Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 30.11.-0001 30.11.-0001

Programação paralela amarra o clima de amor à literatura promovido durante a Flip

 
ESPECIAL
 
 
Por Yael Peretz
“A Flip só é assim porque é em Paraty”, diz um visitante. O que torna essa festa especial? De fato, a cidade se veste de literatura. Há uma convergência entre a programação principal e os espaços públicos. Todos usam a criatividade e embarcam na emoção que toma conta dos visitantes apaixonados por cultura e literatura.
 
Os restaurantes adaptam seus cardápios para homenagear escritores no “Circuito de Pratos Gastronômicos”. Autores independentes se reúnem em rodas e discutem como impulsionar suas carreiras através da internet. Poetas abordam passantes para vender seus versos. Artistas se pintam e utilizam a calçada como palco para dar vida aos seus personagens.
 
Quem passa pelo Mercado do Pescador, localizado próximo ao cais, se encontra com um casal que distribui pílulas de poesias. “Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor”, diz a frase sorteada assinada por Fernando Sabino.
 
Gledson Vinícius e Gabriella são donos de uma grife de camisetas com ilustrações e citações relacionadas à literatura. As peças da Poeme-se citam autores como Olavo Bilac, Maiakovski, Castro Alves, Machado de Assis e Baudelaire. O principal ponto de vendas da marca é a loja virtual, mas também participam de feiras, e a Flip não poderia deixar de estar no itinerário. 
 
O espaço dedicado a esses artistas faz parte da programação paralela organizada pela OFF Flip.
Para o homenageado da Flip desenharam um modelo especial. “Não roubem meus óculos. Comprem meus livros”, diz a frase estampada em uma camiseta com a ilustração de Carlos Drummond de Andrade, sentado no tradicional banco de Copacabana. A brincadeira tem um fundo político de conscientização para evitar que a estátua continue sendo furtada.
Veja quais são as atividades para sábado programadas pela OFF Flip:
 
10h às 18h – Poeme-se no Mercado do Pescador (Praça da Bandeira)
 
10h às 22h – Objetos pessoais e publicações com as obras da ilustradora botânica Margareth Mee(Silo Cultural: Rua Dr. Samuel Costa, 12)
 
10h30 -? Conversa com Antonio Campos, curador da Fliporto, sobre o impacto do livro na Era Digital(Clube de Autores: Rua do Comércio, 149)
 
17h – Palestra com o artista Stephan Doitschinoff – (Atelier Lúcio Cruz: Rua Dona Geralda, s/n.)
 
19h – Mesa reúne escritores convidados que comentam textos lidos e falam sobre o processo de criação. (Camoka Botequim: Praça da Bandeira, s/n, próximo ao cais)
 
20h30 – Sarau aberto – (Clube de Autores: Rua do Comércio, s/n)
 
20h30 – Em uma boa roda de viola, Luís Perequê convida Amauri Falabella e Daniela Lasalvia, e mais uma vez contribui para mostrar o trabalho de artistas mais próximos da cultura regional.(Silo Cultural: Rua Dr. Samuel Costa, 12, em frente à Casa da Cultura)
 

22h – Picareta Cultural – edição especial de 5 anos. Poesia e música dão o ar da graça novamente. O sarau reúne o fino do fino: autores novos e consagrados, músicos e artistas de todas as partes.(Barril Pub: Rua Marechal Deodoro, 27)

 
 
ESPECIAL
 
Acompanhem a cobertura completa da Flip 2012: cobertura das mesas, programação paralela, fotos, entrevistas e muito mais.
Clique aqui e veja o que já foi publicado
 
Recomendamos para você

Os produtos Saraiva mais comentados