Bel Sanmax por Bel Sanmax Filmes e séries 13.08.2019 13.08.2019

Quem são Os Marotos, o grupo formado por Sirius Black, Tiago Potter e Remo Lupin

Antes de Harry, Ron e Hermione havia o grupo dos Marotos a viver aventuras nos aposentos da Grifinória – e fora deles!

Os três amigos Remo Lupin, Sirius Black e Tiago Potter (e Pedro Pettigrew, antes de trair a todos), foram apresentados ao mundo com maior destaque no livro (e filme) Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

Conheça o Beco Diagonal, nosso espaço para fãs de Harry Potter na Saraiva!

Os “Marotos” foi a tradução dada para o nome do grupo em português, mas na língua original das obras, inglês, o nome do grupo é The Marauders, o que significa “os saqueadores, os surrupiadores” em tradução literal.

Em 2019 foi revelado que uma série sobre eles está em produção, e será uma atração parte da nova plataforma de streaming do estúdio que detém os direitos da franquia, a Warner Brothers.

Harry Potter - As Artes Das Trevas

Harry Potter - As Artes Das Trevas (Cód: 9736721)

R$ 114,90 R$95,90 em até 3x de R$ 31,97 sem juros Quero este produto

Os rock stars da Grifinória

J.K. Rowling, a autora e criadora do mundo Harry Potter, depois do sucesso dos livros e dos filmes, posteriormente divulgou mais detalhes sobre o grupo que tanto fascinou e inspirou Harry & Cia.

MAIS: A LINHA DO TEMPO ATUAL DO UNIVERSO HARRY POTTER

Em 2008 ela publicou um conto para levantar fundos a um evento beneficente, ao qual narra uma aventura de Tiago e Sirius, três anos antes do nascimento de Harry, contada sob a perspectiva de um policial trouxa que os detém para interrogá-los.

O blog da Saraiva mergulhou no Universo Mágico de Harry Potter para preparar um verdadeiro dossiê sobre Os Marotos. 

Origens

Lupin, Tiago e Sirius. Imagem: Pottermore

O quarteto, todos parte da casa da Grifinória, se conheceu nos corredores de Hogwarts, e “fundaram” o grupo em 1971.

A proximidade entre eles se desenvolveu pois os quatro tinham a capacidade em se transformarem em animais (animagus, o termo bruxo para quem detinha a capacidade de transfiguração), e eram, por si só, considerados quase como “párias” na sociedade bruxa.

“Os quatro eram vistos (pelo menos por eles mesmos) como as estrelas de rock de Hogwarts. James era um herói de Quadribol e, caso alguém esquecesse desse detalhe, ele frequentemente bagunçava seu cabelo para adicionar efeito varrido pelo vento e jogava no ar um pomo de ouro. Sirius era um rebelde de boa aparência, que orgulhosamente desafiava as afiliações da família à Sonserina, adornando as paredes de seu quarto com as cores da Grifinória, junto com fotos de motos e garotas trouxas. Remo era dono de um raciocínio rápido, e era o cérebro da equipe que tentava (e frequentemente falhava) manter o resto do grupo sob controle. Quanto a Pedro, bem … ele também estava lá. Seu hábito de se apegar a personalidades fortes desempenharia um papel importante em eventos posteriores”

O legado deles vai muito além da criação do Mapa do Maroto. O artefato mágico, conjurado pelos quatro, revela a localização de qualquer ser vivo nos domínios de Hogwarts, além de todas as passagens secretas, aposentos e caminhos disponíveis.

Anos depois de o grupo se dissolver, a trajetória do grupo, individualmente e coletivamente, tornou-se completamente atrelada à guerra bruxa contra a ameaça de Voldemort e os Comensais da Morte, na forma da sociedade da Ordem da Fênix.

Drama & História

Os melhores amigos tornaram-se pregadores de peças notórios, e para a decepção de Harry (quando viu a versão de Snape na Penseira), agiam como bullies de vez em quando.

Severo Snape era a maior vítima do quarteto. Lilian, a mãe de Harry, antes de se apaixonar por Tiago, era sua mais ferrenha adversária, justamente pelo tratamento que ele dava a Snape – melhor amigo dela. 

Sirius, que nasceu em uma família esnobe, preconceituosa, associada aos Comensais da Morte (ele foi o primeiro Black a não ser selecionado para a Sonserina pelo Chapéu Seletor), sofreu o descaso dos pais e foi deserdado por discordar deles. Seu melhor amigo, Tiago, o acolheu em sua casa. Foi uma breve fase de liberdade para Sirius, que passou o resto da vida escondido ou preso, sem poder entrar em contato com o afilhado, Harry. 

Já a amizade de Remus e Sirius é marcada por mal entendidos e consequências de atos impensados. Lupin, um licantropo, ou seja, um lobisomem, em que se transformava uma vez por mês na lua cheia, foi “induzido” por Sirius para atacar Severo, nos anos finais de Hogwarts. 

Harry Potter Boxed Set - 7 Vols

Harry Potter Boxed Set - 7 Vols (Cód: 2613636)

R$ 408,19 R$299,10 em até 9x de R$ 33,23 sem juros Quero este produto

Eles faziam parte da Ordem da Fênix já como adultos, e a morte de Lilian (que era o quarto membro de fato de Os Marotos, e não Pedro) e Tiago (ambos com 21 anos) selou o destino de todos eles.

