Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 13.01.2012 13.01.2012

Livros-guias dão dicas astrais para 2012 e ensinam como lidar com os mistérios que cercam o ano

Por Carolina Cunha
Um novo ano chegou e, com ele, novas expectativas, planos e dúvidas. O que vai ser do amor? Que rumos a carreira profissional vai tomar? O que esperar das finanças pessoais? Qual a melhor época para tirar planos do papel? Quantas dessas perguntas você não se fez neste inicio de 2012?
 
De olho nesses questionamentos, livros que servem como verdadeiros guias – espirituais ou astrais – lotam as prateleiras com o objetivo de trazer respostas a muitas dessas perguntas.
 
E, com relação a 2012, um ano cercado de mistérios, com a sombra do fim do mundo, perguntas não faltam.
 
Na astrologia, um dos principais lançamentos é O Livro da Lua 2012, de Márcia Mattos.
 
O ano, que será regido pela Lua, traz como palavra-chave “mudança” e, para isso, o livro apresenta as principais reviravoltas em cada signo, em diferentes áreas, com base nas mudanças do céu.
 
O bom é que ele funciona como um livro de reflexões sobre questões como relacionamento – os que vão durar e aqueles que não vão deixar saudade –, profissão, vida pessoal, finanças e outros.
 
Não espere que a obra vá dizer o que você deve fazer, mas ela pode ajudar a escolher os melhores momentos para tomar decisões.
 
Outro lançamento é o livro Seu Horóscopo Pessoal Para 2012, um guia prático feito pelo americano Joseph Polansky com previsões mensais detalhadas para cada signo do zodíaco.
 
O autor também analisa os melhores e os piores dias para o leitor sair de casa, fazer reuniões de negócios ou até mesmo atrair um novo amor.
 
Já o livro Seu Horóscopo Chinês 2012, de Neil Somerville, é “arroz de prateleira” a cada início de ano. Em sua 19ª edição, ele vai muito além de dicas astrais e traz previsões para o Ano do Dragão que ajudam cada um a conhecer melhor a sua personalidade.
 
 
Em seu site, o autor deixa um recado: “Os anos do dragão são vibrantes, trazendo mudanças e acontecimentos rápidos. Poucos vão passar o ano intocados pelos eventos que vão impactar vidas (…). Será um ano cheio e interessante para todos”.
 
Acalmando a mente
 
E para lidar com esses “eventos”, não faltam guias espirituais, como Serpente de Luz – Uma Aurora Espiritual Após 2012, de Drunvalo Melchizedek, e Oráculo 2013 – O Despertar da Terra Para a Consciência Galáctica Após o Ano de 2012, de David Carson e Nina Sammons.
 
O primeiro é, além de guia espiritual, um diário de aventuras de viagem do autor, com histórias para ajudar a curar corações, alinhar energias e corrigir antigos desequilíbrios no planeta.
 
Aqueles que temem o futuro devem olhar com mais tranquilidade para o dia o dia. É o que recomenda o mestre indiano Osho, no livro Osho Todos os Dias.
 
Seu lema é alimentar os pensamentos positivos diariamente; viver plenamente significa ter foco no aqui e agora.
 
No livro, o leitor encontra uma reflexão para cada dia do ano, pílulas de filosofia que podem ajudar no autoconhecimento. Acredite você ou não, melhor não tirar esses livros de perto na última semana do ano.
 
Quer sobreviver ao fim do mundo?
Este ano pode acabar mais cedo do que você esperava. Não por um milagre de feriados, mas por causa de uma profecia. Segundo algumas previsões, 2012 seria o ano do apocalipse.
 
O fim do mundo teria sido previsto pelos Maias, que, a partir da observação dos astros, criou um calendário que existe há mais de 5 mil anos.
 
Segundo essa civilização pré-colombiana, a extinção da Terra tem até data marcada: 21 de dezembro de 2012. 
 
Os estudiosos acreditam que, nesse dia, haverá um alinhamento de planetas que só ocorre a cada 26 mil anos.
 
Assim, a Terra sofreria distúrbios em seus polos magnéticos, causando catástrofes e desastres ambientais.
 
O calendário maia divide o tempo em eras de 5.125 anos, que equivalem a 13 baktunes ou 400 anos cada. A conclusão de 13 baktunes significava o fim de um ciclo, ou seja, este seria o último ano do calendário.
 
 
Difícil de entender? Os livros 2012 – A História2012 – Ciência ou Superstição são alguns títulos que desvendam as controvérsias e enigmas que envolvem essa polêmica.
 
O primeiro é de autoria de Jon Major Jenkis, pesquisador da chamada "2012ologia", termo criado por ele próprio.
 
No livro, ele explica como os Maias conceberam esse calendário astronômico e as alterações pelas quais ele passou com o tempo.
 
Dividido em duas partes, a primeira sobre a profecia e a segunda sobre ensinamentos espirituais, o livro termina com uma pergunta pertinente param que acredita na profecia: quando o fim do mundo chegar, "onde você vai estar?".
 
Em 2012 – Ciência Ou Superstição, a autora Alexandra Bruce investiga a origem desse mito com base na ciência, religião e cultura maia para oferecer um panorama abrangente sobre a questão.
 
A Terra está perdendo seu encanto? Como 2012 veio a significar o fim dos tempos? O que é Planeta X? Essas e outras perguntas são respondidas por especialistas.
 
Já o livro A Grande Mudança, dos autores Lee Carol, Tom Kenyon e Patrícia Cori, ensina como os sobreviventes do fim do mundo vão construir a nova era, com base no poder da mente e de canalizar energias.
 
 
Recomendamos para você