Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 30.11.-0001 30.11.-0001

“É uma emoção muito boa ver 31 Minutos em português”, dizem diretores chilenos sobre filme de marionetes

Por Edu Fernandes
 
O filme 31 Minutos, primeira produção brasileira realizada totalmente por títeres (marionetes), foi recentemente exibido para o público brasileiro em pré-estreias em São Paulo e no Rio de Janeiro. Depois da sessão, os diretores chilenos Álvaro Diaz e Pedro Peirano conversaram com SaraivaConteudo sobre a produção do filme e a versão para o português – originalmente as falas são em espanhol.
 
“É uma emoção muito boa ver 31 Minutos em português”, falou o diretor Diaz. “A série foi concebida para o público infantil e acabou virando uma comédia de personagens”, disse Peirano.
 
Os  bonecos surgiram no programa televisivo homônimo e a vontade de levá-los ao cinema era antiga. Os primeiros passos nesse sentido aconteceram em solo brasileiro. “Eles falaram sobre o interesse em realizar o longa e nós abraçamos a ideia”, relatou o produtor brasileiro Marcos Didonet. Ele conheceu Diaz e Peirano durante o Festival do Rio.
 
“A maior dificuldade foi elaborar um roteiro que fizesse sentido até para quem não conhece o seriado”, explicou Diaz. A história começa quando Cachirula descobre a existência de Juanín, último exemplar de sua espécie. Ela está interessada em colocá-lo em sua coleção de animais raros na ilha zoológico.
 
O plano da vilã envolve o capanga Tio Careca, que vai a rede de televisão onde Juanín trabalha para forçar sua demissão. Ele adultera o presente que o felpudo produtor preparou para o aniversário do apresentador Tulio e consegue criar uma situação muito embaraçosa.
 
Depois que Juanín é demitido, Tio Careca o engana com uma falsa oferta de trabalho, mas o leva para a ilha de Cachirula. Depois de defeito o mal-entendido, seus colegas de trabalho partem para resgatá-lo.
 
“O filme tem uma história super gostosa e é um entretenimento muito bom para crianças e adultos”, disse Mariana Ximenes, que dá voz à vilã do longa. “Vou fazer umas maldades, mas é tudo de brincadeirinha”.
 
Cenas da produção 31 Minutos
 
Ao lado de Ximenes há outros atores famosos no elenco de 31 Minutos e todos têm experiência anterior em dublagem. Mariana trabalhou com Daniel de Oliveira em O Galinho Chicken Little e Marcio Garcia empresta sua voz ao tigre Diego na franquia em A Era do Gelo. Agora ela interpreta Túlio, o vaidoso e atrapalhado apresentador do jornal 31 Minutos.
 
“As vozes originais em espanhol tem uma intonação mais aguda”, afirma Peirano. “Essa versão é levemente diferente, mas a vibração é a mesma”, disse Diaz.
 
Colaboração ibero-americana
 
31 Minutos foi filmado em estúdios no Chile, mas algumas cenas externas foram realizadas no Brasil. “A ideia era fazer cenas no Rio sem parecer que estávamos no Rio, para não ser um filme turístico”, explicou Diaz.
 
A finalização e os efeitos visuais, visíveis especialmente nas cenas musicais, foram feitos na Espanha. A inspiração para a estética do longa são produções antigas. “Tudo tem um ar de 30 anos atrás”, relatou o diretor de arte Matías Iglesisas. “Nada ultramoderno cabe dentro desse filme. A ideia é que os efeitos, mesmo que digitais, pareçam analógicos”.
 
“A direção de fotografia também foi um grande desafio”, confessa Peirano. “Estamos acostumados a fazer tudo em estúdio, quando gravamos os episódios do seriado. Quando você leva os títeres para cenas externas, é mais complicado”.
 
Veja o trailer do filme 31 Minutos:
 
 
Recomendamos para você