível vê-los circulando pelas salas de exibição.
Se o leitor não quiser deixar o acaso promover um encontro ilustre, basta ir às palestras Os Filmes da Minha Vida. Em 2013, nomes como Walter Salles e Tata Amaral falam sobre sua cinefilia em sessões abertas ao público.

Cena do filme A Werewolf Boy
VIAGEM SEM SAIR DA CIDADE
Dezenas de países são representados na Mostra. Em sua seleção, há 24 filmes latinos e dois programas especiais dedicados ao cinema asiático.
No Foco Coreia, o cinéfilo poderá conferir dez longas produzidos na Coreia do Sul, como A Werewolf Boy. Já no Ciclo de Filmes Chineses, há nove produções recentes realizadas no país. O destaque vai para a animação O Rei dos Macacos.
 
Veja a vinheta da Mostra 2013:
 
 
 
Recomendamos para você