Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 16.10.2010 16.10.2010

Machete é prato cheio para fãs de Robert Rodriguez

Para quem gosta da estética sujinha, com cara de anos 80, deRobert Rodriguez, Machete é um prato cheio. Estão aí marcas registradas dodiretor: violência para lá de explícita, muito sangue, beldades em poucasroupas ou nenhuma, atuações um tanto “canastronas” etc. Para quem não é tão fã,a repetição à exaustão desses elementos soa menos como “cinema autoral” do que “fórmulafácil”.

O filme acompanha as aventuras e desventuras de umanti-herói, o Machete (Danny Trejo) do título, ex-policial mexicano, que vai para o Texas,nos Estados Unidos, depois de perder de um enfrentamento com um chefe do tráfico,Torrez (Steven Seagal). Sem emprego, o ex-tira é contratado por um empresáriopara assassinar um senador (Robert De Niro), inimigo número dos imigrantes nosolo americano. Porém, nada é como parece. E Machete entra em rota de colisãocom o senador, o empresário e, novamento, o chefe do tráfico mexicano.

Ainda para os fãs de Rodriguez, não são poucas asreferências à década de 80, seja no uso daquele barulhinho mecânico que obiônico homem de seis milhões de dólares fazia ao se mover.  E ainda nas participações especiais de Seagale Don Johson. O elenco tem ainda Lindsay Lohan, Jessica Alba e Michelle Rodriguez.

Para o público “comum”, no fim das contas, o melhor saldo pareceser a interpretação de De Niro, que há um bom tempo não recebe um papelinteressante, com que possa explorar seu talento. E isso é mérito de Rodriguez.

Veja abaixo o trailer legendado:

Recomendamos para você