Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 21.10.2010 21.10.2010

Novo filme de Manoel de Oliveira abre hoje a 34ª Mostra de SP

A 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo começa hoje, com exibição fechada para convidados do filme O estranho caso de Angélica (foto), sem a aguardada presença de seu diretor, o português Manoel de Oliveira. Aos 101, o cineasta não foi liberado pelos médicos para viajar, mas promete vir ainda durante a mostra ao Brasil.

A seleção traz 471 títulos, que serão exibidos ao longo de 14 dias em 23 salas. A exemplo do Festival do Rio, o grande destaque fica por conta dos filmes premiados recentemente em festivais, caso do tailandês Tio Boonmee, que pode recordar suas vidas passadas, vencedor da Palma de Ouro em Cannes. E Um lugar qualquer, de Sofia Coppola, premiado com o Leão de Ouro em Veneza.

A programação tem ainda uma quase “prata da casa” da mostra: Abbas Kiarostami, com Cópia fiel, Amos Gitai, com Roses a credit, Thomas Vinterberg, com Submarino, e Takeshi Kitano, com The outrage, entre outros. Com um apelo mais “pop”, a mostra exibirá ainda o novo de Woodly Allen (Você vai conhecer o homem dos seus sonhos) e Um plano complicado, de Jean-Pierre Jeunet.

A Alemanha tem marca presença com a vinda a São Paulo de Wim Wenders, que abriu uma exposição de fotos no MASP e apresenta a versão de quatro horas e meia de Até o fim do mundo (1991) e Hanna Schygulla. E no domingo, às 20h, será exibido no gramado do Auditório Ibirapuera o filme Metrópolis, de Fritz Lang, com acompanhamento da Orquestra Jazz Sinfônica. É grátis!

> Confira os trailers de alguns dos filmes da 34ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 

 

Recomendamos para você