Saraiva Conteúdo por Saraiva Conteúdo Filmes e séries 18.07.2014 18.07.2014

DEZ amigos que se tornaram inimigos no cinema

Por Felipe Gatto
Na vida real, aquela amizade verdadeira e divertida às vezes não dura para sempre. No cinema, a situação não é diferente. Em muitas tramas, personagens que antes eram unidos acabam se tornando grandes inimigos.
Seja por inveja, orgulho ou poder, os até então companheiros se transformam em rivais que muitas vezes não medem esforços para destruir uns aos outros. Em tom de comédia ou em uma verdadeira guerra, são muitos os exemplos de laços que se desfizeram nas telonas.
Como 20 de julho é o Dia do Amigo, listamos DEZ personagens que deixaram a amizade de lado em troca dos seus próprios interesses. Colaboraram Rodrigo Cunha, Davi Gonçalves e Daniel Cury.
1. ANAKIN SKYWALKER E OBI-WAN KENOBI (STAR WARS)
Dois dos principais personagens da saga Star Wars desfizeram a amizade para se tornar grandes oponentes. No começo da história escrita por George Lucas, Anakin (Jake Lloyd) e Obi-Wan (Ewan McGregor) têm uma relação de mestre e pupilo. Os dois rompem os laços quando Anakin se desvia do caminho correto e se transforma em Darth Vader, um dos maiores vilões do cinema. “Eles viram inimigos porque Anakin se junta ao lado negro da força, tornando-se mais tarde um poderoso agente do império. O que atrai Anakin ao lado negativo é a sede de poder, já que os jedis, que se dedicam a guardar a paz e justiça da galáxia, não visam ter nenhum cargo de status”, afirma Daniel Cury, editor do Cinem(ação).
 
2. MARK ZUCKERBERG E EDUARDO SAVERIN (A REDE SOCIAL)
O longa que narra a criação e o desenvolvimento do Facebook apresenta Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg) e Eduardo Saverin (Andrew Garfield) como parceiros na ideia da famosa rede social. Porém, à medida que o projeto toma proporções grandiosas, Mark decide colocar o ex-amigo de lado e colher sozinho o lucro e todos os frutos do trabalho bem-sucedido. “Mark instrui Eduardo a assinar um acordo com investidores da empresa fundada pela dupla, fazendo com que o colega perca significativamente sua parte na companhia. O que era uma bela amizade no campus da Universidade de Harvard acaba virando uma disputa acirrada nos tribunais”, explica o colaborador do Ccine 10 Davi Gonçalves.
 
3. PETER PARKER E HARRY OSBORN (HOMEM-ARANHA)
No filme inspirado nas histórias em quadrinhos, Peter Parker (Tobey Maguire) se torna o Homem-Aranha em busca de justiça. Após ver o tio ser assassinado, o personagem decide virar o novo herói da cidade. Em um dos seus combates, mata Norman Osborn (Willem Dafoe), o perigoso Duende Verde. Esse inimigo era na verdade o pai do seu melhor amigo Harry (James Franco). “Harry não sabe disso e acha que o Spider matou seu pai, o que acaba com a amizade entre os dois e gera um desejo enorme por vingança“, diz Rodrigo Cunha, editor do Cineplayers. Além disso tudo, os dois ainda disputam um mesmo amor, Mary Jane (Kirsten Dunst), outro motivo que fatalmente os desuniria.
 
 
4. EMMA E LIV (NOIVAS EM GUERRA)
O que acontece quando duas amigas de infância marcam por acaso o casamento delas no mesmo dia e no mesmo lugar? Muita confusão. É o que ocorre entre Emma (Anne Hathaway) e Liv (Kate Hudson), que ficam noivas quase ao mesmo tempo e desfazem os laços por não abrirem mão de trocar alianças em um lugar famoso. “A amizade entre Emma e Liv surgiu ainda na infância, e desde cedo as moças compartilham o desejo de comemorar o casamento em um luxuoso hotel da cidade. O problema é que devido a um erro do local, a data reservada é a mesma, e nenhuma das duas quer ceder a reserva para a outra”, conta Davi. Em tom de comédia, o filme promove uma verdadeira guerra feminina em prol da perfeição no dia mais importante da vida de cada uma das protagonistas.
 
