Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 30.11.-0001 30.11.-0001

Festival de Toronto começa hoje com crítica à homenagem a Israel

O cineasta Ken Loach e a atriz norte-americana Jane Fondaestão entre os 50 diretores, roteiristas, atores e outros profissionais domundo do cinema que assinaram uma carta aberta ao Festival Internacional deCinema de Toronto, em protesto contra uma programação especial dedicada àcidade de Tel Aviv, em Israel.

De acordo com o jornal canadense The Globe and Mail, o manifesto, que tem ainda nomes como DannyGlover e David Byrne, diz que o festival “seja intencionalmente ou não,tornou-se cúmplice da máquina de propaganda de Israel”. O documento reitera quenão se trata de uma oposição à apresentação de filmes israelenses no evento,mas ressalta: “Nós somos contra o uso de um festival internacional tãoimportante como palco para uma campanha de propaganda em nome de um regime deapartheid”.

A primeira manifestação contrária à homenagem a Tel Avivveio de um diretor canadense, John Greyson, que retirou seu curta-metragem Covered da programação. Curta-metragistae documentarista, Greyson dirigiu alguns episódios da versão americana da sériegay “Queer as folk”, exibida entre 2000e 2005.

Um dos diretores do festival, Cameron Bailey, defende que“não houve pressão de qualquer fonte externa” e que, diferentemente dos boatosou reportagens, “este foco [em Tel Aviv] é produto apenas das decisões daprogramação do festival”. O Festival de Toronto acontece entre os dias 10 e 19de setembro e a seleção dedicada a Tel Aviv tem, entre outros, o longa A Bolha (Bubble, 2006), de Eytan Fox(produto pode ser encomendado pelo site da Saraiva). 

E por falar em Toronto, este ano apenas dois filmesbrasileiros estão na programação: JeanCharles, de Henrique Goldman, e HotelAtlântico, da veterana Suzana Amaral, adaptação do romance homônimo de João Gilberto Noll. (Por Eduardo Simões)

Recomendamos para você