Sem saberem que foi Pedro que os traiu (e escapou da suspeita ao forjar sua morte ao viver como o rato de estimação de Ron por muitos anos) ao revelar o endereço dos Potter a Voldemort, Sirius, que foi acusado do crime e preso durante doze anos, culpou Lupin como sendo o responsável.

Lupin tornou-se uma pessoa ainda mais soturna e fechada (ele escondia de todos sua condição), ao “perder” seus melhores amigos. Fato é que a amizade dos quatro definiu seus destinos desde a época de Hogwarts. 

Reconciliados graças à verdade ter sido exposta, Lupin e Sirius, tragicamente, não puderam se manter reunidos por muito tempo.

Sirius morreu em 1996, no quinto ano de Harry em Hogwarts, e Lupin em 1998, na batalha de Hogwarts. Pedro, que foi salvo por Harry de ser executado em uma batalha contra a Ordem, anos depois, se recusou a machucar o menino sob as ordens de Voldemort, e foi morto por ele.

Um pouco mais sobre o perfil de Os Marotos:

TIAGO JAMES POTTER

Nascimento: 27/ 03/ 1960

Animago: Cervo (Pontas)

Pais: Fleamont e Euphemia Potter, falecidos entre 1978 e 1979 devido à varíola de dragão.

Família: bruxos puro sangue, descendentes da linhagem dos irmãos Peverell, os portadores das Relíquias da Morte. Tiago ascende da família de Ignoto, o dono do Manto da Invisibilidade, e o único dos três a fazer as pazes com a entidade “Morte”, quem, de acordo com a “Lenda dos Três Irmãos”, obtiveram os itens mágicos.

A neta de Ignoto, Iolanthe Peverell, herdou o Manto, que permaneceu na família até a geração atual, de Harry. Já fortuna dos Potter veio de outro antepassado: Linfred de Stinchcombe, um bruxo do século 12, que se especializou em fazer poções e curas tanto para o reino mágico quanto para trouxas, a quem considerava amigos.

Tiago não precisou se preocupar com dinheiro durante sua breve vida. Esta é a fortuna que Harry herda, a qual tem acesso no banco dos Gringotes. 

SIRIUS BLACK

Nascimento: 03/11/1959

Pais: Orion Black e Walburga Black

Família: a linhagem dos Black era uma das mais antigas do mundo bruxo, e família fazia parte do seleto grupo das 18 dinastias consideradas como “sangue-puro”. Sirius sempre foi o rebelde de sua família, principalmente por ser parte da Grifinória, e não da Sonserina. Ele não se dava bem com os pais, e sua mãe passava os dias gritando e berrando com ele. Quando Sirius estava no último ano da escola, fugiu de casa e foi viver com a família do amigo Tiago.

Os Lugares Mágicos Dos Filmes De Harry Potter - Encadernado

Os Lugares Mágicos Dos Filmes De Harry Potter - Encadernado (Cód: 8899820)

R$ 199,90 R$164,90 em até 5x de R$ 32,98 sem juros Quero este produto

REMO JOÃO LUPIN

Nascimento: 10/03/1960

Pais: Lyall Lupin e Hope Howel (ela era trouxa, ele bruxo).

Família: a vida de Remo mudou quando ele foi mordido por um lobisomem, Fenrir Greyback, quando era criança. Seus pais fizeram de tudo para manter a condição do filho em segredo, e por isso (ele se transformava a cada lua cheia, e conforme ia crescendo tornava-se mais forte), passou a infância antes de Hogwarts sem amigos, e mudando-se constantemente de cidade.  

O pai de Remo era especialista, renomado na comunidade bruxa, em aparições fantasmagóricas de não humanos. Foi assim que ele conheceu a esposa, em uma expedição na cidade de Cardiff, no país de Gales. Lyall foi trabalhar no Departamento de Regulação e Controle de Criaturas Mágicas do Ministério de Magia. Lá, ele foi um dos oficiais a investigar Fenrir Greyback, que enganou os outros oficiais sobre quanto a ser um lobisomem, que devem ser “fichados”. Lyall acreditava que ele estava mentindo, e acabou por dizer que os lobisomens são “maus, desalmados e merecedores de nada além da morte ”.

Quando Greyback escapou, planejou com comparsas de se vingar de Lyall por suas palavras, e atacou Remo em sua cama, quando ele tinha quase cinco anos. Lyall conseguiu salvar a vida do filho, mas nunca se perdoou pelas palavras que disse no Ministério, e se responsabilizava pelo que aconteceu. Lyall demorou para contar a Remo a verdade sobre o ataque, temendo a sua reação. Ele passou anos tentando achar uma cura para o filho, que permaneceu sendo um menino doce e inteligente, à parte da época da lua cheia. Foi Dumbledore quem convenceu Lyall e Hope de deixarem Remo ir a Hogwarts: ele sabia do ocorrido por ter espiões entre as criaturas das trevas, e criou um plano para que Remo pudesse se transformar todos os meses em uma casa na vila de Hogsmead, longe de olhares curiosos.

Recomendamos para você