Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Outros 28.12.2012 28.12.2012

Guia de efemérides para 2013

Por André Bernardo
 
Em setembro de 1980, dois meses depois da morte de Vinícius, Rubem Braga escreveu uma crônica, repleta de saudosismo, em homenagem ao amigo. Em "Recado de Primavera", o cronista capixaba enaltecia a saudade do eterno “poetinha”: “Escrevo-lhe aqui de Ipanema para lhe dar uma notícia grave: a primavera chegou. Você partiu antes. É a primeira primavera, de 1913 pra cá, sem a sua participação”, lamentava o “sabiá da crônica”. 
 
Os dois eram amigos de longa data. Foi Braga, aliás, quem apresentou a Vinícius aquela que viria a ser a terceira de suas nove mulheres, Lila Bôscoli. “Esta é Lila. Este é Vinícius. E seja o que Deus quiser”, fez graça o cronista. Vinícius morreu em 1980. Braga, dez anos depois. Em 2013, se vivos estivessem, completariam 100 anos. 
 
O centenário de dois dos maiores nomes da literatura brasileira não vai passar em branco. A Global vai lançar Melhores Crônicas de Rubem Braga, organizada por Carlos Ribeiro. 
 
“A seleção inclui 19 crônicas inéditas, que foram publicadas no jornal O Comício, nos anos 50”, adianta Ribeiro.Já a José Olympio vai relançar Na Cobertura de Rubem Braga, escrita por José Castello em 1996. 
 
“Para Braga, a crônica, mais que um gênero literário, é ‘parenta’ próxima do bate-papo e da conversa fiada. É o único escritor brasileiro que não precisa de assunto para escrever bem”, elogia Castello. Para quem deseja (re)descobrir o “príncipe da crônica”, a obra completa, que inclui "Ai de ti, Copacabana", "O Conde e o Passarinho" e "As Coisas Boas da Vida", pertence ao catálogo da Record.
 
EM FORMA DE HOLOGRAMA, VINÍCIUS DE MORAES VAI VOLTAR A SUBIR NO PALCO
 
Se Braga é apontado por muitos críticos como o maior cronista brasileiro desde Machado de Assis, Vinícius é considerado por tantos outros como um dos nossos mais inspirados poetas. 
 
Autor de poemas memoráveis como “A Rosa de Hiroshima”, “Soneto da Separação” e “A Mulher que Passa”, o “poetinha” – apelido dado por Tom Jobim – será homenageado com lançamentos, espetáculos e exposições. A Companhia das Letras planeja lançar um volume de crônicas inéditas, organizado por Eucanaã Ferraz. 
 
Vinicius de Moraes
 
E a Universal pretende reeditar alguns de seus álbuns. O espetáculo Arca de Noé, obra infantojuvenil que reúne 32 poemas, a maioria deles sobre bichos, vai voltar aos palcos. O centenário de Vinícius também será lembrado pela União da Ilha no Carnaval carioca. 
 
Parceiro de Vinícius em canções inesquecíveis como "A Casa", "Aquarela" e "O Pato", Toquinho não consegue imaginar como estaria hoje o bom e velho “Vina”. “Acho que Vinícius se sentiria deslocado no mundo atual. O ritmo de hoje não combina com o da poesia que ele criou”, arrisca Toquinho, a quem Vinícius chamava carinhosamente de “Toco”. 
 
“E mais: Vinícius não combina com velhice. Por isso, saiu de cena na hora certa”, consola-se. Para 2013, Toquinho avisa que está sendo preparado um grande espetáculo, com direito à projeção holográfica do amigo. “Todas essas homenagens representam o reconhecimento por tudo o que Vinícius produziu. Foi-se apenas o corpo. Vinícius prossegue íntegro, ostentando sua obra com prestígio e dignidade”, emociona-se. 
 
GRACILIANO RAMOS SERÁ TEMA DE DEBATES NA FLIP DE 2013
 
No ano do centenário de Rubem Braga e Vinícius de Moraes, o grande homenageado na 11ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) será o alagoano Graciliano Ramos.
 
