Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 23.02.2010 23.02.2010

Jornada de sucesso

Por Vinicius Valente

A tarefa não era qualquer uma. O diretor J.J. Abrams tinhaapenas que renovar a saga de Jornada nas Estrelas de uma forma que agradasse àlegião de fãs e conseguisse despertar o interesse das novas gerações peloclássico. Missão impossível? Parece que não.

Lançado nos cinemas em maio do ano passado, o longa Star Trek já está disponível em DVD. Com orçamento de US$150 milhões, a produção é a mais cara dentre os dez outros filmes produzidoscom base na série original. Entretanto, o investimento valeu a pena, pois foramarrecadados US$ 385 milhões nas bilheterias de todo o mundo. O segredo dosucesso? Muito se fala no foco que o diretor escolheu, dando ênfase no passadodos protagonistas James Kirk e Spock. Na trama, os personagens são apresentadosainda na infância, em cenas que ajudam o espectador a compreender odesenvolvimento de suas personalidades.

No futuro idealizado da série, viagens espaciais são comuns.O filme mostra George Kirk (Chris Pine), pai de James, que é feito capitão deuma das naves da Frota Estelar da Federação. Ele consegue salvar as vidas decentenas de tripulantes das investidas do vilão Nero (Eric Bana), porém acabamorrendo nessa empreitada. Com isso, James, recém-nascido na época, cresce semo pai. Já Spock (Zachary Quinto), filho de uma humana e um volcano, buscautilizar sua inteligência acima do normal para superar o preconceito. Os doispersonagens se encontram anos mais tarde trabalhando para a Federação, em umatentativa de proteger a população das investidas de Nero, se unindo naconhecida tripulação da nave Enterprise. O filme não foca no conflito entre obem e o mal, mas sim na relação entre os tripulantes da nave.

A série Jornada nas Estrelas foi criada pelo produtor eroteirista Gene Roddenberry, na década de 1960. Ao todo foram cinco seriados deTV e dez filmes, ao longo de 40 anos, aproximadamente. Além disso, foramproduzidos diversos livros, desenhos animados, enciclopédias e jogos. Asaventuras se passam numa época em que a humanidade já domina a tecnologia deviagens espaciais. Os humanos se uniram a outros seres da galáxia, formando aFederação dos Planetas Unidos. O progresso juntamente com a intervençãoalienígena no planeta resultou na superação de diversos defeitos, como aerradicação de pobreza e doenças. Em geral, os protagonistas são seresaltruístas e as séries costumavam abordar temas como direitos humanos, guerra,autoritarismo e racismo.

O diretor Jeffrey Jacob Abrams nasceu em Nova York, em 1966. Játrabalhou em diversas produções televisivas, como Alias, e cinematográficas,como Armageddon e Missão Impossível III. Atualmente, encontra-se nos holofotesdevido à estréia da última temporada da misteriosa série Lost, da qual écriador.

E parece que Abrams não vai ter sossego tão cedo, pois osestúdios Paramount Pictures anunciaram recentemente que o diretor estáresponsável pela produção do quarto filme da série Missão Impossível. O longaserá protagonizado novamente por Tom Cruise e chegará aos cinemas dos EstadosUnidos em maio de 2011. Isto que é jornada!

> Confira o site oficial do filme

> Star Trek na Saraiva.com.br

> Assista ao trailer de Star Trek

Recomendamos para você