Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 14.02.2014 14.02.2014

Guia para escutar música country

Por Priscila Roque
Colaborou: Paulo Alves (músico)
 
A música country nasceu nos anos 1920 e, apesar de evidenciar marcas próprias, como o uso da guitarra Telecaster, o pedal steel e o violino, também reuniu admiradores de outras vertentes que o transformaram em novos segmentos musicais.
 
Um dos grandes responsáveis pela difusão do ritmo ao longo de sua história é o programa de rádio The Grand Ole Opry, criado em 1925. Além de ser a atração mais antiga da história ainda no ar, possui um palco em Nashville (EUA) que, semanalmente, recebe artistas do gênero.
 
Foi nesse mesmo local que despontaram lendas como Hank Williams e Roy Acuff, além de nomes contemporâneos como Garth Brooks e Dixie Chicks.
 
COUNTRY – PRIMEIRAS GERAÇÕES
 
Características
Entre os anos 1920 e 1940, o country ainda não tinha essa denominação, mas trazia referências a uma música caipira. As letras abordavam histórias do campo, de amores e da rotina, um retrato próprio.
 
Comece ouvindo
Jimmie Rodgers – Inducted Into The Hall of Fame 1961
Com apenas um violão em punhos, Jimmie abriu caminho para o gênero e foi reconhecido como “pai” do country.
                                                                                                           Reprodução
Hank Williams e Roy Acuff: pioneiros do country
Hank Williams – Best of Hank Williams
Hank fez parte da escola de Jimmie Rodgers. Viveu somente 30 anos, mas deixou um legado importante para o gênero, além de filhos e netos que permanecem na carreira country.
 
Roy Acuff – The Essential
Roy introduziu na música country o Dobro, uma espécie de violão ressonador, e foi o primeiro artista vivo a entrar para o Country Music Hall of Fame, em 1962.
 
COUNTRY TRADICIONAL
 

“Long Way To Go” é um dos mais recentes singles de Alan Jackson
 
Características
Nashville tornou-se a capital do country pelo número de gravadoras que lá se instalaram. Desde os anos 1960, a preocupação com o mercado era intensa e acabou por dar espaço aos subgêneros comerciais e alternativos. Entretanto, ainda existe a preocupação de artistas que buscam resgatar tradições, retomando as raízes.
 
Comece ouvindo
Johnny Cash – At the Folson Prison
Esse álbum é um dos mais expressivos de sua carreira, por ter levado o artista para as paradas mundiais após anos mergulhado nas drogas.
 
Willie Nelson – Red Headed Stranger
Na música desde os anos 1950, Willie Nelson está perto de completar 70 álbuns de estúdio. Red Headed Stranger é considerado um dos maiores do gênero.
 
Ouça também: Alan Jackson e Garth Brooks
 
COUNTRY POP
 

“Life is a Highway”, de Tom Cochrane, é um dos sucessos do Rascal Flatts
 
Características
Esse subgênero comercial, oriundo da popularização do country em Nashville a partir dos anos 1960, mistura pop e soft rock, deixando para trás o tom “caipira”. Entre os nomes mais famosos está Shania Twain, com seu disco Come On Over, um dos mais expressivos do country pop.
 
Comece ouvindo
Martina McBride – Wild Angels
Com uma forte potência vocal, ela já foi chamada de “Celine Dion do Country”. "Safe in the Arms of Love" e "Wild Angels” são os maiores sucessos desse disco.
 
Dixie Chicks – Taking the Long Way
Em 2003, esse trio enfrentou um grande boicote da mídia quando se opôs a George W. Bush na Guerra do Iraque. Entretanto, em 2007, com esse disco, levaram cinco prêmios no Grammy.
 
Ouça também: Taylor Swift, Shania Twain e Rascal Flatts
 
COUNTRY ROCK
 

“Desperado” marca a época country rock do Eagles, nos anos 1970
 
Características
Artistas do rock introduziram elementos do country em suas composições, como o pedal steel, mas com alguma distorção, por exemplo. Esse momento se deu, sobretudo, entre o final dos anos 1960 e início dos anos 1970, com Bob Dylan e Gram Parsons (The Byrds e Flying Burrito Brothers).
 
Comece ouvindo
The Byrds – Sweetheart of the Rodeo
Apesar de já terem flertado com o gênero anteriormente, foi nesse disco que a fase country do The Byrds ficou marcada.
 
Flying Burrito Brothers – The Gilded Palace of Sin
Esse álbum tornou-se emblemático na carreira do grupo, não pelo sucesso de vendas, mas pelo impacto que provocou na história da música.
 
Ouça também: Emmylou Harris e Gram Parsons
 
ALT-COUNTRY
 

"New York, New York" mostra o lado alt-country de Ryan Adams
 
Características
Nos anos 1990, artistas influenciados pelo country não queriam produzir canções com o teor mainstream que dominava o gênero. Por isso, deixaram de lado as características comerciais para fazer algo com um apelo alternativo, influenciados pelo folk e country rock.
 
Comece ouvindo
Uncle Tupelo – No Depression
Esse disco é um dos mais importantes do alt-country. Na parte instrumental, pedal steel, banjo e violão acústico se unem a referências do punk rock.
 
Whiskeytown – Faithless Street
Ryan Adams, na época com vinte e poucos anos, cantou sobre suas decepções e alegrias no início da vida adulta, influenciado pelos gêneros country, rock e punk.
 
Ouça também: Wilco e Ryan Adams
 
PARA SABER MAIS
 
Filmes que retratam o country
Johnny e June
No drama dirigido por James Mangold, Joaquin Phoenix e Reese Witherspoon se transformam em Johnny Cash e June Carter. O filme relata a vida do cantor, desde a infância, até sua carreira musical.
Coração Louco
A trama conta os altos e baixos na carreira do cantor fictício Bad Blake (vivido por Jeff Bridges), que teve suas características inspiradas em três nomes importantes do gênero: Waylon Jennings, Kris Kristofferson e Merle Haggard.
 
 
Recomendamos para você