Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 13.12.2013 13.12.2013

Retrô SC 2013 – Ricardo Lísias elege os melhores romances nacionais

Por Zaqueu Fogaça
 
Se houve um ano em que a literatura teve motivos de sobra para comemorar, esse ano foi 2013, marcado por efemérides.
Entre outros, é possível citar os centenários de nascimento de Rubem Braga, Vinicius de Moraes e Albert Camus, e da obra Em Busca do Tempo Perdido (Globo Editora), de Marcel Proust.
Na Flip, as homenagens foram dedicadas à vida e à obra de Graciliano Ramos, pelos seus 120 anos de nascimento.
O ano ainda foi marcado pela estreia de escritores de outros gêneros na prosa longa, como dos contistas João Anzanello Carrascoza e Marcelino Freire.
Além disso, também houve a descoberta de autores estrangeiros. Entre eles, o romancista chileno José Donoso, que teve dois livros publicados no país: O Obsceno Passado da Noite (Benvirá) e O Lugar Sem Limites (Cosac Naify).
Para celebrar o romance em 2013, o SaraivaConteúdo convidou o escritor Ricardo Lísias, autor de diversos títulos, como Divórcio (Alfaguara), para listar os romances nacionais que ocuparam lugar de destaque entre suas leituras.
Manual da Destruição (Hedra) – Alexandre Dal Farra 
 
Manual da Destruição
 
"É um livro muito diferente de tudo que se publica no Brasil. Com uma linguagem intensa e bem construída, cheia de repetições e estruturas intensas, todo o ódio do nosso tempo invade cada uma das linhas."
Esquilos de Pavlov (Alfaguara) – Laura Erber
 
Esquilos de Pavlov
 
"A arte contemporânea é criticada em um texto saboroso e também muito diferente. Cheio de ironias, personagens exóticas vão e vêm de um jeito inusitado."
Noites de Alface (Alfaguara) – Vanessa Barbara
 
Noites de Alface
"Por trás das rotinas diárias, a dor e a solidão que, às vezes, nos atingem no estilo enganadoramente leve de uma das melhores escritoras em atividade."
Carlos Lacerda/A República das Abelhas (Companhia das Letras) – Rodrigo Lacerda
 
Carlos Lacerda/A República das Abelhas 
 
"Um romance histórico que reconstrói os primeiros anos da nossa república. O texto é muito envolvente e impressiona [ao mostrar] como o Brasil repete e renova sempre os mesmos problemas."
Opisanie Swiata (Cosac Naify) – Verônica Stigger
 
Opisanie Swiata
 
"Romance inusitado e muito bem feito, conta um drama familiar a partir de uma reconstituição histórica original. As imagens dialogam muito com o texto. Bastante criativo, como toda obra da autora." 
 
 
Recomendamos para você