Ramiro Fajuri por Ramiro Fajuri HQ 01.09.2017 01.09.2017

A queda de Murdock: o Demolidor em seu melhor

A queda de Murdock - uma das melhores histórias do Demolidor

A queda de Murdock é considerada uma das melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos. Passados mais de 30 anos de sua publicação original, a aclamada saga do Demolidor, criada por Frank Miller e David Mazzuchelli, não perdeu nada de seu tremendo impacto e merece ser lida e relida.

O homem por trás da máscara. Humano e vulnerável.

Um dos pilares do conceito clássico de super-herói é a importância de sua identidade secreta. Afinal, se seus inimigos descobrirem quem está por trás da máscara, suas fraquezas serão expostas.  Abre-se um universo de possibilidades de prejudicá-lo, como afetar suas posses ou entes queridos.

É justamente essa situação que é explorada em “A Queda de Murdock“, saga do Demolidor que tomou sete edições de sua revista mensal em 1986, redefinindo um dos personagens mais trágicos da Marvel Comics – e que é relançada em edição especial de luxo pela Panini.

Quer destruir o Demolidor? Destrua Matt Murdock!

A história começa mostrando que Karen Page, ex-secretária e grande amor de Matt Murdock, o advogado cego de Nova York que combate o crime sob a identidade do Demolidor, vende sua identidade secreta em troca de uma dose de heroína. Esse gesto desesperado ganha proporções impensadas quando a informação chega aos ouvidos do Rei do Crime.

O mafioso, que encabeça o crime organizado da Big Apple, faz uso de tal informação para arruinar seu grande inimigo. Atuando nos bastidores, o faz perder a licença profissional, o dinheiro, o emprego, a casa. Tira dele qualquer esperança de voltar a ter o controle de sua vida.

Aliás, um dos pontos altos de A Queda de Murdock é justamente o Rei do Crime. Embora originalmente ele fizesse parte da lista de inimigos do Homem-Aranha, foi Frank Miller que o tornou um dos maiores vilões da Marvel. Como arqui-inimigo do Demolidor, Wilson Fisk mostrou o quão inteligente, maligno, impiedoso… e interessante ele poderia ser.

Demolidor - A Queda de Murdock

Demolidor - A Queda de Murdock (Cód: 3047697)

R$59,00 R$42,90 (-29%) em até 1x de R$ 42,90 sem juros Quero este produto

Miller & Mazzuchelli, uma dupla no seu auge criativo

Nos meses que antecederam “A Queda de Murdock“, a revista mensal do Demolidor era escrita por Denny O’Neil. Ao anunciar sua saída, o editor Ralph Macchio não pensou duas vezes e escalou Frank Miller para voltar à série. Fora o talento dele que, anos antes, salvara o título de seu cancelamento.

Ao lado do desenhista David Mazzucchelli, então um nome pouco conhecido, Miller voltou a impor seu tom humanista. Ambientando as histórias do Homem Sem Medo em guetos do bairro conhecido como Cozinha do Inferno, o Demolidor lida com mendigos, prostitutas, traficantes, viciados e, é claro, mafiosos.

O tom realista de Miller somado ao traço direto de Mazzucchelli resultaram em uma das tramas mais celebradas da editora até hoje.

Em ”A Queda de Murdock”, o Demolidor é mais do que nunca o herói do povo

A Marvel é conhecida por mostrar heróis com problemas próximos da realidade dos seus leitores. Desde os dilemas estudantis do Homem-Aranha, que sofria bullying na escola e precisava tirar fotos de si mesmo em ação para vender ao jornal, até o alcoolismo do milionário Tony Stark, que chegou a impedi-lo de vestir o traje do Homem de Ferro.

Nas histórias do Demolidor, os problemas de um deficiente visual e os dilemas de um advogado criminalista sempre estiveram presentes. Mas foi com “A Queda de Murdock” que ele se tornou mais humano por conta das tragédias, desenvolvendo problemas como paranoia e chegando a morar na rua.

A trama é até hoje uma das mais populares e influentes. Ficou na 11a posição em uma pesquisa que a Marvel fez com seus fãs em 2001, chamada “100 Greatest Marvels of All Time” – ou “As 100 Maiores Histórias da Marvel de Todos os Tempos”, em tradução livre. Leitura obrigatória.

Recomendamos para você

Os produtos Saraiva mais comentados