Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Games 08.04.2013 08.04.2013

Pontuação máxima: os games mais premiados em 2013

Por Míriam de Souza
 
Já foram apresentados alguns dos maiores prêmios de videogames do ano de 2013. O último deles foi o Game Developers Choice Awards, no dia 28 de março. Ele é realizado anualmente durante a Game Developers Conference, evento que reúne desenvolvedores, estudiosos e fãs de jogos nos Estados Unidos.
 
No começo do mês passado, houve também o BAFTA Video Game Awards, premiação especial para games dentro dos British Academy of Film and Television Arts Awards – o Oscar britânico. O ano de 2013 é especial para os games e para a BAFTA por dois motivos: faz 15 anos que jogos eletrônicos começaram a fazer parte do BAFTA Interactive Awards, premiação criada em 1998 e dedicada a prestigiar o entretenimento multimídia; e faz 10 anos que a categoria dos games ficou tão importante que precisou ter sua própria premiação, o BAFTA Video Game Awards.
 
Outra premiação importante, realizada no fim de 2012, foi o Spike Video Game Awards. A cerimônia, que também completou 10 anos, é organizada pelo canal de televisão Spike e, na última edição, teve como mestre de cerimônias o ator Samuel L. Jackson. Outro prêmio importante foi o DICE Awards, em fevereiro, organizado pela AIAS (Academy of Interactive Arts & Sciences).
 
Reunimos alguns dos games lançados no ano passado que mais conseguiram prêmios até agora. Saiba mais sobre eles.
 
 
Até agora, o maior papa-prêmios do ano. No DICE Awards, o jogo independente levou a melhor em oito das 11 categorias a que foi indicado, inclusive a de jogo do ano. O Game Developers Choice Awards também elegeu a produção como a mais importante do ano. Journey levou para seus criadores, a empresa thatgamecompany, outros cinco troféus no último dia 28. Além disso, faturou cinco estatuetas no BAFTA Game Awards e três no Spike Video Game Awards.
 
Mesmo ganhando tanto mérito, o game é totalmente contra rivalidades, sem batalhas, competições ou acúmulo de pontos. Journey é curto: pode ser concluído em duas ou três horas. O jogador é convidado a fazer uma jornada através de um imenso deserto e uma montanha, contemplando o cenário e concluindo a história com a ajuda de outros players.
 
Journey
 
Foi eleito melhor jogo do ano no Spike Video Game Awards e campeão de outras quatro categorias. Baseado na história em quadrinhos de mesmo nome (e que inspirou a série de TV), o game de The Walking Dead tem como protagonista Lee Everett, um professor universitário. Ele tenta sobreviver em meio ao apocalipse zumbi, ao mesmo tempo em que protege a garotinha Clementine, perdida dos pais.
 
O forte do game é a história. Não é à toa que, na Game Developers Conference, The Walking Dead levou o prêmio de melhor roteiro. No BAFTA, a produção também venceu nessa categoria, além de levar o troféu de melhor game para portáteis e mobile. Foram quatro prêmios no DICE Awards, incluindo melhor história e melhor jogo de aventura.
 
O game The Walking Dead

BORDERLANDS 2

No Spike Video Game Awards, foram quatro prêmios: melhor jogo de tiro, melhor jogo multiplayer, melhor dublagem masculina e personagem do ano. Também venceu como melhor game de ação no DICE.
 
Foi considerado o melhor jogo de PC no Spike Awards. Levou o prêmio de melhor jogo de estratégia tanto no BAFTA quanto no DICE – neste último, também faturou na categoria “Melhor engenharia”.
 
Master Chief está de volta no game de tiro em primeira pessoa exclusivo do Xbox 360. No DICE, levou o prêmio de melhor conectividade e, no Spike, o de melhor jogo para o console da Microsoft.
 
Lançado no começo de 2012, o game conclui a trilogia que conta a história do Comandante Shepard. Ganhou os prêmios de melhor RPG tanto no DICE Awards quanto no Spike Awards.
 
Considerado o melhor jogo do ano pelo BAFTA, ganhou também o troféu de melhor game de ação e aventura no Spike Awards.
 
Mass Effect 3
 
 
Recomendamos para você