Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 18.03.2013 18.03.2013

Os novos perfis do homem moderno vistos nas séries de TV

Por Willians Glauber
 
David é ginecologista, costuma jogar basquete com os amigos do trabalho aos finais de semana e não gosta nem um pouco quando interrompem seu futebol americano pela TV. Já Schmidt, quando não está malhando para manter seu corpo em forma, está ocupado pensando no que vestir, afinal ele precisa estar sempre de acordo com as tendências da Moda. Enquanto David espera para jantar com o marido, Schmidt se arruma para um encontro com uma modelo.
 
Há anos os personagens das séries de televisão deixaram de ser construídos majoritariamente em torno de estereótipos já ultrapassados. Os homens, por exemplo, passaram a ser retratados sob novos e diferentes prismas. “As produções que tratam das características do homem moderno, seja em comédia ou drama, são um retrato da evolução da nossa sociedade. Numa observação das mudanças ao longo dos anos, isso é notável”, diz a jornalista Camila Barbieri, criadora do site Seriadores Anônimos.
 
Além de uma nova visão sobre os homens gays (que não precisam obrigatoriamente ter trejeitos femininos, apreço pela Moda ou sensibilidade à flor da pele), as séries também mostram uma nova leitura do que é ser um homem heterossexual no mundo moderno.
 
E algumas das séries de comédia decidiram que já era hora de mostrar esses novos representantes do sexo masculino. Para isso, colocaram no elenco fixo personagens que simbolizam os diferentes perfis do homem moderno, seja ele gay ou hétero.
 
O personagem Walden, vivido por Ashton Kutcher, é o perfeito exemplo do homem romântico, que faz de tudo para agradar à mulher com quem está se relacionando. Sem medo de falar o que sente, ele não esconde sua sensibilidade e, caso perceba que a coisa pode ficar mais séria, logo oferece a chave de sua casa para ela. Ele é do tipo que reclama pela manhã se a mulher sai de fininho e não tem vergonha nenhuma de chorar por ela.
 
Para Schmidt, seu corpo é um verdadeiro templo e suas habilidades na cozinha deixam qualquer mulher com inveja. Ele acredita que seu poder de conquista é imbatível, e não há garota que resista à sedução à la Schmidt. “O Schmidt é um metrossexual, um homem moderno que sabe que, diante do crescimento das mulheres, utilizar-se do perfil ‘machão’ não vai lhe trazer sucesso – justamente com as mulheres, veja a ironia”, argumenta Paulo Olmedo, que escreve reviews sobre New Girl para o site Focados em Séries.
 
HAPPY ENDINGS
Totalmente o oposto de Schmidt é Max, um cara acima do peso, sem muitos atrativos físicos e que não se importa nem um pouco com isso. Ele se contenta com um bom futebol na TV e um sanduíche gigante e bem gorduroso, acompanhado de uma cerveja gelada. A propósito, para ele essa é exatamente a descrição de um dia perfeito ao lado do homem ideal: um que não tenha frescuras ou metrossexualidades. Se existem estereótipos quando o assunto é homem gay, Max está nadando contra essa maré. Um de seus melhores amigos é Brad, que apesar de suas risadas espalhafatosas, momentos afeminadamente estridentes e comentários mais do que gays, não perde a chance de se gabar pela esposa linda e loura que tem.
 
Cameron é um daqueles personagens que, ao abrir a boca, já cativa quem o assiste. “Ele possui um forte apreço por esportes e habilidades adquiridas no trabalho braçal da fazenda onde cresceu. O Cameron também é bom de briga, quando necessário. Acho que esses três pontos seriam mais típicos para um heterossexual, seguindo os padrões que estamos acostumados a ver na TV”, diz Camila, que também escreve reviews sobre Modern Family para o site Série Maníacos.
 
Cameron de Modern Family
THE NEW NORMAL
David é o lado racional do casal. Sua seriedade, cavalheirismo e masculinidade trazem o equilíbrio perfeito para o relacionamento entre ele e Bryan. “David é um personagem homossexual com personalidade e aparência iguais às de qualquer outro personagem hétero, [uma imagem] totalmente oposta à imagem estereotipada criada pela sociedade de como é um homem gay. Ele é apenas um médico que gosta de esportes e tem o sonho de ter um filho menino para jogar com ele”, explica Aline Damião, que escreve sobre The New Normal para o site Manicômio Séries. Ao assistir a essa série, o telespectador consegue enxergar os homens gays e héteros com a mente aberta, em suas diferentes manifestações de personalidade e comportamento.
 
Olmedo e Camila concordam quanto ao papel social que esses seriados desempenham. “As comédias são um bom veículo para tratar de temas que podem ser considerados polêmicos por uma parte do público”, diz Camila. “É uma necessidade atual. Hoje em dia, o diálogo está mais aberto em relação a novas formas de manifestação da masculinidade. Os roteiristas percebem o mundo à sua volta e fazem seus personagens dialogarem com esse mundo”, comenta Olmedo.
 
PARA VOCÊ CONHECÊ-LOS MELHOR
Two and a Half Men – Warner Channel
1ª à 9ª temporada em DVD
 
New Girl – Fox
1ª temporada em DVD
 
Modern Family – Fox
1ª à 3ª temporada em DVD
 
The New Normal – Fox
 

Happy Endings – Canal Sony

 
Recomendamos para você