Ramiro Fajuri por Ramiro Fajuri Livros / Outros 29.04.2021 29.04.2021

Porque 23 de abril é o Dia Mundial do Livro

23 de abril é o Dia Mundial do Livro. Foi a data escolhida pela UNESCO, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura para celebrar o Livro, incentivar o hábito da leitura e relembrar às pessoas da importância de se proteger os direitos autorais de escritores em todo o mundo.

Mas por que foi escolhido o dia 23 de abril?

O Dia Mundial do Livro começou na Espanha

A origem do Dia Mundial do Livro é o Dia Internacional do Livro, uma comemoração que foi instituída pela primeira vez na Espanha em 1923, como uma homenagem a um dos maiores escritores de todos os tempos, Miguel de Cervantes, na data de sua morte. E cabe lembrar que existe uma pequena polêmica sobre isso, com alguns estudiosos afirmando que o autor de Dom Quixote teria falecido em 22 de abril de 1616, não 23.

Mas não foi somente Cervantes que morreu em 23 de abril de 1.616. A data também é relembrada como a da morte de outro gigante da cultura mundial, Willian Shakespeare, o autor de Romeu e Julieta, Hamlet, Sonho de Uma Noite de Verão , Macbeth, o Mercador de Veneza e outros clássicos imortais.

E outros escritor não tão famoso, mas não menos digno de reconhecimento, faleceu também em 23 de abril de 1.616, Inca Garcilaso de La Vega, o pseudônimo de Gómez Suárez de Figueroa, o cronista peruano que escreveu O Reino dos Incas do Peru, e que tinha um ponto de vista muito próprio para falar sobre essa grande civilização pré-colombiana, já que seu pai era espanhol, mas sua mãe era prima de Atahualpa, o último Imperador Inca.

UNESCO adotou o dia 23 como o Dia Mundial do Livro se tornou

Foi por todas essas datas tão importantes relacionadas a grandes nomes da literatura que em 1995 a UNESCO adaptou a data criada pela Espanha, e a chancelou como o Dia Mundial do Livro.

Mas o mês de abril não é importante somente pelos grandes escritores que o mundo perdeu em abril, mas pelos que ganhou, como

Hans Christian Andersen, autor de diversos clássicos infantis em -Odense, Dinamarca

Monteiro Lobato, autor de toda a coleção do Sitio do Pica-Pau Amarelo -Taubaté, São Paulo

Vladimir Nabokov, autor de Lolita   – 22 de abril de 1899 em São Petersburgo, Rússia

Maurice Druon, que escreveu O menino do Dedo Verde  – 23 de abril de 1918 em Paris, França

Então, comemore o Dia Mundial do Livro lendo, ou relendo, não só esses grandes autores, mas também aqueles que você ainda não teve a oportunidade de conhecer.

Boa leitura!

Recomendamos para você