Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 15.10.2013 15.10.2013

DEZ professores escrachados do cinema

Por Gabriel Perline
 
Ao falar sobre professores, é comum se lembrar daqueles que, pelo bem ou pelo mal, destacaram-se por terem uma excelente didática, por serem companheiros ou até mesmo por um temperamento mais forte que amedrontava toda a turma.
 
No cinema, eles foram retratados das mais variadas maneiras. Para comemorar o Dia dos Professores, o SaraivaConteúdo preparou uma lista com dez exemplos de mestres que estão, digamos, um tanto quanto fora da curva e apresentam perfis bastantes peculiares.
 
1. JULIUS KELP – O PROFESSOR ALOPRADO (1963)
 
O químico, interpretado por Jerry Lewis, é um nerd caricato: cuidado zero com a aparência, introvertido e pouco sociável. Atrapalhado, quase sempre faz experimentos mal sucedidos no laboratório da universidade em que dá aula. Seu jeito peculiar o transforma em piada. Para melhorar sua reputação, ele desenvolve uma fórmula capaz de mudá-lo completamente. Assim surge Buddy Love, um homem elegante, bonito, charmoso e com boa lábia para conquistar as garotas, além de ter habilidades musicais. No entanto, é extremamente arrogante. O problema da "poção mágica" era sua baixa durabilidade: ela simplesmente perdia o efeito em momentos pouco oportunos. O pior de todos foi o baile de formatura, quando acabou desmascarado.
 
2. SHERMAN KLUMP – O PROFESSOR ALOPRADO (1996)
 
Assim como Julius Kelp, Sherman Klump preparou uma "poção mágica" para se transformar em um novo homem
 
No remake, estrelado por Eddie Murphy, Sherman Klump é um renomado geneticista que sofre de obesidade e é constantemente ridicularizado por alguns alunos por conta do excesso de peso. Cansado de ser hostilizado, ele decide ingerir um líquido, ainda em fase experimental, e se transforma em Buddy Love, assim como na obra original, um homem atraente e com excesso de autoestima. O problema é que seu alter ego é exatamente seu oposto: mulherengo, irresponsável e mal educado. Ele conquista o respeito dos amigos e alunos somente após revelar as manobras utilizadas para se transformar em uma pessoa "melhor".
 
3. DEWEY FINN – ESCOLA DE ROCK
 
Dewey Finn transformou um colégio conservador em um show de rock
 
"É o professor que todo mundo gostaria de ter. E poucos foram os que conseguiram tamanha entrega de uma turma como Dewey Finn", diz Ramon Vitral, repórter de cinema do jornal O Estado de S. Paulo. No longa, Jack Black interpreta um roqueiro que, após ser demitido de sua banda, acaba convocado para ser professor substituto em uma escola bastante conservadora. Descolado e um tanto quanto desbocado, ele conquista a admiração das crianças e monta um grupo de rock com os alunos.
 
4. JOHN KIMBLE – UM TIRA NO JARDIM DE INFÂNCIA
 
O policial "brucutu" John Kimble acaba conquistando o coração das crianças
 
Um policial se vê obrigado a se disfarçar de professor infantil para capturar um importante criminoso. O jeitão "brucutu" e a falta de tato para lidar com crianças poderiam levar a missão ao fracasso, mas a meninada amolece o coração do grandalhão e ele se torna referência para a turma. "Um austríaco de quase 2 m de altura, ex-Mister Mundo, inimigo de Predadores e Exterminadores vira um policial disfarçado de professor de alunos do jardim de infância. Poucos papéis exigiram tanto esforço dramático de Arnold Schwarzenegger como esse filme", avalia Vitral.
 
5. ELIZABETH HALSEY – PROFESSORA SEM CLASSE
 
Seus pais certamente o transfeririam de escola caso tivesse uma professora como Elizabeth Halsey
 
Ela xinga e bate nos alunos, exibe filmes em vez de dar aula, odeia a profissão, fuma maconha nas horas vagas e sua única preocupação é encontrar um homem rico para se casar. A personagem de Cameron Diaz só se esforça para ensinar quando descobre que pode ganhar um bônus caso sua turma seja eleita a melhor da escola. "Seus métodos deixariam qualquer pai desesperado", comenta o repórter de cinema do jornal O Estado de S. Paulo.
 
