Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Livros 30.11.-0001 30.11.-0001

Editora Saraiva vai lançar livros de ficção e não ficção

Poucos meses após a ruidosa chegada da portuguesa Leya ao mercado editorial brasileiro, a Editora Saraiva sinaliza a entrada na competição por obras de ficção e não ficção. Com a diferença de que a “”nova”” empresa já está há quase um século no Brasil, como livraria e editora, informa Raquel Cozer, d’ O Estado de S. Paulo.

Líder na oferta de títulos jurídicos e uma das maiores em didáticos, com 22 milhões de exemplares vendidos em 2009, a Editora Saraiva quer conquistar a partir deste mês espaço no varejo – um mercado em expansão.

A Editora Saraiva lançará, até o final do ano, ao menos 65 títulos de ficção. A entrada se dará com obras que frequentam listas de best-seller nos EUA e “”livros de filmes””, publicados na esteira de estreias cinematográficas e com cenas de longas nas capas, método bastante adotado também pela editora Record. “”Um acordo de franchising com as americanas Disney e Dreamworks abrirá caminho para as obras oficiais, com bastidores da produção e história ilustrada, da animação Como Treinar o Seu Dragão, ainda neste mês, e de Alice no País das Maravilhas, de Tim Burton, entre outros””, escreve Cozer. 

Embora a livraria do grupo esteja prestes a lançar um ambicioso sites de download de livros, os lançamentos digitais devem sair com alguns meses de atraso em relação às obras em papel, afirma Thales Guaracy, diretor editorial contratado no fim do ano passado para coordenar esse trabalho, na entrevista ao Estadão.

Recomendamos para você