Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 01.02.2013 01.02.2013

Um galã tardio: a escalada do ator Ryan Gosling

Por Edu Fernandes
 
Muitos galãs são conhecidos do público desde a mais tenra idade, quando são alvos de comoção juvenil. Ryan Gosling poderia ter experimentado esse tipo de amor, mas seu nome só ficou realmente popular nos últimos anos.
O trabalho mais recente do ator é Caça aos Gângsteres, filme que chegou aos cinemas brasileiros em 1º de fevereiro. Nele, o ator interpreta Jerry, um policial na Los Angeles da década de 1940 que testemunhou a ascensão de mafiosos e o poder crescente desses criminosos. Ele está tão desanimado que não tenta reverter sua situação.
Quando seu colega de serviço John (Josh Brolin, de MIB 3) monta um esquadrão especial para caçar Mickey (Sean Penn, de Aqui É o Meu Lugar), o chefe da máfia na cidade, Jerry vê a esperança renascer. Para complicar mais a situação, ele está envolvido com Grace (Emma Stone, de Histórias Cruzadas), namorada do mafioso.
A carreira de Gosling começou vinte anos antes de Caça aos Gângsteres, quando ele derrotou milhares de candidatos e conseguiu uma vaga no programa MMC (Mickey Mouse Club). Na ocasião, Ryan dividia o palco e a moradia com Justin Timberlake. A participação na atração infantojuvenil foi a chance de se tornar um astro, mas ele precisou galgar mais alguns degraus antes de fazer parte do time A de Hollywood.
 
Ryan Gosling (dir.) e Justin Timberlake no programa MMC
 
Durante a década de 1990, Gosling dedicou-se praticamente apenas a produções televisivas. Seu primeiro papel de destaque no cinema foi em Duelo de Titãs (2000), no qual interpretava um dos jogadores de um time de futebol norte-americano multirracial. A equipe era comandada por um técnico de temperamento forte, vivido por Denzel Washington.
A partir daí, Ryan Gosling transformou-se quase que automaticamente em um ator exclusivo para cinema. Seu próximo filme importante foi o thriller investigativo Cálculo Mortal (2002), no qual contracenou com Sandra Bullock. Os dois mantiveram um relacionamento amoroso após as gravações do longa.
Essa união de vida sentimental com carreira profissional iria se concretizar novamente em 2004, quando Ryan protagonizou Diário de uma Paixão. Na adaptação cinematográfica do romance de Nicholas Sparks, ele fez par romântico com Rachel McAdams e os dois tiveram um namoro depois das filmagens.
 
Ryan Gosling e Rachel McAdams em Diário de uma Paixão
 
Depois do filme romântico, Gosling participou de produções que mostraram seu talento dramático. Tanto que sua interpretação de um professor drogado em Half Nelson – Encurralados (2006) lhe rendeu uma indicação ao Oscar. No ano seguinte, contracenou com Anthony Hopkins no thriller Um Crime de Mestre e viveu um homem com problemas mentais em A Namorada Ideal. Neste último título, deixou o cabelo e o bigode crescerem para que seu personagem não fosse um galã.
A partir de 2010, o ator inicia uma série de trabalhos que exploram seu talento e aproveitam seus atributos físicos. Foi essa fase mais recente que solidificou o nome de Ryan Gosling junto à elite de Hollywood. Para isso, ele teve a ajuda de boas companheiras de cena.
No drama Namorados para Sempre (2010), vive na tela um relacionamento em crise com Michelle Williams. Depois, ele encara um assassino frígido em Entre Segredos e Mentiras (2010), no qual contracena com Kirsten Dunst. Em seguida, interpreta um motorista de fuga em Drive (2011), ao lado de Carey Mulligan. Em 2013, Gosling voltará a fazer parceria com Nicolas Winding Refn, diretor de Drive, em Only God Forgives (“Apenas Deus Perdoa”, em tradução literal).
 
Ryan Gosling e Carey Mulligan em cena de Drive
 
Depois da série de filmes pesados, Ryan arrisca-se em uma comédia dramática. Com elenco de peso, ele vive um conquistador em Amor a Toda Prova (2011). Seu estilo de vida mulherengo corre risco de ter um fim ao conhecer a personagem interpretada por Emma Stone – que, depois, seria novamente seu par romântico em Caça aos Gângsteres.
Em seguida, como em Amor a Toda Prova, ele faz parte de outro elenco estelar ao lado de Marisa Tomei. Ambos estão em Tudo pelo Poder, drama político dirigido por George Clooney.
Para o futuro, Ryan Gosling parece continuar em busca de textos desafiadores. Ele está no próximo filme de Terrence Malick, ainda sem título. Também fazem parte do projeto Christian Bale, Michael Fassbender, Natalie Portman, Rooney Mara, Cate Blanchett e Benicio Del Toro.
 
Veja o trailer de Caça aos Gângsteres:
 

 
 
Recomendamos para você