Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Outros 19.05.2014 19.05.2014

Série “”Conhecendo a cena cultural dos campeões da Copa”” – França

Por Fernanda Oliveira

 
A França foi campeã da Copa do Mundo de Futebol em 1998. E infelizmente, conquistou o título vencendo o Brasil na grande final.
 
Para mostrar que o SaraivaConteúdo não guarda rancor, a série de matérias que mostra os principais artistas do atual meio musical, cinematográfico e literário dos campeões da história dessa competição continua com os franceses.
 
Nem todos os nomes listados são desconhecidos do público brasileiro. Há anos, o duo de música eletrônica Daft Punk faz sucesso. Mas se você ainda não conhecia, possivelmente passou a conhecer com "Get Lucky", música muito executada desde o ano passado por emissoras de rádio do Brasil e de todo o mundo.
 
Intocáveis foi o filme mais rentável da história da França, extrapolando as suas fronteiras e fazendo sucesso internacional. Foi visto por muitos brasileiros que puderam conhecer o trabalho de Omar Sy, protagonista do longa. Já na literatura, pode-se citar o best-seller a Lista dos Meus Desejos de Gregoire Delacourt.
 
Saiba mais sobre os artistas franceses que estão entre os mais populares hoje. E na semana que vem, continue viajando com o SaraivaConteúdo. O próximo destino será a Inglaterra.
 
MÚSICA
 
1. Benjamin Biolay
Esse cantor e compositor da música pop francesa tem seu trabalho comparado ao de Serge Gainsbourg – lendário músico francês que, devido a sua versatilidade, compôs canções de diversos estilos musicais. No início de sua carreira, Benjamin colaborou com outros artistas, fazendo sucesso com Henri Salvador, popular e experiente cantor francês, com o álbum Chambre Avec Vue (2000). Partindo para trabalhos solo, lançou seu primeiro disco: Rose Kennedy (2001). Atualmente, seu mais recente trabalho é Vengeance (2012).                                                                                                
2. Daft Punk
Esse duo francês de música eletrônica não é desconhecido do público brasileiro. Na verdade, a dupla composta por Guy-Manuel de Homem-Christo e Thomas Bangalter – que sempre aparecem vestidos de robôs – é mundialmente conhecida por sucessos como "One More Time" e "Digital Love". Mais recentemente, vale destacar "Get Lucky", música gravada em parceria com o norte-americano Pharrell Willliam, que foi premiada nas categorias música do ano e melhor performance pop em duo ou grupo do Grammy 2014.
 
Confira o clipe de "Get Lucky", música do mais recente álbum Random Access Memories (2013).
 
 
 
3. Fauve #
Trata-se de um grupo francês de músicos jovens que se autodenomina coletivo, ou seja, conta com a contribuição de muitas pessoas em seu processo criativo. No ano passado, suas músicas se tornaram um grande fenômeno na França. Divulgadas pela internet, logo se disseminaram entre os jovens franceses. No álbum Blizzard EP (2013), essa banda indie mescla ritmos em músicas com letras faladas – não cantadas -, que expressam sentimentos, como frustrações, perdas e esperança.
 
Confira o clipe da música "Infirmière".
 
 
 
4. Philippe Katerine
Também é conhecido apenas por Katerine. É um cantor e compositor francês excêntrico e iconoclasta que alcançou fama na década de 1990. Nessa época, foi considerado um dos líderes da cena indie pop na França. Nos anos 2000, com um público renovado e ainda maior, teve grande sucesso com o disco Robots Après Tou (2005), que tem como principal hit a música "Louxor J'adore". Com Magnum (2014), seu mais recente álbum, segue até hoje sendo um dos mais populares cantores de seu país.
 
Confira o clipe da música "Sex Cool", primeiro single do disco Magnum.
 
 
 
5. Rover
Trata-se de um projeto musical do cantor e multi-instrumentista Timothy Régnier. Em seu primeiro e único disco até o momento, intitulado Rover (2012), nota-se uma forte influência de diferentes estilos musicais – do punk rock ao folk. Versátil, foi responsável pela gravação de todos os instrumentos das faixas que compõem o álbum. Além disso, canta em inglês, já que viveu por muitos anos em Nova York, Estados Unidos.
 
Confira o clipe da música "Queen Of The Fools".
 
 
 
CINEMA
 
1. Guillaume Canet
É um ator, roteirista e diretor francês. Em 1997, teve seu primeiro papel em um longa metragem: Barrunda. Depois de outros personagens que vieram na sequência, resolveu dirigir seu primeiro filme, intitulado Mon Idole (2002). O segundo trabalho como diretor foi na produção Ne le Dis à Personne (2005), pelo qual Guillaume recebeu o Prêmio César de melhor diretor – a mais importante premiação do cinema francês. Blood Ties (2013) é o seu mais recente filme, que conta com grandes nomes no elenco, como Mila Kunis e Zoe Saldana.
 
