Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 30.11.-0001 30.11.-0001

O que esperar na volta da 5ª temporada de ‘The Walking Dead’?

Por Andréia Martins
ATENÇÃO PARA SPOILERS
Uma morte mal digerida, uma cidade no meio do caminho, um hospital onde a busca pelo poder elimina qualquer possibilidade de sobrevivência. Um padre culpado, uma igreja que parecia o lugar mais seguro do mundo – só que não –, desencontros, um cientista fajuto e novos conflitos pessoais.
Dá para dizer que a primeira parte da 5ª temporada da série The Walking Dead foi de tirar o fôlego e deixou muitas perguntas no ar. Os novos episódios retornam dia 8 de fevereiro nos EUA e dia 9 no Brasil, onde a série é exibida pela Fox.
Pelo que os teasers revelaram, parece que Rick (Andrew Lincoln), Daryl (Norman Reedus), Michonne (Danai Gurira), Carol (Melissa McBride) e os outros vão chegar a um novo lugar. Agora, se vai ser o lugar ideal, a tão sonhada Zona Alexandria, teremos que aguardar para ver. 
Na contagem regressiva para a volta da série, o SaraivaConteúdo conversou com alguns fãs do The Walking Dead Brasil para falar sobre o que mais surpreendeu e o que podemos esperar nos próximos episódios. Você está preparado?
O PERSONAGEM DA TEMPORADA
A 5ª temporada tirou nosso grande herói Rick do centro das ações. Há quem diga que foi uma temporada mais democrática, na qual os dramas internos de muitos personagens foram mais explorados. Nesse contexto, Carol, personagem interpretada pela atriz Melissa McBride, foi a que mais evoluiu na opinião dos fãs.
“Principalmente pelo fato de ela ser uma mulher totalmente submissa ao marido na 1ª temporada, perder sua filha de forma trágica na 2ª temporada e ser expulsa da sua única família, o grupo instalado na prisão, na 4ª temporada”, comenta Fernando Floriano.
Para Lorraine Suhr, a mudança de Carol chama atenção porque mostrou outro lado dela. “Conhecemos uma dona de casa que apanhava do marido, e agora vemos a mulher badass que literalmente salvou a pele o grupo inteiro em Terminus”.
“Ela é o tipo de pessoa que faz o que considera o melhor para o grupo, mesmo que tenha que fazer o trabalho sujo. Quem diria lá no começo que um dia ela teria coragem, inclusive, de atirar em uma criança para o bem de todos?”, diz Bruna Evelyn Ribeiro, que não deixa de reforçar, também, uma considerável mudança no comportamento de Rick.
 
A personagem Carol, uma das que mais cresceram nesta 5a temporada
“Quem olha o Rick do passado, que dizia ao grupo para não matar humanos, ou até mesmo assustado com zumbi (como no primeiro episódio), jamais imagina o Rick de agora, que já matou simplesmente por ser contrariado e até mesmo mordeu o pescoço de um homem. Acredito que esses dois ainda vão continuar nos surpreendendo muito ao longo da série”, afirma a fã.
UM NOVO LUGAR À VISTA?
Ao que tudo indica – ou melhor, ao que os vídeos promocionais indicam –, Rick e o grupo devem deixar a cidade e o hospital para seguir em busca de um lugar seguro. O local que eles buscam é a Zona Alexandria, uma área perto de Washington D.C. onde as pessoas vivem como tudo era antes da invasão dos zumbis.
“Creio que, nesta etapa da série, espelhando-se cronologicamente na HQ, o grupo está próximo de chegar a Alexandria. Para quem acompanha os quadrinhos, nesse local provavelmente acontecerão eventos conflitantes envolvendo Rick. O segundo no comando, naturalmente, é Daryl (Norman Reedus). O personagem tem o respeito de todos no grupo, creio que ele será peça importante para mantê-los unidos”, argumenta Fernando.
Nessa nova etapa em um lugar desconhecido, para manter o grupo unido, os fãs também apostam no bom humor de Tara (Alanna Masterson) para acalmar os ânimos, no lado humano de Tyreese (Chad Coleman) para não agir sempre pela razão e em Michone, cada vez mais consistente e capaz de manter a frieza em momentos complicados.
TV X HQ
Bem, a série é inspirada em uma HQ, mas isso não quer dizer que a história esteja sendo contada de modo fiel aos quadrinhos. Na 5ª temporada, por exemplo, os eventos envolvendo Gareth e os canibais existem na HQ, porém alguns detalhes foram alterados. Já o arco do Grady Memorial Hospital não existe na publicação.
“De forma geral, a HQ vem sendo seguida, mas existem coisas que funcionam nos quadrinhos e que não funcionariam na TV, então mudanças nesse sentido são normais”, diz Fernando.
 
