Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 16.11.2014 16.11.2014

Turma do Balão Mágico: grupo infantil que marcou uma geração

por Fernanda Oliveira

No Dia da Criança, a garotada se diverte com os presentes que ganha e também com inúmeras atividades pensadas especialmente para comemorar a data. Muitos adultos acompanham os pequenos e acabam recordando o seu tempo de brincadeiras. E para aqueles cuja infância se passou na década de 1980, definitivamente, a Turma do Balão Mágico faz parte de suas lembranças.

O grupo infantil composto por Simony, Jairzinho, Mike e Tob foi um enorme sucesso, emplacando inúmeros hits que são lembrados e cantados pelas “crianças da época” até hoje. E para quem sente saudade ou quer apresentar a “turminha” para os filhos, a Sony Music lançou recentemente a coletânea Turma do Balão Mágico com três CDs.

A Turma do Balão Mágico - 3 CDs - Digipack

A Turma do Balão Mágico - 3 CDs - Digipack (Cód: 7999934)

R$89,90 em até 2x de R$ 44,95 sem juros Quero este produto

Nessa edição especial, estão muitas das músicas inesquecíveis para toda uma geração, como “Superfantástico”, “Amigos do Peito” e “Ursinho Pimpão”. Afinal, quem não se lembra do refrão “Superfantástico/No balão mágico/O mundo fica bem mais divertido”? Ou “Somos amigos/Amigos do peito/Amigos de uma vez/Somos amigos/Amigos do peito/Amigos de vocês”? Ou ainda “Dança também (Pimpão)/Pelo salão (Pimpão)/É tão bonita, nossa canção”?

Para o fotógrafo Peterson Marti, não tem como esquecer, já que ele escutava as canções diversas vezes. “Era engraçado que, em todas as festas de aniversário daquela época, incluindo de muitos de meus amigos, sempre tocavam as músicas da Turma do Balão Mágico. Era impossível não cantar junto. Os adultos viravam o disco dezenas de vezes pra alegrar a garotada”.

Mas, afinal, o que o grupo tinha que acabou marcando uma geração? A jornalista Cristiane Modolo acredita que a resposta é fácil: as composições. “As letras simples e divertidas eram o segredo do sucesso da Turma do Balão Mágico, além, é claro, do carisma de todos eles. Era algo colorido e animado. Impossível de resistir! Tinha por volta de 5 anos quando conheci o Balão Mágico. As músicas divertidas e fáceis de lembrar logo me conquistaram”.

Para Elizabete Menezes, analista de Recursos Humanos, Simony, Jairzinho, Mike e Tob revolucionaram o cenário musical da época. “Até então, tínhamos, em sua maioria, adultos que cantavam para crianças. De repente, surge um grupo de crianças bonitas e talentosas. Os quatro eram genuínos e hiperativos, assim como toda criança. Foi o suficiente para atingir o público-alvo e ‘de quebra’ ter a aprovação dos pais. A receita do sucesso: originalidade, talento e inocência”.

E, assim como os três fãs, Jair Oliveira – ou melhor, Jairzinho, na época em que foi integrante da Turma do Balão Mágico – acredita que o sucesso aconteceu sobretudo pela identificação e pela qualidade musical. “A Turma do Balão Mágico teve como diferencial serem crianças fazendo conteúdo para crianças. Outros fatores contribuíram, como o fato de musicalmente ter sido um projeto muito bem elaborado. Eram músicos, arranjadores e produtores da melhor qualidade, pessoas que trabalhavam com os maiores artistas brasileiros”.

Momentos marcados pelo Balão

Presente no dia a dia de quem viveu a infância nos anos 1980, A Turma do Balão Mágico está associada a boas recordações dos adultos de hoje.

Peterson destaca o programa de televisão que o grupo apresentava, o qual costumava assistir com a sua família. “Naquela época, para maioria, a TV garantia a reunião da família em casa, que podia desfrutar de programações saudáveis e de qualidade, como o programa infantil Balão Mágico”.

O grupo infantil também apresentou um programa de televisão. Além de seus integrantes, a atração contava com personagens como o Fofão.

