Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 20.04.2011 20.04.2011

Vamos de Táxi?

Por Marcelo Forlani, do site Omelete.com.br 

Não consigo me lembrar ao certo qual foi o meu primeiro contato com Martin Scorsese e suas sobrancelhas esvoaçantes. Talvez tenha sido com Os Bons Companheiros (Goodfellas, 1990), mas é fato que a primeira vez que embarquei em Taxi Driver  (1976), não saí da viagem da mesma forma que entrei.

O filme que revelou Jodie Foster e solidificou Robert DeNiro (além de eternizar a frase “”Are you talking to me?””) é estranho, com ritmo todo próprio, bem diferente do que eu estava acostumado a ver naquela época, por isso fiquei feliz em saber que está chegando também aqui no Brasil o Blu-ray com a edição remasterizada, desculpa mais que perfeita para rever um clássico. E, o que é melhor, a um preço bem descente para um lançamento em HD: 59 reais.

Mas falando do filme e seu diretor, me lembrei de outra história. Em uma entrevista recente ao Omelete, Matt Damon contou uma história sobre O Poderoso Chefão Parte II, que ele ouviu do próprio Scorsese: Francis Ford Coppola não queria fazer a sequência e por muito pouco não conseguiu apenas produzir o filme, deixando a direção nas mãos deste, então, jovem cineasta ítalo-americano chamado Scorsese. Os motivos que o levaram a finalmente aceitar dirigir o projeto, você pode ver na entrevista abaixo.

Com Coppola na direção do segundo filme da família Corleone, Scorsese acabou fazendo Taxi Driver. Diria que foi uma daquelas situações em que todo mundo saiu ganhando. Principalmente o cinema.

Recomendamos para você