O personagem Negan na HQ: o vilão ainda é esperado na série de TV
Essa surpresa é bem-vinda para fãs, segundo Bruna. “Sinto que desde que o Scott M. Gimple assumiu a série como showrunner, ela tem se aproximado bastante da HQ, mas ao mesmo tempo contém elementos surpresa. Pra quem lê os quadrinhos, todas essas informações se complementam e creio que ajudam a entender certos acontecimentos”.
QUEM SERÁ O NOVO VILÃO?
Até agora, a 5ª temporada está sendo mais sobre o grupo lutando pela sobrevivência, sem um grande inimigo – a não ser Beth (Emily Kinney), que teve uma estadia nada receptiva no Grady Memorial Hospital. Os fãs se dividem quando o tema é: quem será o novo vilão?
Bruna espera o surgimento de um novo antagonista. “Embora eu aguarde ansiosamente a aparição do Negan na série, creio que, se ele realmente aparecer, será mais para frente”.
Já Fernando comenta que não espera nenhum vilão novo, pelo menos nesta 5ª temporada. “Mas, se aparecer um novo antagonista, acredito que será um personagem inédito. Personagens esperadíssimos como Negan (um vilão importante na HQ, líder do grupo Survivors) podem ser impublicáveis na série de TV, muito por suas características próprias, então algo novo deverá ser inserido na produção”.
Lorraine não aposta em novos personagens. Para ela, o próximo inimigo pode ser o estado de espírito do grupo após os recentes acontecimentos. “A perda da Beth certamente mexeu muito com o emocional do grupo. Acredito que o próximo ‘vilão’ será a grande quantidade de conflitos internos. Muitos personagens fortes estão juntos, e a maioria carregando perdas e decepções. Sendo assim, uma só fagulha pode acabar causando um incêndio”.
AS DÚVIDAS QUE FICARAM NO AR…
“Fico pensando o que vai ser daquele pessoal do hospital. Eles perderam sua líder e não quiseram se unir ao grupo do Rick, provavelmente por medo, tanto do grupo, por terem sido reféns, como também do mundo lá fora. Será que um novo líder será eleito? E mesmo que seja, me pergunto quanto tempo mais eles conseguirão viver naquele lugar, pois já tivemos algumas provas de que permanecer por muito tempo em um local fixo pode dar muito errado, mais cedo ou mais tarde…”, comenta Bruna.
 
O personagem Morgan Jones, na trilha de Rick e do grupo, retorna a The Walking Dead
Para Fernando, a única dúvida que fica para esses próximos episódios é como os personagens, especialmente Maggie (Lauren Cohan), Daryl e Noah (Tyler James William, o eterno “Chris” da série Todo Mundo Odeia o Chris), vão reagir à morte da Beth.
E também fica a expectativa pela participação de Morgan (Lennie James) e qual vai ser seu grau de importância de agora em diante.
“O último episódio terminou com mais uma cena ‘surpresa’, na qual o Morgan rastreava o grupo. Sabemos que o personagem tem muitas habilidades. Ele sobreviveu em Atlanta, se isolou numa minifortaleza e agora está sozinho na floresta. Todas as suas aparições foram em momentos-chave, então acredito que o encontro com o Rick terá bastante importância no fim da temporada”, supõe Lorraine.
 
 
Recomendamos para você

Os produtos Saraiva mais comentados