Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 24.07.2012 24.07.2012

Ruth Rocha lança novas edições de suas obras pela editora Salamandra

 
Por Luma Pereira
 
Se ser um clássico é continuar conquistando leitores de geração em geração, Ruth Rocha conseguiu este feito. Desde 2004, a editora Salamandra vem lançando reedições de suas obras, com formato totalmente novo.
 
Ruth Rocha teve seus textos publicados inicialmente na Revista Recreio, da Editora Abril, a partir do ano de 1969. Contando com Palavras Muitas Palavras, seu primeiro livro publicado, já são mais de 130 títulos de sua autoria.
 
Sua obra mais conhecida é Marcelo, Marmelo, Martelo, que chegou a ter uma série só do personagem, Marcelo – agora com seis títulos. O último lançado pela editora Salamandra foi Os Amigos do Marcelo.
 
A história continua a mesma, mas as ilustrações, quanta diferença!
 
Mariana Massarani, que realizou os desenhos de Marcelo, Marmelo, Martelo para as novas edições, conta que o trabalho demandou muita responsabilidade.
 
“Texto e desenhos que eram um clássico. O Marcelo é adorado por várias gerações! Então mudar a imagem dele foi super difícil. Me inspirei um pouco no meu sobrinho, que tem a mesma idade do personagem”, comenta.
 
É num quarto cheio de livros, três mesas, um computador e montes de pinceis, lápis e tintas, desenhos nas paredes e plantas na janela que ela trabalha. Desde pequena gosta de desenhar, mas foi apenas em 1988 que teve seu primeiro emprego como ilustradora.
 
 
As novas ilustrações de Marcelo e sua família
 
Alberto Llinares, responsável pelo projeto gráfico e pelas ilustrações dos outros livros que compõem a obra de Ruth Rocha, conta que sua característica principal é tentar colocar humor, para que a criança ache graça no que está vendo ou lendo.
 
Ambos os ilustradores tiveram de atualizar os antigos desenhos das outras edições. “Tentei fazer desenhos que não destoassem tanto dos antigos, uma transição suave do passado para hoje em dia. Nada muito marcado e datado”, conta Mariana.
 
“Atualizar algo que já era muito bom só pode se justificar por motivos ‘físicos’, tais como mudança de formato do livro, colorização se o anterior não tinha cor, e também a renovação de contrato dos textos para outras editoras”, afirma Llinares.
 
E completa: “Acho as ilustrações antigas essenciais, não dá para comparar, pois são dois momentos. Aquelas crianças de antes adoraram aqueles livros, que tiveram diversas interpretações artísticas, conforme a quem a editora encomendava a ilustração”.
 
As personagens Terezinha (a esq.) e Gabriela, que ganharam novos traços
 
Outro desafio foi fazer com que os adultos que liam as edições antigas quando crianças também gostassem das novas ilustrações, e mostrassem aos filhos.
 
“É maravilhoso ver os pais felizes explicando para a Ruth que agora estão fazendo o mesmo que uma geração atrás fez, os mesmo que seus pais fizeram com eles, e que não esqueceram a primeira história do Marcelo”, comenta o ilustrador.
 
As ilustrações mudaram muito, mas os textos de Ruth Rocha continuam os mesmos. E suas histórias ainda encantam os leitores de ontem, hoje e amanhã.
 
 
Recomendamos para você