Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 20.08.2013 20.08.2013

Ele disse que desenha, ela disse que conta a história – Mauricio e Thalita em nova obra

Por Marcelo Rafael
Foi um furor. Era agosto de 2012 e o SaraivaConteúdo realizava uma entrevista exclusiva quando ela entrou na sala para convidados da 22ª Bienal do Livro de São Paulo. Seguida por uma legião de fãs, como sempre, animada, falando alto, distribuindo sorrisos, ela foi de braços abertos para ele. Roubaram a cena. Jornalistas, assessores e até o senador Eduardo Suplicy, presente no momento, deram atenção aos dois.
Hoje, um ano depois, ainda antes da Bienal do Livro Rio de Janeiro, Mauricio de Sousa e Thalita Rebouças lançam, na Saraiva, sua primeira obra conjunta: Ela Disse, Ele disse – O Namoro; continuação do sucesso dela, Ela Disse, Ele Disse, de 2010, com os personagens dele, a Turma da Mônica Jovem.
Essa história, no entanto, vem de outras bienais. Bienal, é claro, é tema em que Thalita é especialista. Em 2001, quando lançou seu Traição Entre Amigas, chamou a atenção de todo o pavilhão do Riocentro, batendo palmas, fazendo polichinelo, usando perucas e abordando os visitantes para tagarelar sobre seu novo livro. Deu certo. A partir dali, não deixou de ser best-seller.
Passada mais de uma década, ela já pode se dar ao luxo de sentar em uma mesinha para receber os leitores. Mas a alegria continua a mesma e ela agora precisa acalmar é a fila enorme de fãs enlouquecidos atrás de um autógrafo, uma breve conversa, um sorriso, um abraço da autora de seus livros favoritos.
E foi em uma Bienal do Livro, em 2010, que surgiu a parceria com Mauricio. No evento em Fortaleza, ele chegou para ela e a surpreendeu: “Quando é que vamos fazer alguma coisa juntos?”, ele disse.
“Fiquei surpresa, mas achei que não ia rolar nada. Até que, em 2011, ele twittou que estava em Nova York. Eu também estava e respondi a ele”,  ela disse. Assim, via Twitter, os dois marcaram um café. “E ele me cobrou: E aí, e o nosso projeto?”, relembra ela.
“Parece parte de um livro, não é? Mas foi exatamente assim”, conta ele, Mauricio, sorrindo. “Mas, as coisas, quando têm que acontecer, acontecem”, completa. Com a participação de Marina Sousa (a filha que inspirou a personagem da menina do lápis mágico), a ideia começou a ganhar forma.
“Estávamos quebrando a cuca para ver como é que poderíamos misturar a Thalita com a Turma da Mônica sem chocar, sem dar nenhum tipo de paradoxo”, conta Mauricio.  Foi aí que entrou Marina: “Façam os personagens da Turma da Mônica Jovem lerem e comentarem o livro e, a partir dos comentários, eles se lembrarem do que eles estão vivendo também”.
Adolescentes adoram fofocar sobre namoricos e amizades dos outros. Isso inclui Mônica e Cebola

“Ela deu a chave. Agradeço a ela (Marina) pela solução”, disse ele, Mauricio. Assim começou a obra que une o maior escritor de quadrinhos do país a uma das best-sellers do infanto-juvenil nacional.

Os dois públicos, muito parecidos, começariam a convergir. Ela, autora de 14 livros com mais de 1,3 milhão de exemplares vendidos. Ele, autor da façanha de envelhecer os próprios personagens, tornando-os adolescentes, e atingir um público ávido por também envelhecer logo e se tornar adolescente.
“A Thalita deve ter descoberto um aplicativo com o qual ela consegue se comunicar e falar igual à garotada, igual aos jovens aí”, brinca ele, Mauricio. “Ela não está fingindo, ela está mesmo na sintonia com essa turma que lê os livros dela. Eu fico impressionado”.
Thalita, aos 38 anos, já um pouco distante de sua própria adolescência, disse que conta com a ajuda de parentes amigos, que já são pais, para construir suas histórias. Em Ela Disse, Ele Disse – o Namoro, recorreu até ao marido.
“Eu sou muito ‘mulherzinha’, rodeada de amigas e mulheres na família, mas os meninos, quando me encontravam, pediam-me livros que não fossem tão ‘rosinha’”, disse ela sobre seu primeiro título que conta com o ponto de vista masculino.
Os protagonistas, Leo e Rosa, filhos de pais separados e no auge de seus 14 anos, após o início do namoro em Ela Disse, Ele Disse, já estão há 10 meses juntos quando começa o novo livro. Quem acompanha a história dos dois é nada mais nada menos do que Mônica (na versão Jovem) e Cebola (o Cebolinha da versão adolescente).
Descobrindo as delícias e também os problemas do cotidiano de uma vida a dois, Leo e Rosa têm seus pontos de vista intercalados no livro.
                                                                                                                                            Marcelo Rafael
Nos bastidores das bienais, começava a parceria

A cada comentário de Rosa “Eu sou completamente apaixonada pelo Leo. Mas ele tem umas coisas que me irritam. Por exemplo, o futebol. Jura que toda semana eles precisam se reunir pra chutar uma bola estúpida?”, ou “Tirando a parte das comemorações mensais, a gente é um casal bem maneiro. E eu sou completamente apaixonado por ela”, de Leo, os personagens de Mauricio comentam e dão pitacos na relação dos protagonistas de Thalita.

Com sensibilidade e humor, característicos dos dois autores, o livro entra por temas como amizade, família e também assuntos mais sensíveis como ciúmes e humilhaçõezinhas juvenis (bullying).
“Tento apresentar sem o ‘maniqueísmo de novela’, em que o malvado é mau até o final e o bonzinho é sempre bonzinho”, disse ela, Thalita. “Adolescente tem aquela coisa de ‘Ai, eu não gosto dela, ela é muito metida’. Aí, passam as férias e as duas estão se falando”, completa.
“São problemas de relacionamentos no início de um processo (a adolescência) que os jovens, às vezes, tentam tornar sérios”, disse ele, Mauricio. “A Thalita encontrou um caminho, que ela domina muito bem, com mensagens e ideias muito oportunas”.
“O importante é mostrar os assuntos com leveza e sinceridade sem carregar muito na tinta”, ela disse. “Se é para sugerir que o jovem leia, temos ela (Thalita) para levar isso adiante”, disse ele.
E essa parceria, vai durar? E já que Mônica e Cebola se meteram nos livros de Thalita, será que a escritora irá se meter também nas aventuras em quadrinhos dos dois?
“Ah, isso aí é com eles, mas eu ficaria encantada se pudesse participar! Só com a ilustração ao final do livro eu já chorei! Imagina: eu desenhada pelo Mauricio de Sousa!!”, ela disse.
“Nós não discutimos isso, mas eu vou botar na pauta”, disse ele. “Não paramos por aí. Nós vamos sentar e inventar mais coisa”. E assim, no “ela disse, ele disse”, o novo livro já está nas lojas e novas histórias devem surgir por aí.
Tarde de Autógrafos com Thalita Rebouças e Mauricio de Sousa para lançamento do livro Ela Disse, Ele Disse – O Namoro, Editora Rocco
Onde: Saraiva MegaStore – Shopping Center Norte – São Paulo – SP
Quando: 24/8 às 15h
Ilustração de Mauricio e Thalita: “Só com a ilustração ao final do livro eu já chorei! Imagina: eu desenhada pelo Mauricio de Sousa!!”
Recomendamos para você