Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Games 20.02.2013 20.02.2013

Game ´Metal Gear Rising´: Ação Relâmpago

Por Míriam de Souza
 
Em setembro, é comemorado o aniversário de 15 anos de Metal Gear Solid, um dos maiores sucessos do PlayStation. Aclamado pela crítica e pelos gamers, o jogo ajudou a popularizar o gênero stealth, que encoraja furtividade e pensamento estratégico em detrimento de combate físico. Enquanto o clássico completa primaveras, em 2013 a série ganha mais um episódio. Metal Gear Rising: Revengeance chegou às prateleiras no próximo dia 19 e traz mudanças significativas em relação às produções anteriores.
 
UM VELHO CONHECIDO
 
Solid Snake, protagonista de Metal Gear Solid e da maioria dos jogos da série, é um dos personagens mais lembrados dos games. Mesmo entre quem não jogou Metal Gear, o soldado retém certa popularidade. Ele apareceu ao lado de Mario, Sonic e diversos outros personagens em Super Smash Bros. Brawl, além de fazer participações especiais na versão japonesa de Scribblenauts e “emprestar” sua roupa para customizar a aparência de Sackboy, de LittleBigPlanet. No entanto, o famoso Snake não estará em Revengeance.
 
O protagonista do novo episódio é Raiden, um ninja com corpo cibernético que carrega uma espada. Seus cabelos brancos não são estranhos ao público. Ele apareceu pela primeira vez em Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty. No game, onde era o principal personagem jogável, Raiden era um agente novato que não tinha experiência de combate e servia para mostrar o protagonista, Solid Snake, sob outra perspectiva. Desta vez, o foco vai para a história do ciborgue.
 
Raiden, o personagem central do game
 
AÇÃO E LUTAS COM ESPADAS
 
Em Revengeance, Raiden mantém uma aparência semelhante à de sua participação em Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots. Mas, ao contrário do game anterior, que tinha foco no stealth, o novo episódio é totalmente focado em ação. Usando sua espada, o protagonista pode fatiar adversários e objetos do cenário, como carros. Um modo especial de jogo, chamado Blade Mode, exibe linhas laranjas sobre o alvo, mostrando o ângulo de corte. Desta maneira, é possível usar os golpes em estratégias como destruir colunas e derrubar o teto sobre os inimigos.
 
Dessa vez, o protagonista usa uma espada na batalha
 
Alguns elementos de stealth continuam, como a possibilidade de se esconder sob uma caixa de papelão para passar pelos guardas sem chamar atenção. Mas o combate aumentou consideravelmente. Até mesmo o slogan mudou: foi de “Tactical Espionage Action” (ação de espionagem tática) para “Lightning Bolt Action” (ação relâmpago).
 
O novo episódio de Metal Gear Rising é totalmente focado em ação
 
NOVO ESTÚDIO, NOVO NOME
 
Inicialmente projetado com o nome Metal Gear Solid: Rising, o novo game foi anunciado em 2009 e já tinha Raiden como personagem principal. No entanto, o estúdio responsável – Kojima Productions, comandado por Hideo Kojima, criador da série – teve dificuldades para desenvolver o jogo dentro da mecânica desejada. O projeto foi cancelado em 2010, mas, no ano seguinte, a japonesa Platinum Games assumiu o comando.
 
Responsável por Bayonetta, jogo de ação de sucesso, a Platinum Games tem entre seus fundadores Hideki Kamiya. O japonês criou a série Devil May Cry, uma das responsáveis por popularizar o gênero hack and slash, tipo de jogo com grande foco no combate. Nas mãos do estúdio, o projeto deslanchou e abandonou o título anterior. A palavra “revengeance” foi escolhida, de acordo com Hideo Kojima, porque a intenção era se vingar do fracasso anterior.
 
Cena de Metal Gear Rising: Revengeance
 
Além disso, a palavra “solid” foi retirada do título do game, inaugurando uma nova franquia chamada Metal Gear Rising. Desta maneira, as duas séries são abordagens distintas do universo Metal Gear, criado por Kojima em 1987.
 
 
Recomendamos para você