Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 30.11.-0001 30.11.-0001

Jennifer Lawrence e sua carreira voraz

Por Willians Glauber
 
“Muitos scripts são estúpidos, principalmente para garotas jovens e loiras, é difícil encontrar um bom roteiro”. Essa foi a resposta de Jennifer Lawrence, hoje com 22 anos, em uma de suas primeiras entrevistas. Quando falou isso, ela estava divulgando o longa-metragem Inverno da Alma, de 2010, indicado a quatro Oscars. Você provavelmente conhece a atriz por conta do filme de grande bilheteria Jogos Vorazes. Mas se ainda não teve a chance de vê-la atuar em Inverno da Alma ou em Jogos Vorazes, poderá ir aos cinemas conferir o talento da atriz a partir de 7 de dezembro, data em que estreia o terror A Última Casa da Rua
 
E em 1º de fevereiro, a atriz estará em cartaz nos cinemas novamente, dessa vez com a produção O Lado Bom da Vida, em que ela contracena ao lado do galã Bradley Cooper. Jennifer conseguiu o papel da misteriosa e sensual Tiffany, depois de muita insistência. O diretor desse filme é David O. Russel, ídolo de Jennifer desde muito tempo. Quando soube que O. Russel adaptaria o livro Silver Linings Playbook (nome original do filme) para o cinema, a atriz o contatou por Skype e imediatamente deu um jeito de se encontrar com o diretor para pedir um papel no longa. Depois de quase forçá-lo a contratá-la (palavras da própria Jennifer Lawrence), ela conseguiu entrar para o elenco antes mesmo de Cooper ser escalado. 
 
Jennifer Lawrence em cena do filme de terror 'A Última Casa da Rua', que estreia dia 7 de dezembro
 
O VERÃO E O INVERNO DA ALMA DE JENNIFER LAWRENCE
 
Provavelmente quando se aproximam essas duas estações, a atriz tem ótimas lembranças. Foi num verão, na cidade de Nova York, que o talento de Jennifer foi descoberto, graças a uma foto. Ela foi clicada por um fotógrafo nas ruas de Manhattan enquanto passeava com sua mãe, e no dia seguinte Jennifer foi convidada para fazer um teste de atriz. A futura estrela de Hollywood foi bastante elogiada após fazer uma breve leitura de roteiro em frente a produtores. Nessa época, ela tinha apenas 14 anos.
 
Desde então, Jennifer começou a fazer seus primeiros trabalhos como atriz. Depois de alguns comerciais, ela teve sua primeira participação em um filme para a TV, o Company Town, de 2006. Em 2007, ela ganhou um papel na série The Bill Engvall Show e ficou no elenco fixo até 2009, quando a sitcom terminou. Nesse meio tempo, ela fez participações nas séries Monk, Arquivo Morto e Medium
 
No ano de 2008, Jennifer roubou a cena no filme Vidas que se Cruzam, ao lado de Charlize Theron. No mesmo ano, ela também apareceu em Garden Party e protagonizou o longa The Poker House, sua primeira experiência como atriz principal.
 
Jennifer teve treinamento com uma vencedora olímpica de arco e flecha para o papel de Katniss;  Ela também fez treinamento de dublês 
Um dos primeiros trabalhos da atriz foi na série de comédia 'The Bill Engvall Show'. Ela ficou no elenco por 3 anos
 
E se o verão traz a Jennifer lembranças do início de sua carreira, é o inverno que faz a atriz se lembrar de como seu sucesso mundial começou. O filme Inverno da Alma, de 2010. trouxe Jennifer para os holofotes e lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz. “Não tenho dúvidas de que o destaque que o filme recebeu em grandes premiações e festivais foi o principal propulsor da carreira de Jennifer Lawrence. Mais do que cinéfilos, os espectadores mais assíduos desses filmes são executivos do ramo cinematográfico”, explica Rodrigo Torres de Souza, crítico do site Cineplayers.  
 
Para o longa-metragem, que teve um orçamento baixíssimo de US$ 2 milhões, Jennifer teve que aprender a despelar esquilos, cortar lenha e lutar. No filme, a atriz contracena com diversos atores amadores, que na verdade são os moradores de Missouri, locação das filmagens. 
 