Este ano, em comemoração aos 120 anos de nascimento do autor de Vidas Secas, Memórias do Cárcere e São Bernardo, a Boitempo relançou a versão revista e atualizada de O Velho Graça, escrita originalmente em 1992 por Dênis de Moraes.
 
A nova edição traz uma rara entrevista do escritor ao jornalista Newton Rodrigues, publicada uma única vez, em 1944, na extinta revista carioca Renovação. Já a Record lançou Garranchos, volume organizado por Thiago Mio Salla, doutor em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo (USP), que reúne 81 textos inéditos em livro.
As homenagens a Graciliano estão longe de acabar. Se em 2012 o pretexto foi os 120 anos de seu nascimento, em 2013 será os 60 anos de sua morte. “Ao reconhecer o inestimável valor literário de Graciliano Ramos, a FLIP nos dá a rara oportunidade de repensarmos seu legado literário, intelectual e ético”, afirma Dênis de Moraes.
 
“Reler Graciliano hoje é reencontrar um país que, em linhas gerais, mudou pouco nesses 60 anos. A literatura de Graciliano se manteve atual, com vigor impressionante”. Ainda em 2013, duas obras-primas da literatura brasileira fazem aniversário: Fogo Morto, de José Lins do Rego, completa 70 anos, e Casa Grande e Senzala, de Gilberto Freyre, 80. “Na esperança de atrair novos leitores para Zé Lins, vamos lançar um volume de crônicas para jovens”, avisa Maria Amélia Mello, gerente editorial da José Olympio. 
 
LYGIA FAGUNDES TELLES COMPLETA 90 ANOS EM 19 DE ABRIL
 
Outra data que merece comemoração em 2013 é o aniversário de 90 anos de Lygia Fagundes Telles. Autora de romances importantes da literatura nacional, como Verão no Aquário, As Meninas e Ciranda de Pedra, a escritora paulistana trocou, em 2009, a Rocco pela Companhia das Letras e teve sua obra reeditada com novo projeto gráfico. 
 
Lygia Fagundes Telles
 
Por ocasião da assinatura de contrato, Lygia se comprometeu a entregar dois títulos à nova editora: um volume de crônicas, Passaporte para a China, publicado em 2011, e outro infantojuvenil, Gatos, Cachorros e Outros Bichos, ainda inédito. Por e-mail, a escritora comunicou que “não gosta e não comemora aniversário nenhum”. Quem também completa 90 anos em 2013 é o escritor mineiro Fernando Sabino, falecido em 2004.
As datas comemorativas de 2013 não se restringem à literatura. Depois de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Paulinho da Viola e Jorge Ben Jor – que completaram 70 anos em 2012 –, chegou a vez de Edu Lobo entrar para o clube dos “setentões” da MPB.
 
Seu mais recente trabalho, Tantas Marés, foi lançado em 2010 pela Biscoito Fino. A Warner anuncia um lançamento em homenagem ao centenário de José Bispo Clementino dos Santos, o Jamelão, um dos mais famosos intérpretes do Carnaval carioca.
A EMI vai lançar uma caixa comemorativa dos 30 anos do grupo Os Paralamas do Sucesso, com direito a sobras de estúdios e material inédito, e a Universal, uma edição especial de Manera Frufru, álbum de estreia do cantor Raimundo Fagner.
 
TURMA DA MÔNICA VAI GANHAR VERSÃO ADULTA NOS GIBIS
 
Nos quadrinhos, dois grandes personagens sopram as velinhas em 2013. Lá fora, Garfield, o gato preguiçoso e comilão criado por Jim Davis, completa 35 anos.
 
A exemplo do bichano das tiras em quadrinhos, Davis, 67 anos, admite que gosta de tirar uns cochilos à tarde e também é avesso a atividades físicas. Mas as semelhanças param por aí.
 
