Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 28.12.2014 28.12.2014

DEZ filmes com apenas uma locação

Por Vinícius Costa
As férias chegaram e faltou aquela grana para você viajar? Não deu tempo de programar uma viagem com os amigos? Vai ter que ficar em casa? Não tem problema!
Algumas vezes, ficar em um lugar só pode se tornar uma aventura (divertida ou perigosa, nunca se sabe). Muitos filmes se passam em apenas um cenário, com todos os personagens e o desenrolar da trama acontecendo em um único ambiente.
Existem longas de comédia, dramas, clássicos e, obviamente, os de terror que ficam 100% do tempo em apenas um lugar. Para a jornalista aficionada por cinema Beatriz Pagamisse, a técnica funciona em produções de qualquer categoria, desde que seja feito um bom trabalho: “Qualquer gênero funciona bem com um só cenário se todo o resto for bem trabalhado! Da mesma maneira que filmes com muitos locais podem se tornar confusos, produções com um só local também podem prender a atenção com sucesso”, conta.
Mas é necessária muita habilidade para sustentar uma história toda numa locação só. “Quando a produção permanece em apenas um local, todos os outros elementos precisam ser ainda mais fortes, pois corre-se o risco de ficar monótono”, argumenta Beatriz. “As características de uma personagem, por exemplo, precisam ser mais marcantes, os diálogos devem ser mais interessantes… a trama tem que prender bem mais a atenção”.
A jornalista destaca Clube dos Cinco, de John Hughes: “Eu adoro esse filme! Ficamos tão presos no desenrolar da história que torna-se natural o cenário, importante para a trama, ser um local só (a biblioteca da escola)”.
Pensando em você que vai passar as férias em casa ou sem sair do seu quarto, selecionamos DEZ filmes que mostram que ficar em apenas um lugar pode render boas histórias. Confira:
Um jovem porto-riquenho é acusado do brutal crime de ter matado o próprio pai. Quando ele vai a julgamento, 12 jurados se reúnem para decidir a sentença. 11 deles têm plena certeza de que ele é culpado e votam pela condenação, mas um jurado acha que é melhor investigar mais para que a sentença seja correta. Para isso, ele terá que enfrentar diferentes interpretações dos fatos e a má vontade dos outros jurados, que só querem ir logo para suas casas. O filme se passa todo na sala onde os jurados devem fazer a decisão.
Esta produção nem cenário tem. Apenas um grande galpão, com riscas de giz no chão indicando onde ficam as casas da pequena vila, o mercado, o curral e coisas do tipo. Dirigido por Lars Von Trier e estrelado por Nicole Kidman, o longa conta a história de Grace, que chega à cidade fugindo de gângsteres. Em troca do abrigo, ela passa a trabalhar para o povo da cidade. Com o passar do tempo, Grace vai descobrir que os habitantes de Dogville não são o que parecem, criando um clima de pura tensão e mistério.
3. JOGOS MORTAIS I
O filme de terror de 2004 foi apontado na época como o novo Se7en – Sete Pecados Capitais, ao trazer o serial killer Jigsaw, que, após sequestrar suas vítimas, obrigava-as a enfrentar jogos sádicos e sangrentos em troca da liberdade, como, por exemplo, passar por um labirinto de arame farpado ou ter que cortar algum membro fora. O filme foi um sucesso de público e bilheteria, passando-se quase que exclusivamente em um banheiro público com apenas dois personagens. Foi anunciada recentemente a 8ª parte da franquia, prevista para o começo de 2016.
Com certeza os gêneros terror e suspense são os que mais aproveitam a técnica de desenvolver a história toda em apenas um lugar. É algo que ajuda a aumentar o clima de tensão e desespero. O filme Os Estranhos ilustra bem o caso: um casal viaja para uma remota casa de campo em busca de paz e sossego. Durante a noite, três mascarados surgem para aterrorizar os dois. Sem ter para onde fugir, Liv Tyler e Scott Speedman vão ter uma noite de puro terror.
Baseado na aclamada peça homônima da francesa Yasmina Reza, o longa do aclamado diretor Roman Polanski segue o estilo teatral e se passa totalmente na sala de um apartamento. O filme acompanha dois casais de pais (interpretados por Kate Winslet, Christoph Waltz, Jodie Foster e John C. Reilly) que se encontram para conversar a respeito de seus filhos, após terem um desentendimento na escola naquele dia. Durante o desenrolar da conversa, começa um jogo psicológico entre os casais, que vão revelar suas verdadeiras facetas.
Baseado na história real do alpinista Aron Ralston, o filme mostra como Aron (interpretado por James Franco) lutou para sobreviver após um acidente durante uma escalada, que acabou deixando o esportista com o braço preso entre uma rocha e uma fenda. O longa teve seis indicações ao Oscar. Destaque para a atuação de James Franco, que carrega sozinho os 90 minutos de história.
Dirigida por Alfred Hitchcock, a história se passa toda na sala de jantar de um apartamento. Brandon (John Dall) e Philip (Farley Granger) matam David Kentley (Dick Hogan), um colega da escola preparatória, apenas para terem a sensação de praticar um assassinato e provar que conseguem realizar o crime perfeito. Para desafiar os amigos e a família, resolvem convidá-los para uma reunião no apartamento deles, onde colocam a comida em cima de um baú (onde o corpo está escondido).
8. ENTERRADO VIVO
Paul Conroy (Ryan Reynolds) é um americano que trabalha como motorista de caminhão no Iraque. Ele acorda, sem saber como, enterrado vivo dentro de um caixão de madeira. Sem saber o que aconteceu e o porquê de estar ali, ele tem em suas mãos apenas um telefone celular e um isqueiro. Começa então uma tensa corrida contra o tempo e a falta de ar… sim, o filme todo se passa dentro do caixão. Uma experiência claustrofóbica para o espectador.
9. DEMÔNIO
Cuidado! Se você tem medo de elevador e/ou mora em prédio, pense bem antes de assistir a esse filme.
Cinco pessoas que nunca se viram ficam presas num elevador de um arranha-céu: aos poucos, coisas estranhas começam a acontecer. Alguém ali de dentro não é quem aparenta ser. O clima de tensão só aumenta, enquanto ninguém do lado de fora consegue ajudá-los.
Com Elizabeth Taylor no elenco, o filme acompanha uma noite na casa do casal Martha e George, que recebem o jovem casal Nick e Honey para um drinque após uma festa na faculdade onde Nick e George trabalham e cujo reitor é pai de Martha. Com o avançar da noite e muitos drinques depois, os quatro começam a desenvolver um jogo psicológico de mentiras e verdades.
Viu? Só ficar em casa pode ser uma aventura. Então, prepare o balde de pipoca e divirta-se.
Recomendamos para você