5. GANDALF E SARUMAN (O SENHOR DOS ANÉIS)
A ganância e a corrupção fazem com que Gandalf (Ian McKellen) e Saruman (Christopher Lee) se distanciem e partam rumo a caminhos opostos. Na trilogia de J. R. R. Tolkien, os antigos parceiros deixam as diferenças falarem mais alto quando Saruman sai da ordem dos magos que ambos seguiam e vai em busca do poder. “Os dois são bons exemplos de amigos que seguiram caminhos diferentes dentro de uma mesma ‘profissão’. Embora seja um mundo mágico, esse exemplo ajuda a enxergar como amizades podem deixar de existir quando algum dos amigos parte para outro rumo”, opina Daniel.
 
6. VICTOR E RUDI (MEU MELHOR INIMIGO)
O longa Meu Melhor Inimigo narra a história de Victor (Moritz Bleibtreu) e Rudi (Georg Friedrich). “Apesar das diferenças sociais (os pais de Victor são ricos donos de uma galeria de arte e Rudi é filho da governanta da família), os dois crescem juntos e desenvolvem uma forte amizade”, explica Davi. Porém, essa relação é desfeita por causa de uma traição que acontece quando Rudi resolve passar por cima do colega, enviando a família dele para os campos de concentração. “Quando o Nazismo ascende na Alemanha, Rudi enxerga a oportunidade de alcançar o status que nunca possuiu, mesmo que para isso ele tenha que trair a confiança de Victor”, complementa Davi.
 
 
7. TUCK E FOSTER (GUERRA É GUERRA)
Como em várias tramas do cinema que abordam o amor, quando duas pessoas se apaixonam por um mesmo pretendente a confusão está garantida e a amizade é desfeita na hora. Tuck (Tom Hardy) e Foster (Chris Pine) são dois agentes do FBI que se mantêm amigos desde a infância. Porém, com a chegada da encantadora Lauren (Reese Witherspoon), eles protagonizam uma verdadeira disputa para ver quem consegue conquistar o coração da loira. “As comédias românticas estão lotadas do tema, mas esse é um dos exemplos mais óbvios, por se tratar de dois amigos que se apaixonam pela mesma mulher”, argumenta Rodrigo.
 
8. BATMAN E HARVEY DENT (BATMAN: O CAVALEIRO DAS TREVAS)
Em uma das tramas do homem-morcego, o vilão Coringa (Heath Ledger) consegue corromper Harvey Dent (Aaron Eckhart), fazendo com que o promotor público se torne o perigoso Duas Caras. Esse feito coloca em oposição os até então amigos Batman (Christian Bale) e Harvey, que eram importantes aliados na luta contra o crime. “Coringa domina o filme e consegue fazer com que dois leais companheiros – por que não amigos? – fiquem um contra o outro através da manipulação, nos fazendo lamentar profundamente por isso, pois Dent era uma boa pessoa”, comenta Rodrigo.
 
9. MARY E HILARY (GALERA DO MAL)
Diferenças religiosas também podem ser fortes motivos para o término de amizades. Companheiras desde novas, Mary (Jena Malone) e Hilary (Mandy Moore) também estudam juntas e se dedicam completamente à igreja. Mas um fato muda por completo a relação das jovens, que até então seguiam à risca os preceitos divinos. “Mary fica grávida e Hilary não aceita o fato de que a amiga traiu os ensinamentos de Jesus. As duas começam a travar muitos embates por conta disso. É interessante ver que elas poderiam ser amigas em um momento complicado, mas o fanatismo religioso deixa Hilary, contraditoriamente, cega de ódio”, opina Daniel.
 
10. ALFRED BORDEN E ROBERT ANGIER (O GRANDE TRUQUE)
A sede de vingança faz com que os amigos e colegas de trabalho no mundo da mágica Alfred (Christian Bale) e Robert (Hugh Jackman) fiquem em lados opostos. A desconfiança de que Alfred foi o responsável pela morte da esposa de Robert faz com que eles se tornem rivais e grandes competidores na profissão. “Eles começam a carreira trabalhando juntos, como assistentes de um famoso mágico da época, até que a esposa de Robert morre nos palcos e Alfred é acusado de ser o responsável. Mais tarde, já ilusionistas conhecidos, os dois inimigos tentam a todo custo destruir a carreira um do outro”, afirma Davi.
 
 
Recomendamos para você