Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 31.01.2011 31.01.2011

Prêmio Casa das Américas 2011

O Prêmio Literário Casa dasAméricas 2011 anunciou os escritores premiados em sua 52ª edição, dedicada aocentenário do natalício do narrador peruano José María Arguedas.

Argentina se destacou na literatura de testemunho, contos e ensaio artístico-literário.  Na literatura de testemunho do escritor CarlosE. Bishoff ganhou o prêmio com um texto chamado O Passo, sobre a repressão da ditaduramilitar em seu país (1976-1983), o júri notáveis por sua capacidade de lidarcom a profundidade e frescor para a pista.  Outros três argentinos foram premiados no gênero de história: Virginia G. Gallardo (O Futuro), Patricia Smith (Fornecer com estranhos) e Mauricio Espinosa Norberto (Small Miracles).

Nelson de Oliveira (foto) ganhou o prêmio na categoria dedicada aliteratura brasileira  com  o livro Poeira: Demônios e maldições (LínguaGeral), um romance estrutura de diálogo efetivo que alterna entre o discursonarrativo e um sonho que usa passagens níveis compilação radicais dos jogos delinguagem.

O autor mexicano Gabriel Santander Bello ganhou o prêmio naficção de entrada, por seu livro A vingança das empregadas domésticas, quenarra as aventuras selvagens de duas mulheres e uma criança é incrivelmenteinstável variando entre a genialidade ea inadaptação.

Na história, o prêmio foi para o cubano Emerio Medina em seulivro A bota sobre o touro morto, prosa “”com precisão e eficácia em umaescala que vai desde o conteúdo temático de um drama horrível que nunca vaialém da estética de contenção e de precisão”” , segundo o júri.

Participaram mais de 300 originais nos gêneros de romance,conto, depoimento, ensaio artístico-literário e literatura brasileira, namodalidade de ficção.

Recomendamos para você