Bel Sanmax por Bel Sanmax Filmes e séries 05.06.2018 05.06.2018

Porque você deve celebrar o Dia do Ferris Bueller

Há um feriado “extraoficial” (outros exemplos são O Dia Star Wars, o Dia Nerd, O Dia do Alien, e por aí vai) na cultura pop ao qual você precisa passar a comemorar: o dia em que Ferris Bueller, do filme Curtindo a Vida Adoidado, tirou ‘folga’ da escola, 5 de junho. Esta foi a data exata em que o fatídico dia se passou no enredo fictício da trama, criada pelo cineasta John Hughes.

A história, lançada nos cinemas em 1986, é uma unanimidade quando se trata de títulos cult e obrigatórios entre os cinéfilos, há quase quatro décadas.

Coisas que só verdadeiros nerds sabem sobre as franquias mais amadas da cultura pop

A aventura vivida por Ferris, Sloane e Cameron, que se libertam das regras para experienciar um dia no qual estão totalmente no controle do que realmente querem fazer, é uma fábula que não perde o prazo de validade. Não importa a idade: todo mundo às vezes precisa de “um tempo” e ser livre para se divertir como bem entender. De adolescentes a ex-adolescentes…

Curtindo a Vida Adoidado - Ed

Curtindo a Vida Adoidado - Ed (Cód: 2655574)

R$39,90 em até 1x de R$ 39,90 sem juros Quero este produto

Celebre um dos feriados mais importantes do calendário extremamente relevante do mundo pop, e confira as maiores curiosidades sobre Curtindo a Vida a Adoidado.

A mocinha

ferris e sloan

PARAMOUNT

Molly Ringwald, a estrela de todos os filmes do diretor e criador de “Curtindo”, John Hughes (Clube dos Cinco, Gatinhas e Gatões…), queria muito interpretar o papel de Sloane, a namorada de Ferris.

O calendário dos filmes mais esperados de 2018

O diretor explicou a ela que a personagem não tinha tantas falas e que buscava uma atriz mais velha (Molly tinha 17 anos na época).

Surpreendentemente, Hughes escalou a atriz Mia Sara, de 18 anos, por achar que ela fosse mais velha.

Curtindo A Vida Adoidado

Curtindo A Vida Adoidado (Cód: 9340299)

R$ 44,90 R$22,90 em até 1x de R$ 22,90 sem juros Quero este produto

Peter Pan

PARAMOUNT

Cameron, que no filme tem 18 anos, foi vivido pelo ator Alan Ruck, cuja idade real era de 29 anos durante as filmagens. “Na verdade, quando eu tinha 18 anos, minha aparência era de alguém de 12 anos”, explicou o ator em entrevista, revelando que ficou surpreso em ter sido escalado.

Matthew Broderick, o Ferris, tinha 23 anos, e seu personagem 18 anos. Matthew e Alan já eram amigos antes das gravações e haviam feito uma peça juntos. Essa foi a razão dada pelo agente de Ruck para convencer os produtores, já que na peça os personagens dos dois tinham a mesma idade.

A ‘brodagem’ era tanta que eles até dividiram o mesmo trailer durante as filmagens. Matthew tinha o maior, pois era o astro do filme.

Cupido 1

A irmã mais velha de Ferris, a certinha e vingativa Jeanie, que não se conformava com o fato de ele estar sempre um passo à frente de todos, foi interpretada pela atriz Jennifer Grey.

Grey, assim como Matthew Broderick, o Ferris, foi alçada ao estrelato com o filme (e depois foi escolhida como protagonista de outro hit: Dirty Dancing – Ritmo Quente).

Mas isso não é tudo sobre os dois atores: na época das filmagens, eles estavam namorando secretamente e ficaram noivos. Pouco tempo depois, de férias na Irlanda, o casal sofreu um acidente de carro, no qual duas mulheres morreram. Eles se separaram pouco tempo depois.

Cupido 2

Os atores que interpretaram os pais de Ferris, Cindy Pickett e Lyman Ward, se conheceram nas filmagens e começaram um relacionamento. Eles eventualmente se casaram e tiveram dois filhos.

Amor à arte

PARAMOUNT

Charlie Sheen fez uma participação especial, como o usuário de drogas que se senta ao lado de Jeanie na delegacia. O ator, que também estava destinado a se tornar um dos maiores nomes de Hollywood na década de 1980, se dedicou intensamente ao papel.

Ele ficou mais de 48 horas sem dormir para ficar com a cara de quem estava sob a influência de ‘alguma coisa’.

Ovo de Páscoa

PARAMOUNT

Assim como em todos os filmes de John Hughes, havia referências às suas outras obras ‘camufladas’ na história.

As placas dos carros eram acrônimos com iniciais de outros filmes dele, e no quarto de Ferris há um pôster da banda Simple Minds, criadores do hit Don´t You Forget About Me, da trilha sonora de O Clube dos Cinco (foi o próprio diretor quem decorou o quarto).

Uma das outras informações ‘infiltradas’ do mundo de John Hughes é o fato de Ferris frequentar a mesma escola, Shermer High School,  que os personagens dos outros filmes do diretor: Gatinhas e Gatões, A Garota de Rosa Shocking e O Clube dos Cinco.

Jogo de Cena

PARAMOUNT

A cena mais marcante do filme, na qual Ferris toma o microfone na parada e canta Twist and Shout, dos Beatles, é produto final de uma série de peculiaridades. Para começar que Matthew não conseguiu fazer a coreografia original, pois havia machucado o joelho em outra cena.

Não que a fidelidade da dança tenha sido de muita importância: quem prestar atenção nos dançarinos, poderá notar que eles estavam fazendo a coreografia de Thriller, de Michael Jackson.

Mais: o operário que aparece dançando não teve sua participação planejada. Ele apenas foi filmado se divertindo em meio às gravações, e a cena entrou no corte final.

É fake!

anigif_enhanced-buzz-3817-1373906557-30

A icônica Ferrari que o trio rouba da casa do pai de Cameron não é o mesmo carro ao qual Ferris aparece em cena dirigindo. Três réplicas da Ferrari 250GT California Spyder foram produzidas pela montadora Modena Design para as gravações.

Esse detalhe, no entanto, não atrapalhou em nada a venda de um dos carros, em 2013, por cerca de 875 mil reais.

Recomendamos para você