Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 28.11.2009 28.11.2009

Dicas para “”Fringe”” voltar aos eixos

Que “”Fringe“” anda um tanto fantasiosa demais nesta segunda temporada não é segredo. Nos EUA, a atração criada por JJ Abrams (“”Lost””) e companhia chegou a sofrer uma queda de audiência. Por conta disso, o jornal “”Los Angeles Times”” publicou há poucos dias uma curiosa matéria com cinco dias para a série voltar aos trilhos.

A primeira dica seria algo como “”parem de enrolar””: a primeira temporada terminou com Olivia finalmente tendo uma conversa com o misterioso William Bell numa realidade alternativa. Mas somente após quatro episódios a segunda temporada mostrou o que seria a tal conversa.

A segunda, “”dêem uma olhada nos DVDs de ‘Lost'””. O jornal sugere que os roteiristas consultem o “”seriado irmão””, que também tem elementos de ficcção científica e bizarrices, para aprofundar o desenvolvimento dos personagens. Em especial Nina Sharp, William Bell e Astrid.

Na terceira, o periódico recomenda que “”Fringe”” pare de matar os vilões tão rápido, como fez com David Robert Jones e Mitchell Loeb. “”Dêem um inimigo, um oponente para Olivia e os Bishops””, pede a matéria.

A quarta dica se refere às pontas soltas deixadas para trás. Como o grupo secreto com que Nina Sharp e o agente Broyles se encontraram para discutir o Padrão. Ou o padrasto de Olivia. E o que aconteceu com as pessoas que estavam no encalço de Peter??? Perguntas ainda sem respostas…

Por fim, a quinta dica… mas essa não se aplica para nós, no Brasil. O jornal pede que o seriado volte a ser exibido às terças-feiras nos EUA (em vez das quintas). Péssoalmente, acho que seria melhor que fosse ao ar às sextas-feiras, tipo 22h.  De qualquer jeito, tomara que os roteiristas e produtores de “”Fringe”” tenham visto as tais dicas do “”LA Times””. A série tá precisando de uns ajustes.

Recomendamos para você