Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 30.12.2010 30.12.2010

Os melhores filmes de 2010

2010 foi o ano deTropa de eite 2. O filme de José Padilha, com atuação arrasadora de WagnerMoura, não apenas se tornou o filme nacional mais rentável ao bater Dona Flor e seus dois maridos,como terminou o ano quebrando outro recorde: No último fim de semana, o filmealcançou uma renda de R$ 102,6 milhões, passando a bilheteria de um blockbusterda pesada, Avatar, quefaturou R$ 102,3 milhões. Veja abaixo outros destaques no cinema em 2010:

A rede social – O filmede David Fincher, que usa a história da criação do site de relacionamentofacebook para falar de amizades e traições, já é um dos favoritos ao Oscar2011, concorrendo em categorias “”top”” como melhor ator (JesseEisenberg), diretor e filme, é claro.

A origem – Dirigido porChristopher Nolan, o longa estrelado por Leonardo Di Caprio deu um nó nascabeças dos espectadores, que passaram boa parte do ano tentando desvendar osmistérios do enredo, que fala de sonhos e espionagem corporativa, num roteiropara lá de bem complexo. Também chega ao fim do ano com grandes chances debrilhar no Oscar.

O escritor fantasma – Concluído já com seudiretor, o franco-polonês Roman Polanski, preso, o filme marcou as pazes docineasta com a crítica. Desde 2002, com O pianista, Polanski não fazia um filmetão interessante e com atuações tão marcantes. 

Toy story 3 – Com umatrama tocante, que mostra o desespero dos brinquedos de Andy quando ele seprepara para entrar na universidade, a animação também fez rir muito, emespecial com a cena de Barbie visitando o closet de seu “namorado”, Ken.

Exit through the gift shop –O sensacional documentário produzido e dirigido pelo badalado street artistbritânico Banksy usa como pretexto a história do francês Thierry Guetta,um pretendente a documentarista e também artista de rua, para fazer um panoramacrítico da arte de rua contemporânea. 

Amores imaginários -Segundo longa do canadense Xavier Dolan, de apenas 21 anos, tem sensibilidade ebom humor de sobra, sem falar de aspectos mais “”técnicos””, comoexcelente direção de atores. Prova do talento prodígio do rapaz, que tambémprotagoniza e assina o roteiro.

A fita branca – Impactante, comotoda obra do diretor Michael Haneke, o filme que teoriza sobre as origens domal da Segunda Guerra num povoado da Alemanha, no começo do século 20, já haviavencido o Festival de Cannes 2009 e foi indicado ao Oscar de melhor roteiroestrangeiro em 2010.

O profeta – A história do jovemárabe mandado para a prisão na França e de sua transformação em um chefe docrime rendeu indicação ao Oscar de melhor filme estrangeiro, sem falar devários prêmios para a atuação extraordinária de Tahar Rahim. 

O segredo dos seus olhos – Dirigido por Juan José Campanella, o longaargentino teve mais uma fantástica atuação de Ricardo Darín e mostrou com oshermanos conseguem abordar temas políticos de modo sutil, sem perder de vista asubjetividade de seus personagens.

Recomendamos para você