Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 31.05.2010 31.05.2010

PRÊMIO CAMÕES 2010

O poeta Ferreira Gullar foianunciado como vencedor do Prêmio Camões de 2010, homenagem anual criada emparceria por Brasil e Portugal no ano de 1989. O anúncio da premiação, no valorde 100 mil euros (cerca de R$ 222 mil), foi feito nesta segunda-feira, dia 31de maio, em Lisboa, Portugal, pela ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas.

O brasileiro sucede aocabo-verdiano Arménio Vieira, que venceu o prêmio Camões em 2009. Outrosescritores brasileiros já levaram o prêmio, entre eles Lygia Fagundes Telles(2005), Rubem Fonseca (2003), Autran Dourado (2000), António Cândido de Mello eSousa (1998), Jorge Amado (1995), Rachel de Queiroz (1993) e João Cabral deMelo Neto (1990).

O júri deste ano foi composto porHelena Buescu (professora da Universidade de Lisboa), José Carlos SeabraPereira (professor da Universidade de Coimbra), Inocência Mata (escritorasantomense), Luís Carlos Patraquim (escritor moçambicano), Antonio CarlosSecchin (escritor e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro) e Edlavan Steen (a escritora brasileira).

Ferreira Gullar já escreveupoesias, crônicas, ficção, memórias, biografias, ensaios e teatro, além de terse dedicado também às traduções.  Em2007, foi vencedor do Prêmio Jabuti na categoria “”ficção”” pelo livro Resmungos. É também ganhador, peloconjunto de sua obra, do Prêmio Machado de Assis, a maior honraria da AcademiaBrasileira de Letras.

Autor de  Poema Sujo, livro lançado em 1976, Gullar completa 80 anos emsetembro – ocasião em que será lançado seu novo livro de poemas, Em alguma parte alguma.

> Assista à entrevista exclusiva com Ferreira Gullar

                                

 

Recomendamos para você