Ramiro Fajuri por Ramiro Fajuri Outros 28.06.2021 28.06.2021

Livros LGBTQIA+ para ler com orgulho e respeito

Junho é o mês do orgulho LGBTQIA+, e por isso, selecionamos alguns livros que falam sobre essa temática. Se você faz parte dessa comunidade, leia esses livros com orgulho! Talvez você se identifique, ou exista algo de inspirador que você possa encontrar nessas histórias.

Mas,  se você não faz parte da comunidade LGBTQIA+, não tem problema! Leia com respeito. Nessa lista de livros você também poderá encontrar inspiração, diversão e  histórias interessantes.

Porque Junho é o mês do Orgulho LGBTQIA+

Na década de 60, as pessoas LGBTQIA+ nos Estados Unidos tinham que conviver com leis que puniam a homossexualidade como se fosse crime, o que incluía constantes batidas policiais contra estabelecimentos frequentados pod gays, lésbicas e transgêneros, como o bar Stonewall Inn, no Greenwich Village, em Nova Iorque.

Em 28 de junho de 1969, em uma dessas batidas policiais contra o Stonewall, os frequentadores que estavam lá se rebelaram contra essas batidas, o que foi o estopim para um motim que desencadeou uma série de protestos, que são considerados o marco zero para a luta pelos direitos civis da comunidade LGBTQIA+.

5 Livros LGBT que você pode gostar

História do Movimento LGBT no Brasil
James N. Green, Marcio Caetano, Marisa Fernandes e Renan Quinalha

Uma análise da busca por visibilidade e cidadania desde o fim da ditadura militar no Brasil, por parte de diversos movimentos sociais e organizações da sociedade civil que desempenharam um papel fundamental na mudança de regime político e na elaboração da nova Constituição

Confess
Rob Halford

Se você gosta de Rock, provavelmente conhece Rob Halford, icônico vocalista da banda britânica de heavy metal Judas Priest, famoso por sua voz afinadíssima, seu visual de couro preto que influenciou muitos outros ícones desse estilo musical e por sua performance de palco, que inclui entrar no palco com uma moto Harley Davidson construída exclusivamente para ele.

Nessa autobiografia, Halford fala de seus dilemas pessoais e conflitos internos durante as décadas em que, já mundialmente famoso, teve medo de assumir sua sexualidade, com receio de como os fãs do Judas Priest poderiam reagir. E conta também que, quando revelou, em 1998,  teve aceitação e respeito por parte dos fãs do Judas e de todo o gênero heavy metal.

Com Amor, Simon
Becky Albertalli

Simon conquistou milhares de leitores com uma trama que trata com naturalidade e bom humor a afirmação e os dilemas de um adolescente gay.

Simon Spier tem dezesseis anos e é gay, mas não conversa sobre isso com ninguém. Ele não vê problemas em sua orientação sexual, mas rejeita a ideia de ter que ficar dando explicação para as pessoas — afinal, por que só os gays têm que se apresentar ao mundo? Enquanto troca e-mails com um garoto misterioso que se identifica como Blue, Simon vai ter que enfrentar, além de suas dúvidas e inseguranças, uma chantagem inesperada.

Building A Bridge – How The Catholic Church And The Lgbt Community Can Enter Into A Relationship Of Respect, Compassion,

James Martin é um padre jesuíta norte-americano nomeado pelo Papa Francisco em 2017 consultor do Secretariado de Comunicações do Vaticano e um defensor da comunidade LGBTQIA+ dentro da Igreja Católica. Esse livro é um poderoso apelo por tolerância, aceitação e respeito, além de um lembrete da mensagem de Jesus para que amemos uns aos outros. É preciso dizer mais alguma coisa?

Coming Out Of Communism – The Emergence Of Lgbt Activism In Eastern Europe Connor O`Dwayer

Saindo do comunismo – o surgimento do ativismo LGBTQIA+ na Europa Oriental.  Além do inteligente trocadilho com a expressão em inglês, esse livro é interessante pelo estudo feito sobre os preconceitos que as pessoas LGBTQIA+ ainda sofrem nos antigos países comunistas da Europa Oriental.

Recomendamos para você