Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Música 15.08.2009 15.08.2009

É tempo de Diogo Poças

Uma das cantoras mais bem-sucedidas da nova geração, Céu tem um irmão. Ele se chama Diogo Poças e, até então, era conhecido somente no mercado publicitário, onde atuou durante 16 anos na criação de jingles, spots e dublagens. A novidade é que Diogo Poças também é cantor e compositor. Determinado a se lançar na carreira fonográfica, Diogo já conquistou fãs ilustres como o publicitário Washington Olivetto com seu primeiro CD, Tempo, editado pela Warner Music.

Diogo Poças jamais fica na cola de Céu, embora tenha convidado a irmã famosa para um dueto no samba Nada que te Diz Respeito. Dono de seu próprio estilo, o rapaz se revela um compositor inspirado. Basta ouvir o samba Carioquinha – parceria de Diogo com seu pai, Edgard Poças, maestro envolvido na criação e produção dos discos do grupo infantil A Turma do Balão Mágico – para comprovar o talento do jovem artista como compositor. Mas o intérprete também surpreende positivamente, regravando com personalidade músicas como Felicidade (Antonio Almeida e João de Barro, o Braguinha) e Maria Joana, o samba de Sidney Miller, gravado por Gal Costa em 1967 no LP Domingo, dividido com Caetano Veloso.

Recomendamos para você