Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 13.08.2013 13.08.2013

DEZ atrações para curtir no Anima Mundi 2013

Por Thaís Ferreira
 
O Anima Mundi chega à sua 21ª edição e o balanço desses mais de vinte anos é o do dever cumprido no incentivo à produção nacional. Em 1993, ano de criação do evento, a  indústria nacional estava praticamente estagnada; hoje, os brasileiros são referência na área.
“Nossa missão era trazer para o Brasil formação e entretenimento através da linguagem da animação e criar um mercado e indústria do segmento aqui. Hoje em dia, temos essa indústria bem estruturada”, diz o fundador e diretor do festival, Marcos Magalhães.
O evento deste ano reúne mais de 500 curtas e 13 longas de 53 países, distribuídos entre amostras competitivas e sessões especiais, além de palestras com convidados especiais.
Com tantas atrações fica difícil decidir o que fazer, por isso, o SaraivaConteúdo selecionou, com ajuda de Magalhães, dez destaques dessa edição: os cinco primeiros são os “Papos Animados”, encontros de convidados com o público, que costumam ser bastante concorridos. Para quem quer um evento mais tranquilo, os cinco últimos prometem ser um pouco menos disputados.
1. ENNIO TORRESAN
O animador é uma das grandes atrações dessa edição. Ennio Torresan, carioca,  é atualmente chefe do departamento de histórias da DreamWorks e fez parte da equipe responsável pelos longas: Madagascar, Kung Fu Panda, Megamente e, recentemente, Turbo.
Ele começou na área como roteirista e diretor de storyboard do desenho Bob Esponja, da Nickelodeon. Para completar o currículo, Torresan foi premiado com um prêmio Emmy em 2003 por Teacher's Pet, da Disney. “Ele vai mostrar o trabalho dele pessoal e dentro do estúdio”, afirma Marcos Magalhães.
 
Cena da animação Teacher's Pet, premiada com o Emmy

2. WENDY TILBY E AMANDA FORBIS

As canadenses receberam 30 prêmios por When the Day Breaks, primeiro trabalho em conjunto da dupla, produzido em 1999. Elas se destacam por utilizar técnicas artesanais de animação, incluindo a pintura uma a uma das cenas, como é o caso do curta-metragem Wild Life, que narra a conquista do oeste canadense.
 
O premiado When the Day Breaks

3. CHRIS WEDGE

O animador tornou-se célebre ao ganhar o Oscar de melhor curta animado, em 1999, com Bunny.  Ele dirigiu longas de grande sucesso de público, como A Era do Gelo e Robôs, e produziu Rio e Horton e Mundo dos Quem. Além de dirigir e produzir, Wedge dubla alguns dos personagens de seus filmes; ele empresta sua voz para Scrat, o esquilo de A Era do Gelo.
 
Chris Wedge, animador que dá a voz ao esquilo de A Era do Gelo

4. DAVID OREILLY

De acordo com diretor do Anima Mundi: “Ele trabalha com computação gráfica, mas faz algo muito diferente do que vemos no circuito comercial. Tem humor negro e ácido. Ele é muito querido pelo público de animação no exterior, estamos trazendo para que o público nacional possa conhecê-lo”.
 
Uma das atrações é um papo com animador David Oreilly

5. REGINA PESSOA

A animadora portuguesa é criadora da trilogia formada pelos filmes: A Noite, História Trágica com Final Feliz, e Kali, o Pequeno Vampiro, que tem a voz do ator Christopher Plummer. “Ela tem uma obra poética. Possui uma técnica especial de animação em placas de mármore: nesse processo, é jogada uma tinta em cima da pedra, surgem gravuras que são fotografadas e o procedimento é repetido várias vezes”, comenta Marcos Magalhães.
 
A portuguesa Regina Pessoa
Vídeo de abertura do Anima Mundi 2013:
 
 
6. FUTURO ANIMADOR
Nessa sessão é possível acompanhar as criações feitas por não profissionais. Geralmente, são crianças e adolescentes que participaram de oficinas ou cursos livres de animação. Alguns dos filmes estão ligados ao projeto Anima Escola: “É a animação como linguagem, como forma de expressão pessoal e como um instrumento educacional”.
 
7. ANIMAÇÃO POLONESA
“A Polônia é um dos maiores produtores de animação, com filmes interessantes que são poucos conhecidos aqui”, recomenda Magalhães. Entre as mostras especiais está um panorama de produções polonesas: sessões com três programas de filmes produzidos no país nas últimas cinco décadas.
8.  [MU:ST?RMAN] – A FLOOD STORY]
História Inundada é uma instalação do artista holandês Maarten Isaäk de Heer, que foi especialmente montada para o evento. A animação é exibida em loop e de forma consecutiva. A narrativa conta a história de um condomínio habitado por bichos que enfrentam uma inundação.
 
A animação exibida em loop do artista holandês

9. SESSÃO INFANTIL

Pela primeira vez, o Anima Mundi terá as sessões infantis divididas em duas categorias: para crianças abaixo de 8 anos (Infantis), com uma dublagem especialmente feita para o evento,  e as para os acima dessa idade  (Infanto-Juvenis), com sessões legendadas. Do primeiro grupo, destaque para o longa de produção uruguaia Anina, e para os maiores de 8 anos, o filme indiano Krishna versus Kans, baseado nas histórias dos deuses hindus.
 
Cena do filme indiano Krishna versus Kans

10. EXPOSIÇÃO MINHOCAS – O FILME

Durante o festival, vale a pena conferir a exposição que mostra o primeiro longa-metragem de animação brasileiro produzido inteiramente com a técnica de animação stop motion. “Foram vários anos de produção e agora finalmente o filme ficou pronto. Os cenários são belíssimos e os bonecos são bem trabalhados. É uma oportunidade de conhecer esse trabalho antes de Minhocas estrear nos cinemas”, diz o diretor do evento.
 
Trailer de Minhocas – O Filme:
 
 
 
ANIMA MUNDI 2013
Quando e onde: 
São Paulo – De 14 a 18/08, Espaço Itaú de Cinema e Cine Olido
Programação completa no site: http://www.animamundi.com.br
 
[+] Quer mais?
 
Recomendamos para você