Jennifer viveu por lá durante seis semanas até as filmagens começarem. “Independente de ser um filme de baixo orçamento, Inverno da Alma é um filme denso, com características que privilegiam a força de sua personagem principal. A atriz corresponde ao personagem, impressiona, comove, fazendo jus aos prêmios conquistados e à indicação ao Oscar”, diz Torres. Pela produção, ela ganhou 15 prêmios.
 
A interpretação de Jennifer em Inverno da Alma a colocou na corrida pelos grandes papéis de Hollywood. A atriz foi a segunda mais jovem a ser indicada ao Oscar de Melhor Atriz (na época, ela tinha 20 anos). “Jennifer Lawrence é uma atriz jovem, bonita, e mostrou seu talento num filme dramático de baixo orçamento, o que faz dela um produto importantíssimo no cinema de modo geral, uma joia. Logo, um prato cheio para superproduções”, afirma Torres. 
 
Seguindo Inverno da Alma, somaram-se à filmografia da atriz os filmes Um Novo Despertar e Loucamente Apaixonados.
 
BLOCKBUSTERS, SUCESSO E MAIS TRABALHOS À FRENTE
 
Nem em seus sonhos mais ambiciosos a menina nascida e criada em Kentucky (um estado rural dos EUA), caçula de dois irmãos, adivinharia que um dia faria parte do elenco de filmes de imensa repercussão mundial.  
 
X-Men: Primeira Classe foi o primeiro blockbuster com participação da loira. No longa-metragem de número um da nova safra de filmes sobre os mutantes, Jennifer deu vida a Mística. “Se ela quiser ser uma atriz de respeito, o ideal é equilibrar filmes mais desafiadores com blockbusters. E tem que acertar nos blockbusters”, conta Chico Fireman, crítico de cinema e fundador do site Filmes do Chico.  
 
Para chegar a este resultado, Jennifer Lawrence enfrentava 8 horas diárias de maquiagem. 'X-Men: Primeira Classe' foi o primeiro blockbuster feito pela atriz
 
Não há dúvidas de que Jennifer está acertando nos blockbusters, e o filme Jogos Vorazes é prova disso. O longa-metragem bateu recordes de bilheteria e foi sucesso de público: foram arrecadados US$ 638,8 milhões em todo o mundo. E olha que Jogos Vorazes é apenas o primeiro de um total de quatro filmes. Nessa primeira produção, Jennifer Lawrence recebeu um cachê de US$ 500 mil para dar vida à destemida protagonista Katniss. Já para a segunda parte, a atriz poderá receber nada menos que US$ 10 milhões. 
 
Jennifer levou três dias até responder à ligação que a convidou para fazer o filme. Ela diz que o tempo foi necessário para que colocasse na balança o que aquela decisão acarretaria: uma mudança brusca e permanente em sua carreira. “A versatilidade dela é natural. O talento dela é realmente encantador, ela se encaixa nos papéis”, reforça Fireman.  
 
Jennifer e Bradley Cooper em cena de 'O Lado Bom da Vida'. Para interpretar a personagem Tiffany, a atriz correu atrás do diretor, insistiu e conseguiu o papel 
 
A preparação para o longa foi intensa: além de ter que perder alguns quilos, durante semanas Jennifer fez treinamento de dublê e aprendeu a dominar o arco e flecha. “A atriz parece conduzir sua carreira bem e continua comprovando sua versatilidade ao aceitar protagonizar um filme de terror de baixo orçamento, A Última Casa da Rua, um drama histórico, Serena, e uma comédia dramática, Silver Linings Playbook (O Lado Bom da Vida, título em português), que, aliás, vem sendo bastante elogiado lá fora”, enfatiza Torres. 
 
O QUE AINDA ESTÁ POR VIR
 
Serena
Estreia no Brasil dia 27 de setembro de 2013
Neste filme, a atriz contracena novamente ao lado de Bradley Cooper. Ele ganhou o papel graças a Jennifer.
 
Jogos Vorazes: Em Chamas
Estreia no Brasil em 22 de novembro de 2013
Jennifer já está filmando o segundo filme da saga Jogos Vorazes.
 
X-Men: Days of Future Past
Estreia em 2014
Em breve a atriz terá que se render às cansativas 8 horas de maquiagem novamente, necessárias para transformá-la na mutante Mística. O longa-metragem está em fase de pré-produção.
 
Trailer de A última Casa da Rua
 
 
 
Um dos primeiros trabalhos de Jennifer como atriz, comercial da MTV

 
 
 
 
 
 
Recomendamos para você