“Lembro de dançar ‘Ursinho Pimpão’ em uma festa da escola. Eu tinha 8 anos, e minha mãe, que era professora na mesma escola onde eu estudava, criou uma coreografia para a música. No dia da apresentação, algumas coleguinhas e eu dançamos de pijama com nossos ursinhos”, conta Cristiane.

Elisabete diz que voar no “balão mágico” era um de seus grandes desejos. “Na música ‘Superfantástico’, tem uma parte que diz: ‘Tantas crianças já sabem que todas elas cabem no nosso balão’. Então, meu maior sonho era viajar naquele balão que aparecia na televisão”, recorda.

Como Jairzinho entrou somente a partir do terceiro disco, ele também fazia parte da legião de crianças que curtia o grupo. “A Turma do Balão Mágico fez um grande sucesso desde o primeiro disco. Mas talvez o maior sucesso tenha acontecido com o segundo álbum, quando eu ainda não era integrante. Então, eu era muito fã. Quando me convidaram fiquei bastante feliz; além de saber que ia participar de um grupo bacana, eu era fã desse grupo. Tenho memórias boas, de muita diversão. Não encarava como um trabalho”.

Inesquecível

Mesmo depois de crescidos, os fãs sabem as músicas de cor, cantam junto e continuam adquirindo materiais relançados do grupo, seja para recordar a infância ou ainda para passar para os filhos.

Esse é o caso de Peterson, que buscou as canções já mais velho. “Não tive a oportunidade de comprar ou ganhar nenhum disco da Turma do Balão Mágico na época [década de 1980]. Fui ter depois de ‘grande'”, afirma o fotógrafo.

Jair acredita que isso acontece porque o conteúdo de qualidade voltado para as crianças acaba se perpetuando. “Tudo que é bem-feito nesse universo infantil acaba durando por várias gerações, vide a Galinha Pintadinha, que usa músicas da geração dos meus bisavós. Personagens da Disney estão aí há tantos anos, a Bela Adormecida, a Branca de Neve… São coisas que as minhas filhas assistem com tremenda euforia. Não é algo nostálgico. Essa é a natureza de qualquer material infantil bem produzido”.

O cantor e compositor continua envolvido com esse público por meio do Grandes Pequeninos, projeto que criou junto com a sua esposa, a atriz Tania Khalill, para comemorar o nascimento de Isabela, primeira filha do casal. Ele abrange o livro-CD Grandes Pequeninos, cujo disco conta com músicas compostas e produzidas por Jair, enquanto a obra foi ilustrada por Eduardo Jardim e escrita por Mariana Caltabiano. Além disso, o título deu origem a uma peça de teatro.

Grandes Pequeninos - Livro + CD

Grandes Pequeninos - Livro + CD (Cód: 2639108)

R$55,40 em até 1x de R$ 55,40 sem juros Quero este produto

“Agora estamos preparando o volume 2 [Grandes Pequeninos 2 – Em Casa, Na Escola, No Mundo]. Também é um projeto infantil [assim como o Balão Mágico], só que agora com uma outra visão. É a minha visão de pai. Ele é voltado para a família. Foca na relação familiar bonita que a gente sempre tenta prezar. É muito em cima das minhas filhas, Isabela e Laura. Tenho muito carinho por esse projeto, porque a inspiração veio dos meus maiores tesouros”, detalha Jair, que deve lançar Grandes Pequeninos 2 no segundo semestre de 2015, abrangendo livro-CD, peça teatral e ainda uma série animada para a TV.

Marcando gerações

Além da Turma do Balão Mágico, outros grupos musicais e cantores marcaram as crianças da geração de 1980, assim como desenhos animados, seriados e jogos de videogame. O mesmo aconteceu com a geração de 1990 e tem acontecido com a dos anos 2000. Confira a seguir uma breve lista feita pelo SaraivaConteúdo, que, com certeza, poderia ser imensa!

Geração 1980

Música

A Turma do Balão Mágico

Simony, Jairzinho, Mike e Tob emplacaram inúmeros sucessos, como “Superfantástico”, “Amigos do Peito”, “A Galinha Magricela” e “Ai Meu Nariz!”. Grandes artistas chegaram a fazer participações nas músicas do grupo infantil, como Djavan, Roberto Carlos e Fábio Jr.

