Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 30.05.2012 30.05.2012

Michael Fassbender coloca o corpo novamente à prova ao viver androide em ‘Prometheus’

Por Andréia Silva

Poucos podem ter percebido que, nos últimos meses, um alemão literalmente invadiu os cinemas brasileiros.

 
Ele esteve em cartaz com três filmes ao mesmo tempo, em Um Método Perigoso, na pele de Carl Jung, A Toda Prova e Shame, e em breve chega às telas como um androide em Prometheus. Ainda não descobriu o denominador comum de todas essas produções?
Ele responde pelo nome de Michael Fassbender, um dos atores mais requisitados do momento, reconhecido pelos diferentes tipos que consegue levar ao cinema – o que faz com que o público muitas vezes não o reconheça em cena.
“É isso o que faz do Fassbender um ator extraordinário. Ele perde a si mesmo nos personagens. Quebra todo grande e pequeno paradigma do seu corpo a cada papel; não é apenas um novo personagem a cada projeto, é um novo ator, e é isso o que impressiona. Não reconheço o Jung de Um Método Perigoso no personagem de Shame, e nenhum destes dois no personagem de Hunger”, diz o crítico de cinema Rômulo Cyríaco, também cineasta e escritor.
Nascido em Heidelberg, na Alemanha, filho de um alemão e de uma irlandesa, Fassbender hoje vive em Londres. Começou a chamar atenção após sua participação na minissérie Band of Brothers, em 2001, de Steven Spielberg.
 
Depois de muitos papéis pequenos na TV, em séries e filmes, em 2006 ele passou a não ser mais um grande desconhecido na Europa ao rodar 300 – onde viveu o personagem Stelius e contracenou com Gerard Butler e Rodrigo Santoro – e, no ano seguinte, o longa Angel
 
O grande salto veio com Hunger, ainda em 2007, estreia de Fassbender na direção de McQueen.
Nessa produção, o ator já colocou sua integridade física à prova, o que seria recorrente em seus personagens seguintes.
 
Para o papel do irlandês Bobby Sands, líder da greve de fome dos prisioneiros do IRA, em 1991, ele emagreceu 16 quilos, uma necessidade para mostrar o corpo como arma política.
Michael Fassbender no filme Shame
 
Só em 2011, ele rodou seis filmes e passou a ser apontado como o “próximo Marlon Brandon” e o “próximo Daniel Day-Lewis”. Foi cogitado até par viver James Bond, papel que ainda pertence a Daniel Craig.
 
O ator em Bastardos Inglórios
Filmou com nomes como Quentin Tarantino (em Bastardos Inglórios), David Cronenberg (Um Método Perigoso), Steve McQueen (Shame, Hunger) – a quem chama de “herói”.
 
Agora, Ridley Scott, em Prometheus, sua única produção de 2012, com estreia marcada para 15 de junho no Brasil (pré-estreia uma semana antes, no dia 8), no qual Fassbender viverá o androide David.
 
Mais uma vez, ele terá que ‘jogar’ com o físico.
“Ele está aí pela profissão, é um ator nato, destes que vive intensamente o seu trabalho e o que ele possibilita para a expansão e o conhecimento dos limites do seu próprio corpo, cada oportunidade de viver uma nova realidade anteriormente inexplorada. São aventuras mesmo, e ele está disposto a correr o risco”, completa Cyríaco.
Em Shame, onde vive Brandon Sullivan, um solitário viciado em sexo, ele ultrapassa todos os limites corporais. O filme rendeu a Fassbender o prêmio de melhor ator no Festival de Cinema de Veneza no ano passado – e um aplauso de sete minutos.
 
O prêmio aumentou as expectativas para uma indicação ao Oscar, que não veio. Mas o reconhecimento compensou os esforços físicos para o papel.

“Em Shame, especificamente, ele é uma excelente escolha pela forma como coloca o seu corpo em cena. Há uma modulação corporal extraordinária acontecendo ali: ele consegue expressar apenas com o seu corpo, em diferentes momentos do filme e de forma complexa, a situação profunda do personagem: suas dinâmicas, seus paradoxos. Um corpo ao mesmo tempo expressivo e inexpressivo: por um lado agressivo, por outro automatizado”, comenta Cyríaco.

Para não perder o ritmo, Fassbender já está rodando duas novas produções, ambas tendo o ator Brad Pitt como colega de elenco: Twelve Years a Slave, mais uma vez com McQueen na direção, e The Counselor, novo filme do ator com Ridley Scott. Ambos têm estreia prevista para 2013.
 
Assista ao viral sobre o personagem de Fassbender em Prometheus:
 
 
 
Recomendamos para você