Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 18.11.2009 18.11.2009

Simbolismo no novo continente

Por Vinicius Valente

O suspense paira no ar. Estava tudo calmo, até demais. Ele jaziaquietinho, na dele. Porém, os momentos serenos de Robert Langdon parecem nãodurar muito. Para a vibração dos fãs, o professor mais famoso de Harvard acabade religar seu ímã particular para confusões antológicas. Sua mais novaaventura, O símbolo perdido, acaba deser lançada no Brasil e já pode ser adquirida na Saraiva.com.br. Depois deimpedir a explosão do Vaticano e ajudar a tatatataraneta de Jesus, qual será suapróxima empreitada?

Em sua nova obra, o autor Dan Brown resolveu deixar opassaporte de seu personagem na gaveta. Os cenários da vez não são a TorreEiffel ou a Basílica de São Pedro, mas sim a Casa Branca e o Memorial deLincoln. Na trama, Langdon é convidado pelo amigo Peter Solomon para ministraruma palestra no Capitólio dos Estados Unidos, em Washington. Aochegar lá, o simbologista se vê mais uma vez vítima de uma armadilha, pois nãohá palestra nenhuma e seu amigo está desaparecido. Desta vez, o motivo doseqüestro é a crença na existência de um tesouro maçom, que proporcionariapoderes sobre-humanos para o desbravador que o achasse. Mal’akh, oseqüestrador, acredita que o tesouro foi escondido na cidade durante a suafundação e vê Langdon como a única pessoa capaz de encontrá-lo. Este é o pontode partida de mais uma caça ao tesouro para o professor, que se lança numacorrida pelos pontos mais famosos de Washington para salvar seu amigo. E comosempre, ele não está só. Enquanto visita o Capitólio, a Biblioteca do Congressoe a Catedral Nacional, o simbologista conta com a ajuda da renomada cientistaKatherine, irmã de Solomon. Na busca, os dois esbarram com outros personagens,como o chefe de segurança da CIA Inoue Sato e Warren Bellamy, responsável pelaadministração do Capitólio. Nesse quebra-cabeça de símbolos ocultos e códigosmaçônicos, Langdon se vê mais uma vez em um jogo de interesses e poderes, ondeninguém é 100% confiável. A história se passa num intervalo de doze horas econsiste num suspense costurado com ciência noética, obras de arte e a teoriadas supercordas.

Dan Brown alcançou notoriedade em 2003 com seu mega-seller O código da Vinci. O livro já vendeumais de 80 milhões de exemplares em todo mundo e sua adaptação para os cinemasarrecadou US$ 540,7 milhões, mesmo com o boicote de alguns grupos religiosos. Oautor escreveu ainda Ponto de impacto (2005), Fortaleza digital (1998) e Anjose demônios (2000), adaptado para as telonas em maio de 2009. Brown mora em New England, EstadosUnidos e é casado com a pintora e historiadora Blythe, grande colaboradora paraas pesquisas de seus livros.

A nova obra está gerando grande expectativa nas livrarias aoredor do mundo. A tiragem inicial em inglês foi de 6,5 milhões de exemplares, amaior da história da editora Random House. O jornal The New York Times elogiou o livro, afirmando que Brown conseguiufazer obras tão boas quanto suas anteriores, se diferenciando de outros comoThomas Harris, autor de O silêncio dosinocentes. Para fugir das polêmicas – comuns em sua carreira – Brownafirmou à BBC Brasil não achar queseu livro retrata a maçonaria como sinistra. “Se o leitor vê a maçonaria comosinistra no começo, espero que até o fim do livro já não ache o mesmo, e vejaque os símbolos são esclarecidos para que as pessoas entendam melhor”, afirmouo escritor.

A editora Sextantelançou a promoção “O Livro Perdido” em comemoração ao lançamento do livro.Alguns kits com um exemplar da obra, uma camiseta e um pin estarão escondidosem diferentes cidades do Brasil e na internet. Para encontrá-los, osparticipantes devem decifrar cada uma das pistas e enigmas para encontrar oprêmio. A primeira pista estará disponível no site da editora a partir do dia20 de novembro.

Polêmico ou não, O símbolo perdido parece estar trilhandopelo mesmo caminho de sucesso de seus predecessores.  O enredo promete muito mistério, suspense e simbolismo,ingredientes que Dan Brown sabe dissolver em um romance como niguém.

> Confira Dan Brown na Saraiva.com.br

> Confira o site oficial do autor

> Saiba mais sobre a promoção “”O livro perdido””

 

Share |

Recomendamos para você