Trem da Alegria

Ao longo de sua trajetória, o grupo infantil contou com Juninho Bill, Luciano, Patrícia, Vanessa, Fabíola, Amanda, Rubinho e Rick Bueno em diferentes formações. Músicas como “Uni, Duni, Tê”, “He-Man”, “Piuí Abacaxi” e “Thundercats” eram verdadeiros hits entre as crianças.

Televisão

Caverna do Dragão

O desenho animado baseado no jogo de RPG homônimo começou a ser exibido no Brasil em 1986, sendo reprisado inúmeras vezes até o início dos anos 1990. Enviados por um portal para outro mundo, os jovens Hank, Eric, Diana, Sheila, Presto e Bobby tentam voltar para casa.

He-Man

No planeta Eternia, o reinado de Randor é ameaçado pelo vilão Esqueleto. Para impedir o seu sucesso, secretamente o príncipe Adam se transforma em He-Man, assim como seu gato Pacato, que se torna o Gato Guerreiro. “Pelos poderes de Grayskull!”.

Videogame

Enduro

Lançado em 1983 para o Atari 2600, Enduro é um jogo de corrida de resistência. Foi um dos mais populares títulos para o console.

Pac-Man

Muitos jogos ajudaram na popularização do videogame, sendo Pac-Man um dos principais deles. O também chamado “Come-Come” tem fãs até hoje.

Geração 1990

Música

Chiquititas

A versão brasileira da novela argentina estreou em 1997, contando a história das crianças do orfanato Raio de Luz. Assim como a trama, que contava com clipes musicais no final de cada capítulo, a trilha sonora da novela fez muito sucesso, rendendo cinco álbuns.

Sandy & Junior

A dupla, que começou a carreira ainda criança, seguindo os passos do pai Xororó, apostou inicialmente na música sertaneja. No entanto, com o tempo, passaram a  fazer um trabalho mais pop e, então, conquistaram uma legião de fãs, que cresceram junto com os irmãos.

Televisão

Carrossel

A versão original da telenovela Carrossel é mexicana e foi exibida pela primeira vez no Brasil entre maio de 1991 e abril de 1992. A história da turma de alunos da Professora Helena fez grande sucesso no país. Como não se lembrar de Cirilo, Maria Joaquina, Jaime Palilo e outros personagens?

Família Dinossauros

A série Família Dinossauros, que mostra o dia a dia da família Silva Sauro, estreou no Brasil em 1992. Protagonizado por Dino, Fran, Charlene, Bobby e Baby, o programa televisivo ficou marcado pelo bordão de Baby: “Não é a mamãe! Não é a mamãe!”.

Videogame

Super Mario Bros.

O personagem Mario já aparecia em jogos lançados nos anos de 1980. Porém, em 1993, tornou-se ainda mais popular com os avanços de Super Mario Bros. para a plataforma Super Nintendo.

Sonic

Lançado em 1991, foi um dos jogos mais vendidos para o console Mega Drive. Nele, Sonic precisa impedir os planos do Doutor Robotnik, que pretende dominar o mundo.

Geração 2000

Música

Galinha Pintadinha

A partir de um vídeo infantil postado no YouTube em 2006, começou o sucesso da Galinha Pintadinha. A personagem, que resgata canções infantis populares, tem encantado os pequenos desde então.

Patati Patatá

A dupla de palhaços surgiu na década de 1980, mas a aposta musical começou nos anos 2000 com a gravação de CDs e DVDs. O sucesso com a criançada até levou a dupla para a televisão.

Televisão

As Meninas Superpoderosas

O desenho animado estreou na televisão norte-americana em 1998, mas o sucesso se deu entre a geração dos anos 2000. Florzinha, Lindinha e Docinho usam seus poderes especiais para proteger sua cidade, Townsville, de seus inimigos.

Hannah Montana

A série de televisão levou sua protagonista, a cantora Miley Cyrus, ao estrelato. O programa estreou em 2006 nos Estados Unidos e teve quatro temporadas. Além do seriado, as músicas da personagem fizeram grande sucesso entre público infantojuvenil.

Recomendamos para você