Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 26.03.2014 26.03.2014

Seis bandas para você assistir antes do pôr do sol no Lollapalooza

Por Andréia Martins
 
Encarar um final de semana repleto de shows não é para todo mundo. Ainda mais quando as atrações começam bem cedo. Quem pretende chegar aos shows do Lollapalooza depois das 18h corre o risco de perder algumas boas atrações que vão se apresentar durante a tarde.
Em comum, as bandas escaladas para a tarde se dividem entre o rock e a eletrônica, surgiram na segunda metade dos anos 2000 – com exceção da banda AFI – e aproveitaram os espaços da cena alternativa, como festivais independentes e a internet, para fazer sucesso.
E para não dizer que você não sabia, o SaraivaConteúdo vai bancar o bom amigo e dar três dicas de bandas imperdíveis para cada um dos dias de festival.
CAPITAL CITIES
Quando: 5 de abril, das 14h às 15h, no Palco Skol
Sobre a banda: começar uma maratona de shows com o Capital Cities talvez seja a melhor forma de ganhar gás para o resto do dia. A dupla Ryan Merchant e Sebu Simonian se conheceu por meio de um anúncio na internet. O primeiro trabalho é recente, de 2011, com o EP que traz o hit “Safe and Sound”. Para o show no Brasil, o primeiro deles por aqui, eles trazem o repertório do fresquíssimo In a Tidal Wave of Mystery, lançado em junho de 2013. O som eletrônico da banda é pop, dançante e sem muitos exageros. Tocam no Palco Skol.
Hits: “Safe and Sound” (2011) e “Kangaroo Court” (2013)
 

CAGE THE ELEPHANT 
Quando: 5 de abril, das 15h05 às 16h05, Palco Onix

Sobre a banda: é uma das atrações mais divertidas do line-up. No momento, o quinteto norte-americano formado pelos irmãos Matthew (vocal) e Brad Shultz (guitarra) e Daniel Tichenor (baixo), Lincoln Parish (guitarra) e Jared Champion (bateria) tem um hit por aqui: “Come a Little Closer”, do último disco Melophobia (2013). Eles despontaram como um dos destaques do hoje cultuado festival South By Southwest, em Austin (Texas), em 2007. O primeiro disco, Thank You, Happy Birthday, veio em 2011, e no ano seguinte a banda desembarcou no Brasil para tocar no Lolla. Com a bandeira indie no peito, o Cage traz muito do clima do grunge dos anos 1990, herdeiros diretos do rock feito por Nirvana e Pixies (mais uma das atrações do festival).
Hits: “In One Ear” (2008), “Shake Me Down” (2011) e “Come a Little Closer” (2013)
 
PORTUGAL. THE MAN
Quando: 5 de abril, das 17h às 18h, Palco Interlagos
Sobre a banda: uma boa pedida para dar boas-vindas à noite. O quinteto norte-americano é conhecido por trabalhar initerruptamente – de 2006 a 2012, foram seis discos – e faz um rock psicodélico. Você está esperando aquele barulho estridente de guitarra? Eles não se limitam a isso. No último disco, Evil Friends (2013), produzido por ninguém menos que Danger Mouse, essa psicodelia aliou-se à eletrônica, mostrando que os meninos sabem criar novas atmosferas musicais, com sintetizadores e guitarras, baterias eletrônicas e tamborins. A banda é formada por John Gourley (vocal, guitarra), Zachary Carothers (baixo), Kyle O’Quin (teclado, sintetizadores), Kane Ritchotte (bateria, percussão) e Zoe Manville (teclados, sintetizadores e tamborim). Boa pedida para quem gosta de MGMT, Death Cab for Cutie e um pouquinho de Black Keys.
Hits: “People Say” (2010), “So American” e “Evil Friends” (2013)
 
 
SAVAGES
Quando: 6 de abril, das 16h às 17h, Palco Interlagos
Sobre a banda: o grupo vem da Inglaterra (embora a vocalista Jehnny Beth seja francesa), é do tipo conceitual e faz uma viagem visceral ao pós-punk, de Joy Division a Siouxsie and the Banshees. A estética do preto e branco, os riffs estridentes de Gemma Thompson e as oscilações vocais de Beth, guiados pelas linhas de baixo de Ayse Hassan e a mão nada delicada de Fay Milton na bateria, são o forte da banda. Nos shows, o quarteto costuma pedir ao público que desligue os celulares e não veja a apresentação pela lente das câmeras. A ideia é oferecer uma nova experiência sonora. Com um disco na bagagem, Silent Yourself (2011), o grupo disputou o prêmio de Aposta do ano da BBC, em 2013, e de revelação 2013 no Mercury Prize. Embora não tenha levado nenhum dos prêmios, já está na lista de bandas para ficar de olho este ano.
Hits: “Shut Up” e “Husbands” (2013)
 
BAAUER
Quando: 6 de abril, das 16h15 às 17h15, Palco Perry
Sobre o artista: você deve se lembrar que, há pouco tempo, um viral invadiu a internet com uma dança que cativou milhares de pessoas: o “Harlem Shake”. A música saiu da mente de Harry Rodrigues, mais conhecido como Baauer, DJ norte-americano de 24 anos. De anônimo da internet, ele viu seu nome rodar o mundo, assim como sua música, que mistura elementos do hip-hop e da dance music. Tudo isso com um único EP na bagagem.
Hits: “DumDum” e “Harlem Shake” (2012)
 
AFI
Quando: 6 de abril, 17h30 às 18h30, Palco Interlagos
Sobre a banda: engana-se quem pensa que os horários da tarde são apenas para novatos. Na estrada desde 1991, a banda de hardcore AFI (sigla para A Fire Inside) sobe ao palco no final do dia trazendo a turnê do último disco, Burials, de 2013. Com Davey Havok à frente, autor das letras depressivas que conquistaram fãs de todo o mundo, o grupo conquista os ouvidos de quem gosta de bandas como Fall Out Boy, Yellowcard, Funeral For a Friend, entre outras.
Hits: “Total Immortal” (1999), “Silver and Cold” (2003), “I Hope You Suffer” e “17 Crimes” (2013)
 
 
SERVIÇO – LOLLAPALOOZA
Quando: 5 e 6 de abril
Onde: Autódromo de Interlagos
Ingressos: de R$ 270 a R$ 690.
 
 
Recomendamos para você