2. Marion Cotillard
Atriz francesa reconhecida e premiada. Entre os principais prêmios que já recebeu, vale destacar o Oscar de melhor atriz, o Globo de Ouro de melhor atriz em comédia ou musical e o BAFTA de melhor atriz, os três por seu papel no filme francês Piaf – Um Hino ao Amor (2007). Além de inúmeros trabalhos de sucesso na França, Marion já participou de várias produções hollywoodianas, como A Origem (2010), Meia-Noite em Paris (2011) e Batman: O Cavaleiro das Trevas (2012).
 
3. Omar Sy
Esse ator francês é conhecido por muitos brasileiros. Afinal, ele protagonizou o filme Intocáveis (2011), uma das produções francesas de maior sucesso internacional nos últimos anos, inclusive aqui no Brasil. Foi o filme mais visto na França em 2011, sendo o mais rentável da história do país. Este ano, Omar pode ser visto no blockbuster hollywoodiano X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, que estreia no Brasil no dia 22 de maio.
 
Omar Sy é um dos protagonistas do filme Intocáveis
 
4. Vincent Cassel
Esse ator francês é um astro do cinema europeu. A impressionante atuação no aclamado filme O Ódio (1995) catapultou sua carreira. Nos anos seguintes, fez parte de grandes produções do cinema francês, como Le Pacte des Loups (2000), Les Rivières Pourpres (2000) e Sur mes Lèvres (2001). Ele também conquistou seu espaço em Hollywood atuando em filmes como Doze Homens e Outro Segredo (2004) e Cisne Negro (2011). Seu mais recente trabalho estreou em fevereiro deste ano na França: A Bela e a Fera, longa-metragem francês que ainda não tem data de lançamento definida no Brasil.
 
Vincent Cassel no filme Cisne Negro
 
5. Vincent Lindon
Começou no cinema como assistente de figurino, até conseguir seu primeiro papel no longa Le Faucon (1983). De lá para cá, são mais de 30 anos de interpretação com inúmeros filmes no currículo, alternando personagens dramáticos e cômicos. Ao longo de sua trajetória, recebeu prêmios, com destaque para a Palma de Ouro de melhor ator que recebeu no Festival de Cannes em 1992 pelo seu trabalho em La Crise (1992). Les Salauds (2013) e Mea Culpa (2014) são alguns de seus mais recentes filmes.
 
Mea Culpa é o mais recente trabalho de Vicent Lindon
LITERATURA
 
1. André Comte-Sponville
Respeitado filósofo francês reconhecido internacionalmente. Em seus livros, reflete sobre diversos temas, como amor, felicidade, moral etc., mas de forma descomplicada, daí sua popularidade. Entre suas obras estão Pequeno Tratado das Grandes Virtudes (1995), A Felicidade Desesperadamente (2000) e O Capitalismo É Moral? (2004).
 
2. Gregoire Delacourt
Publicitário que estreou na literatura com o romance L’Écrivain de la Famille (2011), que lhe rendeu inúmeros prêmios na França. A Lista dos Meus Desejos (2012), sua segunda obra, também teve grande sucesso e rapidamente se tornou um best-seller, sendo inclusive traduzida para mais de 20 idiomas.
 
André Comte-Sponville e Gregoire Delacourt
 
3. Jean-Christophe Rufin
Além de escritor de best-sellers, Jean-Christophe é médico, historiador e diplomata. Também tem se dedicado a ações humanitárias, sendo inclusive um dos ativistas pioneiros dos Médicos Sem Fronteiras. Na literatura, destacam-se seus ensaios – muitos deles baseados em suas vivências em ONGs de países em conflito – e romances históricos, políticos e de aventura. Um de seus sucessos é O Abissínio (1997), que foi traduzido para quase 20 idiomas.
 
4. Jean-Claude Izzo
Escreveu romances, poesias, peças de teatro e roteiros de filmes. Tornou-se um escritor popular sobretudo por três romances policiais: Caos Total (1995), Chourmo (1996) e Solea (1998), que ficaram conhecidos como a Trilogia de Marselha. Ela conta com o ex-policial Fabio Montale (traduzido para o Inglês como Howard Curtis) como protagonista. Devido ao grande sucesso, tentaram persuadi-lo a escrever mais histórias sobre o personagem, porém o escritor se recusou. Jean-Claude morreu precocemente aos 54 anos em 2000.
 
5. Jean-Marie Gustave Le Clézio
Esse renomado escritor francês teve sucesso quando tinha apenas 23 anos com seu primeiro livro: O Interrogatório (1963). No entanto, foi na década de 1970, com romances de temáticas acessíveis, como família e viagens, que se tornou mais popular. Bastante produtivo, não se restringe ao romance, escrevendo contos e ensaios. Também se dedicou à literatura infanto-juvenil. Em 2008, recebeu o Prêmio Nobel de Literatura por suas obras. Voyage de L’autre Côté (1975), Désert (1980), Révolutions (2003) e O Africano (2004) são alguns de seus trabalhos.
 
Jean-Marie Gustave Le Clézio
 
Recomendamos para você