Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 10.06.2010 10.06.2010

True Blood – Vampiros como você nunca viu

Por Diogo Brüggemann

True blood não é só mais uma série sobre vampiros. Baseada nos livros The southern vampire mysteries, da autora Charlaine Harris, a série da HBO, se destaca num oceano de produções sobre vampiros. Produzida por Alan Ball, a série, que estreou em 2008, traz como protagonista Sookie Stackhouse (Anna Paquin), uma mortal que se apaixona por um vampiro. Qualquer semelhança com a saga Crepúsculo ou com Diários de um vampiro termina aí. True blood se passa num mundo onde os humanos sabem da existência de vampiros e os dois grupos coexistem graças à invenção de um sangue artificial, chamado, justamente, true blood. Com ele os vampiros saciam sua necessidade por sangue sem precisar morder os pescoços dos humanos.

Recheada de cenas fortes que misturam muito sexo e sangue, True blood chega à terceira temporada nos Estados Unidos no mês de junho, enquanto a segunda temporada já se encontra disponível nas lojas do Brasil. Aclamada pela crítica, a série já concorreu a inúmeros, Emmys e Globos de Ouro, em que Anna Paquin se destacou, levando o prêmio de melhor atriz em série dramática em 2009. As atuações de jovens atores, como Rutina Wesley e Nelsan Ellis também se sobressaem. O experiente diretor, Alan Ball, criador de sucessos como Six feet under (A sete palmos, no Brasil), soube aproveitar o que havia de melhor na série de romances de Charlaine Harris, incluindo personagens como Tara e Lafayette, que tinham pouco destaque nos livros. A abertura da série, também um trabalho de Alan Ball, foi exaltada pela crítica. Ao som da música “Bad things”, de Jace Everett, são mostradas cenas típicas do sul dos Estados Unidos, onde a série é ambientada.

Elogiada pelas metáforas que reproduz, a série mostra vampiros como uma minoria social, num mundo repleto de preconceitos, como é o nosso. Homossexuais, afrodescendentes e vampiros dividem muitas características em comum e se organizam de forma semelhante na série, em que existe até a Liga Americana de Vampiros, que vai a programas de TV usando o conhecido discurso “Nós somos cidadãos, pagamos impostos, merecemos os mesmos direitos civis que todos possuem”. Por essa abordagem única e sem pudor – a série ficou conhecida por usar várias cenas de sexo misturadas com cenas sangrentas – True blood, assim como a maioria das produções da HBO, já conquistou lugar de destaque na TV norte-americana. Resta saber se a terceira temporada se manterá no mesmo nível que as anteriores, mas tudo indica que sim.

Enquanto na primeira temporada a garçonete telepática Sookie tenta fugir de um assassino em série que mata pessoas que se envolvem com vampiros, na segunda, ela vai para Dallas, na tentativa de se infiltrar numa seita de radicais religiosos que querem destruir todos os vampiros. Sempre acompanhada de Bill, o vampiro por quem ela se apaixonou, Sookie teve que enfrentar não só monstros sobrenaturais, como a mênade Maryann, mas também o preconceito de amigos e colegas de trabalho, que não aceitavam seu relacionamento com um vampiro. Um dos principais opositores foi o próprio irmão de Sookie, Jason, interpretado pelo ator Ryan Kwanten.

Entre as tramas da nova temporada, que chegará à TV americana no dia 13 de junho, está o desaparecimento de Bill e a chegada do lobisomem Alcide. Ainda baseada nos romances de Charlaine Harris (desta vez no terceiro livro da série, Club dead; leia abaixo), a terceira temporada ainda deve abordar mais a fundo temas como os podereis sobrenaturais de Sookie. Harris já publicou uma dezena de livros da série Sookie Stackhouse, o que dá esperança aos fãs de True blood: muitas boas temporadas da série ainda virão.

Livros

Depois do sucesso de Vampiros em Dallas (ARX), que integra a série As Crônicas de Sookie, de Charlaine Harris, publicado em 20 países, com mais de 15 milhões de exemplares vendidos, o terceiro volume será publicado em julho. Clube dos mortos, chega às livrarias junto com a estreia da terceira temporada de True Blood na TV. Nele, Sookie é surpreendida pelo sequestro de seu namorado vampiro, Bill Compton. Única capaz de encontrá-lo, graças ao dom de ler pensamentos, ela vai ao Mississipi investigar o Clube dos Mortos – um bar cuja clientela é composta de vampiros e outras fascinantes criaturas sobrenaturais. 

Ainda este ano, o selo ARX lançará Procura-se um vampiro, quarto volume da série, e O toque da morte – um livro de contos também protagonizados por Sookie Stackhouse. São cinco narrativas curtas, que apresentam acontecimentos da vida de Sookie, paralelos às suas aventuras nos livros da série. Os contos dão pistas e explicações para certos acontecimentos dos livros já publicados e dos que ainda vêm por aí. 

> Assista ao trailer da terceira temporada


 
Recomendamos para você