Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 30.11.-0001 30.11.-0001

Recordes literários

Por Carolina Cunha
Quando alguém diz que leu um grande livro, ninguém imagina que pode ser o exemplar mais comprido do mundo. Ao longo dos anos, a literatura vem colecionando recordes dos mais variados possíveis.
Recentemente, o professor gaúcho Jorge Neiman recebeu uma indicação ao Guinness Book (Livro dos Recordes) por escrever o maior texto positivo do mundo. Tudo por causa do livro A Arte de Viver em Paz, onde a palavra “não” é omitida em todas as 180 páginas.
Selecionamos outros feitos curiosos, superlativos e insignificantes registrados pelo Guinness Book e outros compêndios sobre o universo literário.
 
O livro mais valioso 
 
O que você faria por uma obra tão rara que só existisse um exemplar? O Codex Leicester traz desenhos originais e anotações científicas de Leonardo da Vinci e foi arrematado por Bill Gates em 1994, pela bagatela de U$$ 30,8 milhões. 
 
O primeiro personagem a entrar num obituário de jornal
 
Ele era baixinho, calvo e exibia um bigode lustroso. Em 1975, o jornal New York Times publicou na primeira página um obituário descrevendo a morte de Hercule Poirot, personagem criado por Agatha Christie. Naquele mês, o romance Cai o Pano estava sendo lançado e vinha com uma trama bombástica: a morte do famoso detetive.   
 
Nota sobre a morte de  Hercule Poiro
 
O livro mais vendido 
 
O livro mais vendido de todos os tempos (bem, pelo menos nos últimos 50 anos) é a Bíblia, que já rendeu 3,9 bilhões de cópias. De gavetas de hotéis do interior a presídios de segurança máxima, a Bíblia está em todo lugar. 
 
O personagem literário que mais aparece nas telas 
 
O detetive Sherlock Holmes apareceu na TV 254 vezes e foi interpretado por mais de 75 atores diferentes. Já no cinema, o personagem mais retratado é o Conde Drácula, o vampiro de Bram Stoker que abriu portas para o gênero que estrela seres de dentes afiados.  
 
Sherlock Holmes
 
O maior livro 
 
O Brasil pode ser orgulhar deste recorde. Em 2007, o público que visitou a Bienal do Livro no Rio de Janeiro encontrou um exemplar de O Pequeno Príncipe de dois metros de altura por três de largura (com o livro aberto). Pequeno? Só no título!
 
O maior título de livro 
 
Descrever a origem e etimologia da língua inglesa não é mole, mas difícil mesmo foi encontrar um nome para esta eletrizante obra. Na dúvida, o indiano Sreenathachary Vangeepuram escolheu um impublicável título de 5.633 caracteres (1.086 palavras). 
 
O menor conto do mundo
 
 “Quando acordou, o dinossauro ainda estava lá” é o texto mais célebre do escritor Augusto Monterroso e por muito tempo ganhou fama como o menor conto da literatura mundial. Em 2004, a argentina Maria Shua escreveu “Fujamos! Os caçadores de letras estão aqui” e superou a marca do escritor guatemalco. 
 
O menor livro do mundo já publicado
 
Quem disse que a nanotecnologia não pode fazer arte? Segundo o Guinness Book of Records, o livro Teeny Ted from Turnip Town mede 70 micrômetros por 100 micrômetros, menos de um milímetro. Criado por cientistas do Canadá, a obra foi gravada num pedaço de silicone cristalino puro, utilizando um feixe de íons de gálio para gravar as letras. Para dar uma olhada nessa ideia genial, é necessário um microscópio eletrônico de varredura. 
 
O escritor com mais livros publicados 
 
O brasileiro Ryoki Inoue escreve um romance inteiro em menos de seis horas e chegou a trabalhar em três livros por dia. Sua produtividade é tanta que ele foi reconhecido como o autor mais prolífico do mundo, com mais de 1.100 obras publicadas. Seus temas preferidos são crimes, conspirações e aventuras de faroeste. 
 
A gestação literária mais demorada
 
O dicionário alemão Deutsch-Wörterbuch foi iniciado pelos irmãos Grimm em 1854 e foi finalizado somente em 1971, por diferentes gerações de linguistas. O gigantesco trabalho traz 34.519 páginas e 33 volumes que explicam palavras e expressões alemãs desde 1450.
 
O escritor mais traduzido 
 
Segundo dados da UNESCO, a escritora britânica Agatha Christie é a autora mais traduzida da história, com 7.117 versões de seus livros. Qual será o mistério de tanto sucesso?
 
O maior número de traduções autografadas de uma só vez
 
Em 2003, o escritor Paulo Coelho, que já foi traduzido para mais de 70 línguas, entrou para o Guiness Book por autografar de uma só vez, na Feira do Livro de Frankfurt, 53 edições diferentes do best-seller O Alquimista.
 
A pessoa mais velha a lançar o primeiro livro
 
Quando o chamado da escrita chega, nunca é tarde para começar. Em 2005, ao comemorar a sua 100ª primavera, a inglesa Bertha Wood publicou seu primeiro livro, escrito desde os seus 90 anos. Ar fresco e diversão: A História de uma Colônia de Férias em Blackpool traz as memórias pessoais da escritora, famosa por fundar um acampamento de férias.  
 
O escritor mais novo a se tornar um best-seller
 
Ganhar dinheiro com elfos e dragões é o sonho de qualquer garoto. Nascido em 1984, o norte-americano Christopher Paolini é o mais novo escritor a figurar entre os mais vendidos do mundo. Publicada quando o autor tinha apenas 15 anos, a série Ciclo A Herança já vendeu mais de 20 milhões de exemplares. 
 
Christopher Paolini
O romance mais antigo 
 
Um triângulo amoroso em meio a disputas pelo poder é o pano de fundo do livro Chaireas & Callirhoe, de Chariton, romance de dois mil anos de idade. Encontrado num papiro, estima-se que a história tenha sido escrita no primeiro século d.C. A protagonista é uma noiva de Siracusa (Grécia) que foi sequestrada por piratas e vive aventuras em cenários exóticos. 
 
 
Recomendamos para você