Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 13.11.2010 13.11.2010

Record fora do Jabuti

O Grupo Editorial Record não vai mais participar do PrêmioJabuti de literatura para “”não compactuar com uma comédia de erros””,segundo afirmou Sergio Machado, presidente da empresa, a jornalista MônicaBergamo.

Machado não se conforma com o fato de Leite derramado, deChico Buarque, ter sido premiado como “”livro de ficção do ano””,quando ficou em segundo lugar na categoria romance: “”O Jabuti virou umconcurso de beleza, com critérios de programas como os de Faustão e SilvioSantos””, diz.

O grupo envioucorrespondência, no dia 11 de novembro, à Câmara Brasileira do Livro, organizadorado evento, dizendo ainda que a premiação desteou ano foi “”pautada porcritérios políticos, sejam da grande política nacional, sejam da pequenapolítica do setor livreiro-editorial””.

Em resposta às críticas da Record, a CBL divulgou notade esclarecimento à imprensa para explicar os critérios de escolha do PrêmioJabuti, que já está em sua 52ª edição:

De acordo com oregulamento do 52º Prêmio Jabuti, concorrem ao prêmio de Melhor Livro do Ano deFicção os três vencedores das categorias Romance; Contos e Crônicas; Poesia;Infantil; e Juvenil; e concorrem ao prêmio de Melhor Livro do Ano de Não-Ficçãoos três ganhadores das categorias Teoria/Crítica Literária; Reportagem;Ciências Exatas, Tecnologia e Informática; Economia, Administração e Negócios;Direito; Biografia; Ciências Naturais e da Saúde; Ciências Humanas; Didático eParadidático; Educação, Psicologia e Psicanálise; Arquitetura e Urbanismo,Fotografia, Comunicação e Artes.

 Nota-se que nas categorias relacionadas,participam dos prêmios Melhor Livro do Ano de Ficção e Melhor Livro do Ano deNão-Ficção, os três vencedores de cada uma delas, independente da colocaçãoconquistada. No ato da inscrição das obras que concorreram ao Prêmio Jabuti2010 que este ano, a propósito, teve recorde de inscritos-, todos osparticipantes declararam conhecer o regulamento da premiação.

O Prêmio Jabuti, com 52 anos de existência,sempre se pautou pela lisura e cumprimento de seu regulamento, motivo este quecontribuiu para que se tornasse a premiação literária mais importante do país.

 A escolha dos 10 livros finalistas em cadacategoria e, posteriormente, dos três vencedores de cada categoria, procede-sepor uma comissão de jurados composta por profissionais habilitados,independentes e de notório conhecimento nas respectivas áreas julgadas.

 Posteriormente, a escolha dos ganhadores dosMelhores Livros do Ano de Ficção e Não-Ficção passa a ser realizada pela mesmacomissão de jurados, acrescida por representantes do mercado editorial comprofundo conhecimento do universo do livro e da literatura.

 Assim, face aos questionamentos levantadosdemocraticamente pelos concorrentes do Jabuti 2010 à forma de premiação dosMelhores Livros do Ano de Ficção e Não-Ficção, a CBL informa que o assunto serádebatido pela Comissão do Prêmio na primeira oportunidade em que a mesma sereunir para preparar a organização do Prêmio Jabuti 2011.

 Cordialmente,

 Câmara Brasileira do Livro (CBL)

Recomendamos para você