6. HOWARD BRACKETT – SERÁ QUE ELE É?
 
Howard Brackett foi tirado do armário sem ele mesmo saber que era homossexual
 
"Quantos professores foram homenageados por um aluno vencedor do Oscar? OK, o reconhecimento virou a vida de Howard Brackett de cabeça para baixo, mas aí é outro papo", diz Vitral sobre o personagem de Kevin Klein, que é "arrancado" do armário durante a principal premiação do cinema. O problema é que o professor casado, que nunca se relacionou com um homem passa a desconfiar de sua própria masculinidade. Ele é perseguido pela imprensa, sofre bullying dos alunos e tenta mudar seu jeito para recuperar sua imagem.
 
7. CATARINA ROQUE – UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA
 
Catarina despertou ciúmes nas demais professoras por seu método vanguardista
 
O filme é baseado no livro homônimo de Ziraldo e traz a atriz Paolla Oliveira na pele da professora Catarina, uma jovem bonita e divertida que volta da capital para dar aula em sua cidade natal, no interior. O problema é que as demais professoras se incomodam com seu perfil despojado e seus métodos de ensino. Ela gosta de deixar as crianças felizes e sempre inventa brincadeiras para facilitar o aprendizado da meninada.
 
8. SCOTT VOSS – PROFESSOR PESO PESADO
 
Apaixonado pela profissão e por seus alunos, Scott Voss encontra uma maneira diferente para garantir a boa educação de sua turma
 
Desajeitado, engraçado e apaixonado pela profissão. O professor de biologia, interpretado por Kevin James, acomodou-se com o passar dos anos após ganhar o título de “professor do ano”. Ele começa a chegar atrasado às aulas, entrando na sala pela janela para passar “despercebido” pela direção, mas logo é desmascarado. Além disso, sua vida muda ao descobrir que a escola cortaria as atividades extracurriculares por falta de verba. Voss sugere aos demais colegas que façam ações com o intuito de arrecadar verba para a instituição. É nesse momento que ele começa a treinar MMA para participar de campeonatos clandestinos até chegar aos torneios profissionais, onde consegue levantar um bom dinheiro para garantir a qualidade do aprendizado de seus alunos.
 
9. BORIS YELNIKOFF – TUDO PODE DAR CERTO
 
Xadrez é um jogo de concentração, algo impossível quando se tem um professor maluco como Boris
 
Nesta comédia de Woody Allen, o ator Larry David é um daqueles velhos rabugentos e intransigentes. Convencido de que é uma das pessoas mais inteligentes do mundo, ele subestima todos que cruzam o seu caminho com piadas ácidas. Professor aposentado da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, Yelnikoff passa a dar aulas de xadrez para crianças, mas seus métodos de ensino deixam os pais muito assustados: ele xinga, grita e bate na cabeça dos alunos como se fossem adultos. Mas o mestre começa a amolecer após se apaixonar por Melodie, uma jovem de 21 anos, cujo perfil é exatamente o oposto do que ele respeita.
 
10. DELORIS VAN CARTIER – MUDANÇA DE HÁBITO
 
Deloris conseguiu revolucionar um convento com seu estilo despojado
 
De cantora de um cassino a freira. A vida da personagem de Whoopi Goldberg muda completamente depois que ela testemunha o namorado matando um homem. Ela foge da cena do crime, dá seu depoimento à polícia e é colocada em um programa de proteção a testemunhas, que a esconde em um convento. Após aprontar algumas peripécias com as "irmãs", a madre superiora coloca Deloris na função de professora do coral da instituição. Acostumada a se apresentar em performances agitadas, ela ensina novas técnicas vocais às freiras e transforma o clássico canto litúrgico em um verdadeiro pop gospel. A princípio, suas técnicas não são bem vistas pelas mais conservadoras, mas quando o convento começa a ganhar dinheiro não há quem resista.
 
 
Recomendamos para você