Ramiro Fajuri por Ramiro Fajuri Livros 01.09.2017 01.09.2017

Romances históricos de Julia Quinn: apaixone-se por eles

Julia Quinn, a rainha do romance histórico

Os romances históricos de Julia Quinn conquistaram o mundo. Queridinha de um gênero literário que atrai um público cada vez maior, majoritariamente feminino, foi traduzida em 26 idiomas e já vendeu mais de 8 milhões de exemplares em todo o mundo.

Mas o que fez com que tantas pessoas ao redor do mundo se apaixonassem pelos romances históricos e pela autora? Para entender esse fenômeno que mais do que comercial, é cultural, o blog da Saraiva conversou com uma especialista no assunto, a tradutora Tully Ehlers, responsável por verter para o português obras importantes de ícones do gênero, como “Anne de Green Gables”, da escritora canadense Lucy Maud Montgomery.

Uma viagem no tempo e no espaço

Uma das características que tornam os romances históricos tão interessantes e divertidos é proporcionar uma espécie de viagem a outras épocas e lugares. Apesar de serem obras totalmente ficcionais, a ação acontece em ambientações reais do passado, com o autor muitas vezes romanceando um fato histórico, o que exige uma boa pesquisa. Não somente por parte dos escritores, mas dos tradutores em cada língua. É necessário adaptar as palavras ao contexto social e histórico do momento descrito na obra. “Exige pesquisa terminológica, histórica e análise contextual”, conta Tully Ehlers.

Um ponto de vista feminino sobre amor, paixão e sexo

Não podem faltar nos romances históricos passagens mais “quentes”. O gênero é tão apreciado pelas mulheres justamente pela narrativa ter um ponto de vista feminino. Cenas de sexo são narradas de um jeito leve e sensível, com humor e delicadeza, como parte da história e do desenvolvimento das personagens. Julia Quinn “fala de sensualidade, de momentos íntimos, sempre com muita paixão e beleza. O público feminino ama essas descrições apimentadas, mas delicadas. Isso faz parte dos sonhos e desejos românticos das mulheres”, destaca a tradutora.

Box - Quarteto Smythe-Smith - 4 Volumes

Box - Quarteto Smythe-Smith - 4 Volumes (Cód: 9412200)

R$ 99,90 R$79,90 em até 2x de R$ 39,95 sem juros Quero este produto

Emoções na dose certa, para personagens verossímeis

Uma característica que separa os romances históricos que fazem sucesso hoje dos tradicionais “livros água com açúcar” são as personagens. Elas parecem mais reais. Segundo Tully Enders, Julia Quinn “cria personagens mais verdadeiros, sem apelar para a paixão à primeira vista ou uma enjoativa ingenuidade principesca. O heroísmo é de verdade, com medos e desejos. As relações são construídas ao longo da história, por pessoas de carne e osso. Isso gera empatia do leitor pelas personagens”.

Esse enfoque mais realista dos romances de Julia Quinn não os afasta do seu principal objetivo, que é entreter. O segredo do sucesso está justamente em misturar aventura, comédia, drama e romance nas doses certas, com textos leves, descrições divertidas e objetivas. “Julia Quinn consegue reunir muito bem o romance, a comédia e o drama, fazendo a gente entrar na história com as personagens’’, descreve a tradutora Tully.

Romances históricos de Julia Quinn: o essencial

Para quem quer se aventurar nos romances históricos de Julia Quinn e conhecer mais a sua obra, é obrigatória a série de 9 livros “Os Bridgertons’’, que atingiu a marca de 3,5 milhões de exemplares vendidos no mundo inteiro. 500 mil somente no Brasil. Foi lançada no Brasil pela editora Arqueiro, que promete ainda para 2017 os seguintes títulos, ainda sem tradução para o português: Lady Whistledown Strikes Back; Four Weddings and a Sixpence; The Lost Duke of Wyndham; Cavendish, I Presume.

O Duque e Eu - Os Bridgertons - Vol. 1

O Duque e Eu - Os Bridgertons - Vol. 1 (Cód: 4888644)

R$ 29,90 R$17,90 em até 1x de R$ 17,90 sem juros Quero este produto

 

Recomendamos para você