Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 14.11.2012 14.11.2012

O fim cinematográfico da ‘Saga Crepúsculo’

Por Priscila Roque
 
Quatro livros divididos em cinco filmes, um exibido a cada ano no mundo todo. Como protagonistas, jovens atores nunca antes vistos em papéis de grande prestígio. 
 
Em 2008, quando o primeiro longa da Saga Crepúsculo foi lançado, Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner logo ganharam as capas de revistas dos mais variados assuntos. Nos anos seguintes, essa vitrine os projetou para o estrelato individual em outros tantos filmes que levaram seus rostos no cartaz, como Kristen em Branca de Neve e o Caçador, Robert em Água para Elefantes e Taylor em Sem Saída
 
Nesta semana, a segunda parte de Amanhecer, o trecho final da história de Stephenie Meyer, estreia nas salas de cinema. Engana-se quem pensa que milhares de adolescentes vão lotar as sessões. O romance vampírico mais falado dos últimos tempos também tem muitos adeptos que já passaram dos 20 anos. 
 
Um exemplo famoso é o da escritora responsável pela trilogia 50 Tons de Cinza, E. L. James. Ela, que se aproxima dos 50, escreveu uma história baseada nos personagens de Crepúsculo, Bella e Edward, originalmente chamada de Master of the Universe. Trata-se de uma fanfic, ou seja, uma ficção escrita por uma fã. Porém, quando teve os direitos de sua trama comprados por uma editora, precisou modificar os nomes dos personagens e alguns outros detalhes para a publicação.
 
Assim como E. L. James, outros apaixonados já deram novos rumos para a saga. Em fevereiro do próximo ano, mais uma fanfic deve ser publicada. Trata-se de The Office, das fãs Christina Hobbs e Lauren Billings, comprada pela editora Gallery Books. Na ocasião, deverão ser lançadas as versões eletrônica e de bolso, em dois volumes, sob os títulos Beautiful Bastard e Beautiful Stranger.
 
Perto do tão temido – porém, muito aguardado – fim, o SaraivaConteúdo conversou com admiradores dos livros e dos filmes para entender quais são as expectativas que rodeiam esse último suspiro, a partir do momento em que Bella é tomada pelos olhos vermelhos e se torna uma vampira.
 
FORA DO LIVRO, MAS PRESENTE NO FILME
 
“Li que o final vai ser um pouco diferente do livro, e isso me deixou bem animada. No livro, não existe uma luta dos Cullen, dos vampiros aliados e dos lobos contra os Volturi. É feito um acordo e tudo se resolve. No filme, vai ter essa ‘batalha’. Achei a mudança muito positiva. Aumenta a expectativa”, comenta a jornalista Jaqueline Santana, 25 anos, de São Paulo. “Eu não mudaria em nada o final. Quando terminei de ler o último livro, achei que tudo correspondeu ao que eu esperava. A minha expectativa era, justamente, um final feliz. A Stephenie fez isso muito bem”, conclui.
 
A tal batalha também é uma das maiores expectativas da artesã Bianca Santana, 30 anos, do Rio de Janeiro: “Estou curiosa pra ver como vai ser o final, pois tem toda aquela tensão dos vampiros e lobos enfrentando os Volturi. No livro não tem muita ação e, no filme, pelo que mostra no trailer, parece que vai ter uma briga, uma batalha. Eu estou doida pra ver isso! Além de, é claro, ver Bella e Edward namorando sem medo de serem felizes”. 
 
O POLÊMICO IMPRINTING
 
A analista de atendimento em turismo Ana Carolina de Jesus Oliveira, 25 anos, de Itapevi, adora fanfics, principalmente aquelas que envolvem os protagonistas da saga. “Edward e Bella são inesgotáveis”, diz. Assim, se pudesse, mudaria algumas coisas da parte final. “Eu tiraria a parte do imprinting do Jacob com a Renesmee. Acho tão esquisito e desnecessário. Creio que seria mais legal se ele ficasse com a Leah, por exemplo. O Edward, a Bella e a Renesmee poderiam ir para outro lugar só deles por uns tempos, longe dos Cullen, e se desgarrar um pouco. Seria tão interessante também se o Edward pudesse dividir com a Bella todas as coisas que ele sente e que só vimos em Midnight Sun (obra de Stephenie Meyer que vazou na Internet e mostra o primeiro livro pela visão de Edward). A Bella não lê pensamentos, mas seria legal, de alguma forma, se ela pudesse saber tudo o que ele sentiu por ela durante esse tempo. Em diversos momentos ela se subestimava. Quem leu esses capítulos soltos de Midnight sabe a intensidade desse amor dele”, explica.
 
                                                                                                      Crédito/ Divulgação
No último filme, há o desenvolvimento do imprinting de Jacob por Renesmee
 
A vendedora Juliana Dantas, 35 anos, de São Paulo, que escreveu diversas fanfics baseadas em Crepúsculo, concorda com Ana Carolina: “Não curto muito o imprinting. Estou curiosa pra ver como vão colocar isso no filme sem parecer pedofilia. Acho que tiraria isso da saga. É meio bizarro”, analisa. “Espero que essa última parte seja fiel ao livro e que todas as frases importantes estejam lá. Sempre há partes legais que são cortadas. Espero que não aconteça isso com nenhum momento importante da Bella e do Edward”, justifica.
 
Na primeira parte de Amanhecer, o imprinting de Jacob acontece em uma das últimas cenas. Ao olhar o bebê de Bella e Edward no colo de Rose, ele rapidamente se apaixona e passa a defendê-la – o imprinting é a lei absoluta dos lobos. Isso significa que, com o fenômeno, ele se liga a Renesmee de maneira incondicional, fazendo de tudo para agradá-la. Agora, na parte final, Jacob desenvolverá esse amor pela criança até o seu crescimento. 
 
COMO ESTARÁ RENESMEE?
 
                                                                                                       Crédito/ Divulgação
Mackenzie Foy foi a atriz escolhida para interpretar Renesmee
 
 
Renesmee, a pequena filha do casal vampiro, traz algumas dúvidas. “Quero muito ver o crescimento dela. Na verdade, eu ainda acho que escolheram uma atriz muito grande pra interpretar a personagem, vamos ver”, diz Bianca Santana. “Quero ver a cena em que a Bella encontra a Renesmee pela primeira vez. No livro, esse momento é cheio de ansiedade e bem emocionante. Espero que no filme também seja”, completa Jaqueline Santana.
 
A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2 estreia dia 15 de novembro nas salas de cinema do mundo todo. 
 
Assista ao trailer do filme:
 

 
 
Recomendamos para você