Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 30.11.-0001 30.11.-0001

Gravação ao vivo de Big Brother e Janis, de 1968, honra legado de ‘Bear’

Por Mauro Ferreira do Blog Notas Musicais
Resenha de CD
Título: Live at the Carousel Ballroom 1968
Artista: Big Brother and The Holding Company (com Janis Joplin)
Gravadora: Sony Music
Cotação: * * * *
 
Ao sair de cena em 12 de março de 2011, aos 76 anos, vítima de acidente de carro, o produtor e engenheiro de som Owsley Stanley (1935 – 2011) – conhecido no meio musical como Bear – tinha acabado de supervisionar a masterização de (parcialmente) inédita gravação ao vivo de show feito pelo grupo Big Brother and The Holding Company em 23 de junho de 1968, com a luxuosa participação de Janis Joplin (1943 – 1970).
 
Pertencente ao acervo de Bear, o disco ao vivo – ora lançado em escala mundial pela gravadora Sony Music neste mês de março de 2012 – honra o legado deste ícone da era psicodélica da década de 60. O CD evoca o calor desse show justamente pela qualidade do tratamento do som captado no Carousel Ballroom, um dos templos psicodélicos de São Francisco (EUA).
 
Dá para sentir o fogo nos vocais postos por Joplin em temas como I Need a Man to Love, Summertime e Piece of My Heart para citar somente três destaques entre os 13 números captados numa noite que parece ter sido mágica (a 14ª música, Call on me, aparece no CD como faixa-bônus por ter sido gravada em 22 de junho de 1968, no show da noite anterior).
O show em si transmite a efervescência da época em mix energizante de rock, blues (cujo sentimento é evocado pelos vocais de Joplin) e jazz (evocado pelo toque eletrizante da guitarra de James Gurley).
 
Não parece ter havido edições e truques de estúdio no tratamento da fita gravada por Bear. O que deu tom cru ao registro, retrato aparentemente sem retoque do mergulho fundo de uma geração na música e no sonho.
 
 
Recomendamos para você