Davis é do tipo que vê o lado bom de tudo – até mesmo de um sempre doloroso tratamento de canal. “Afinal, o dente não vai doer mais”, graceja o cartunista. Por aqui, a festa fica por conta de uma menina baixinha, dentuça e gorducha chamada Mônica. O mais curioso é que, em 1963, quando apareceu pela primeira vez em uma tirinha, Mônica não passava da irmã do Zé Luiz, o então melhor amigo do Cebolinha.
Aos 78 anos, Maurício de Sousa é o primeiro a reconhecer que não imaginava que a personagem, inspirada em uma de suas filhas, fosse fazer tanto sucesso. “Sucesso a gente não planeja. Ele acontece por causa do leitor, que vai se identificando com cada personagem. A Mônica surgiu na tira do Cebolinha, mas, como geralmente acontece com as mulheres, logo tomou conta. É por isso que, até hoje, o Cebolinha tenta retomar o poder, com seus planos infalíveis”, brinca.
 
Para comemorar o jubileu da personagem, Maurício planeja estrear uma série inédita, Mônica Toy, no Cartoon Network, relançar o musical Romeu & Julieta e inaugurar a versão adulta da Turma da Mônica nos gibis. “Na nova série, o tratamento seria o de uma novela, onde os personagens vão envelhecer junto com o leitor, em tempo real”, adianta Maurício. O leitor agradece. 
 
Guia de efemérides:
 
Gonçalves Dias, autor de "Canção do Exílio", 190 anos de nascimento (10 de agosto)
 
Mário de Andrade, autor de Macunaíma, 120 anos de nascimento (9 de outubro)
Vinícius de Moraes, autor de Para Viver Um Grande Amor, 100 anos de nascimento (19 de outubro)
Rubem Braga, autor de Ai de Ti, Copacabana, 100 anos de nascimento (12 de janeiro)
Em Busca do Tempo Perdido, escrito por Marcel Proust, 100 anos de publicação
Millôr Fernandes, autor de "Liberdade, Liberdade", 90 anos de nascimento (16 de agosto)
Fernando Sabino, autor de Encontro Marcado, 90 anos de nascimento (12 de outubro)
Stanislaw Ponte Preta (pseud. de Sérgio Porto), autor de Febeapá, 90 anos de nascimento (11 de janeiro)
Lygia Fagundes Telles, autora de Ciranda de Pedra, 90 anos de vida (19 de abril)
Casa Grande e Senzala, escrito por Gilberto Freyre, 80 anos de publicação
Fogo Morto, escrito por José Lins do Rego, 70 anos de publicação
Jim Morrison, vocalista do grupo The Doors, 70 anos de nascimento (8 de dezembro)
O Ser e o Nada, escrito por Jean-Paul Sartre, 70 anos de publicação
Edu Lobo, autor de O Grande Circo Místico, 70 anos de vida (29 de agosto)
Jards Macalé, autor de Gotham City, 70 anos de vida (3 de março)
Graciliano Ramos, autor de Memórias do Cárcere, 60 anos de morte (20 de março)
 
Mônica, personagem de Maurício de Souza, 50 anos de criação
Lamartine Babo, autor de "O Teu Cabelo Não Nega", 50 anos de morte (16 de junho)
Marques Rebelo, autor de A Estrela Sobe, 40 anos de morte (26 de agosto)
Pablo Picasso, autor de Guernica, 40 anos de morte (8 de abril)
Pixinguinha, autor de "Carinhoso", 40 anos de morte (17 de fevereiro)
Garfield, personagem de Jim Davis, 35 anos de criação (19 de junho)
Garrincha, jogador da Seleção Brasileira, 30 anos de morte (20 de janeiro)
Janete Clair, autora de Irmãos Coragem, 30 anos de morte (16 de novembro)
Versos Satânicos, escrito por Salman Rushdie, 25 anos de publicação
Rachel de Queiroz, autora de Memorial de Maria Moura, 10 anos de morte (4 de novembro)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
]
 
 
Recomendamos para você