Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 24.06.2014 24.06.2014

‘Jersey Boys’: o lado suave de Clint Eastwood

Por Edu Fernandes
 
Em sua carreira de ator, Clint Eastwood ficou marcado como astro de faroestes como Três Homens em Conflito (Fox). Quando está por trás das câmeras, muitos de seus filmes falam de guerra e violência. Apesar dessa bagagem, Clint também tem suavidade em alguns trabalhos. É o caso de Jersey Boys: Em Busca da Música (Warner), musical dirigido por ele que estreia no Brasil em 25 de junho.
Baseado em uma peça da Broadway, o longa é a cinebiografia da banda The Four Seasons, que fez grande sucesso nos anos 1960 e 1970. Mesmo sendo um musical, o filme traz um protagonista dedicado a fazer a coisa certa, mesmo que isso cause danos à sua própria vida. Temos então um personagem com a mesma intensidade vista em outros trabalhos de Clint, como Gran Torino (Warner), por exemplo.
Frankie Valli (John Lloyd Young, de Vegas) é o vocalista do The Four Seasons, mas sua escalada até a fama não é fácil. Ele mantém um emprego diurno de cabeleireiro enquanto sua carreira musical não decola. Em sua jornada, afilia-se a um chefão da máfia (Christopher Walken, de Sete Psicopatas e um ShihTzu), que o auxilia por acreditar no talento do rapaz.
Mesmo depois de famoso, os problemas não cessam. O guitarrista e administrador da banda (Vincent Piazza, de Boardwalk Empire) não consegue controlar seus gastos e deixa o grupo endividado, o que provoca uma cisão. Frankie decide continuar cantando para quitar o débito, por mais que precise se apresentar em locais nada glamorosos e se afastar da família em turnês.
O peso da vida pessoal de Valli é atenuado na produção pelas músicas do The Four Seasons, a maioria delas canções de amor. O público relembrará bailes ao ouvir “Sherry” ou “Workin' My Way Back to You”, entre outras.
 

  Cena do filme Curvas da Vida
Quem acompanha os últimos trabalhos de Eastwood pode pensar que ele entrou em uma fase mais fofa, mas há outros filmes mais suaves em seu currículo. O engano pode ocorrer por conta de sua atuação em Curvas da Vida (Warner), em 2012. No longa, ele vive um olheiro de beisebol que leva a filha (Amy Adams) para uma viagem de trabalho.
O filme é a estreia de Robert Lorenz (que é um colaborador de Clint de longa data) como diretor. Ele foi assistente de direção em algumas produções assinadas por Eastwood, como Menina de Ouro (Europa).
 

  Cena do filme As Pontes de Madison
Em 2000, Eastwood atuou e dirigiu Cowboys do Espaço (Warner), sobre um grupo de aposentados que tem a chance de ir ao espaço e realizar seus sonhos de juventude. Em 1995, ele dirigiu e protagonizou o romance As Pontes de Madison (Warner). No longa, ele interpreta um fotógrafo que entra na vida de uma dona de casa (Meryl Streep) nos anos 1960.
Jersey Boys não chega a ser uma novidade para Eastwood no tom ou no gênero. O cineasta já comandou o set de outra cinebiografia musical em 1988 com Bird (Warner), sobre o saxofonista problemático Charlie "Bird" Parker (Forest Whitaker), que começa sua carreira na Nova York dos anos 1940.
No futuro, Clint terá a chance de permanecer no mundo da música. Anos atrás, ele tinha o projeto de realizar um remake de Nasce uma Estrela (Versátil), com Beyoncé Knowles no papel principal. A gravidez da cantora adiou os planos, que podem ser retomados nos próximos anos para reafirmar o lado mais tranquilo de Eastwood.
Veja o trailer de Jersey Boys: Em Busca da Música:
 

 
 
Recomendamos para você